• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Protestos: Anti-Dilma, pró-Dilma e whatever-Dilma

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
WUT?
viajou amiguinho?

Art. 79. Substituirá o Presidente, no caso de impedimento, e suceder-lhe-á, no de vaga, o Vice-Presidente.

Parágrafo único. O Vice-Presidente da República, além de outras atribuições que lhe forem conferidas por lei complementar, auxiliará o Presidente, sempre que por ele convocado para missões especiais.

Art. 80. Em caso de impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, ou vacância dos respectivos cargos, serão sucessivamente chamados ao exercício da Presidência o Presidente da Câmara dos Deputados, o do Senado Federal e o do Supremo Tribunal Federal.

Art. 81. Vagando os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, far-se-á eleição noventa dias depois de aberta a última vaga.

§ 1º - Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei.

§ 2º - Em qualquer dos casos, os eleitos deverão completar o período de seus antecessores.


viajou feio ai em quem te contou essa!

Pois é. Eu também pensava que não tinha como. Mas ouvi isso do Camarotti, na Globo News, ainda no ano passado, na época das eleições.

e aécio também tem falado sobre isso por aí

Acho que o "argumento" do PSDB (pelo menos no Senado) é que a campanha da Dilma (o que inclui o Temer) foi feita com dinheiro ilegal e blá-blá-blá. Se isso fosse verdade - e fácil de provar, o que nunca é - então Dilma e Temer estariam na reta do impeachment.

Só que na boa? Não existe nenhuma evidência ainda que reforce o pleito do impeachment (ontem divulgaram no Facebook que Youssef disse que Dilma e Lula sabiam do Petrolão, o que foi uma besteira, já que ele disse na CPI da Petrobras que "no entendimento" dele, os dois deveriam saber de alguma coisa, já que o Paulo Roberto da Costa estava sempre no Planalto - enfim, foi só uma inferência dele, definitivamente não foi nada sólido). Além disso, Dilma está fazendo que tradicionalmente os governos gastadores do Brasil fazem no primeiro ano de mandato - pagando a conta pela gastança irresponsável. E isso é munição para 2018, mas Aécio e cia não estão sabendo capitalizar isso direito, insistindo nessa idiotice de impeachment.

Agora, uma coisa é certa: Essa esquerda intelectual pagadora de pau da Luciana Genro pode ameaçar o quanto quiser, já que o curral eleitoral do PT continua garantido. Podem parar de lacrar o 13 se quiserem, pq suspeito que isso será um peidinho no total de votos do PT.
 

ricardo campos

Debochado!
In Memoriam
O aécio enrolou de vez no discurso raivoso e ao que parece não assimilou o golpe de perder/eleição para Dilma em MG. Cada vez mais deixa espaço para os adversários dele dentro do PSDB para disputarem as eleições 2018. Na CPI ontem foi delatado pelo Youssef no esquema Furnas ( caso antigo) que poderá não ter consequência jurídicas mas na certa faz um estrago político enorme para quem sempre teve proteção e blindagem da mídia MG.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
O aécio enrolou de vez no discurso raivoso e ao que parece não assimilou o golpe de perder/eleição para Dilma em MG. Cada vez mais deixa espaço para os adversários dele dentro do PSDB para disputarem as eleições 2018. Na CPI ontem foi delatado pelo Youssef no esquema Furnas ( caso antigo) que poderá não ter consequência jurídicas mas na certa faz um estrago político enorme para quem sempre teve proteção e blindagem da mídia MG.

Só acho curioso vc falar sobre discurso raivoso, sendo que não vejo ninguém do governo rebater a crítica de estelionato eleitoral. A crise (brasileira mesmo, nada de internacional) já estava sendo anunciada por especialistas em contas públicas (basta procurar pelo blog do Mansueto Almeida) e mesmo assim Dilma preferiu ridicularizar e chamar os críticos de pessimildos. A avaliação sobre a necessidade de cortar ministérios já era apontada como necessário não só pelo Aécio Neves, mas também pelo Eduardo Jorge (e pela Marina Silva).

Enfim, o nome do Aécio está cagado e ele está perdendo capital político de forma acelerada - só que colocar as críticas recentes dele ao governo me parece, no mínimo, uma simplificação grosseira da sua parte.
 

Amanda Lee Liu

Bééééhh
Fato curioso 1:

Como alguns de vcs sabem eu trabalho na gerência de comunicação da CDHU (companhia de desenvolvimento habitacional e urbano) aqui em SP. Ontem aconteceu, simultaneamente, a entrega de mais de 2 mil casas da parceria federal/estadual (minha casa minha vida/ casa paulista), em 4 municípios diferentes, por meio de teleconferência. A Presidente Dilma estava presente no evento de entrega em Catanduva (cidade do interior de SP), a segurança particular dela LITERALMENTE CERCOU A CIDADE e desviou todo o transito para as periferias pq no centro da cidade estava acontecendo uma manifestação forte ANTI-DILMA, tudo isso pra imprensa e pra própria Presidente não ter acesso a manifestação e não causar mal estar e problemas para o evento.

Fato curioso 2:

O Governo Federal "maquiou" 4 casas do conjunto habitacional que seria entregue em Catanduva e só permitiu a imprensa ter acesso a essas 4 casas (pra fotografar e vistoriar).
Lembrando que eu trabalho na CDHU em SP, e nós participamos da construção desse conjunto, conheço como ele é feito, e DA NOITE PRO DIA surgiram jardins, flores, decoração e iluminação diferenciada, nessas 4 casinhas que a imprensa teve acesso, foram proibidos de ver ou fotografar o resto do complexo q faz parte o conjunto.

RESUMINDO:
A equipe da Dilma criou um país das maravilhas em Catanduva só pro evento de entrega ser aquele sucesso sem "contratempos", como chamaram a manifestação, e aparecer nos jornais como eles quisessem.

E isso não é a mídia dizendo, sou EU pq eu VI.
 

ExtraTerrestre

Usuário
(...)E isso é munição para 2018, mas Aécio e cia não estão sabendo capitalizar isso direito, insistindo nessa idiotice de impeachment.(...)

Há um fator realista na insistência aecista no impeachment.

O PSDB paulista tem animosidades com o PSDB dos outros estados brasileiros, e mesmo dentro do núcleo paulista há uma briga ferrenha entre Serra e Alckmin.

Dentro deste ambiente competitivo, o impeachment é negócio para o Aécio. Ele detém o recall dos eleitores agora e, se houver impeachment da Dilma e do Temer, será quase que certamente ele o presidente eleito. Se for para esperar até 2018, as chances deslocam-se para Serra e Alckmin - principalmente para este último, um nome mais palatável a conservadores, que aumentaram seu poder no Congresso e com cuja posição uma parte maior da população passou a se identificar abertamente. Para estes dois, portanto, seria mais negócio deixar o PT capengar até as próximas eleições.

É uma disputa por poder não só entre partidos, mas dentro do próprio PSDB.
 

ricardo campos

Debochado!
In Memoriam
O PSDB paulista tem animosidades com o PSDB dos outros estados brasileiros, e mesmo dentro do núcleo paulista há uma briga ferrenha entre Serra e Alckmin.

O PT paulista também está nessa briga interna pelo poder e cargos na esfera federal. O desempenho do partido aqui em Minas foi muito superior ao de São Paulo e não vejo muita abertura/oxigenação do partido. Deve ser pelo nome forte do Lula como liderança do partido e isso fortalece o núcleo paulista.

O Governo Federal "maquiou" 4 casas do conjunto habitacional que seria entregue em Catanduva e só permitiu a imprensa ter acesso a essas 4 casas (pra fotografar e vistoriar).
Lembrando que eu trabalho na CDHU em SP, e nós participamos da construção desse conjunto, conheço como ele é feito, e DA NOITE PRO DIA surgiram jardins, flores, decoração e iluminação diferenciada, nessas 4 casinhas que a imprensa teve acesso, foram proibidos de ver ou fotografar o resto do complexo q faz parte o conjunto.
Nesse caso o governo do estado também se beneficiou com a "maquiagem" das casas já que é uma parceria federal/estadual. É só uma observação, não estou dizendo que concordo com isso.
 
Última edição:

Amanda Lee Liu

Bééééhh
Nesse caso o governo do estado também se beneficiou com a "maquiagem" das casas já que é uma parceria federal/estadual. É só uma observação, não estou dizendo que concordo com isso.

A sim... mas essa não é uma prática da CDHU. Nas entregas de conjuntos habitacionais as casas são apresentadas como são.

Mas enfim neh, qdo vazar a noticia da "maquiagem" vai atingir aos dois governos tb...
 

Omykron

far above
Pois é. Eu também pensava que não tinha como. Mas ouvi isso do Camarotti, na Globo News, ainda no ano passado, na época das eleições.
e aécio também tem falado sobre isso por aí
Acho que o "argumento" do PSDB (pelo menos no Senado) é que a campanha da Dilma (o que inclui o Temer) foi feita com dinheiro ilegal e blá-blá-blá. Se isso fosse verdade - e fácil de provar, o que nunca é - então Dilma e Temer estariam na reta do impeachment.

Só que na boa? Não existe nenhuma evidência ainda que reforce o pleito do impeachment (ontem divulgaram no Facebook que Youssef disse que Dilma e Lula sabiam do Petrolão, o que foi uma besteira, já que ele disse na CPI da Petrobras que "no entendimento" dele, os dois deveriam saber de alguma coisa, já que o Paulo Roberto da Costa estava sempre no Planalto - enfim, foi só uma inferência dele, definitivamente não foi nada sólido).
Eles não buscam o Impeachment do Temer junto. Eles buscam é a impugnação da chapa presidencial, deixando a Gilma e Temer inaptos de terem assumido a presidencia.


Se for para esperar até 2018, as chances deslocam-se para Serra e Alckmin - principalmente para este último, um nome mais palatável a conservadores, que aumentaram seu poder no Congresso e com cuja posição uma parte maior da população passou a se identificar abertamente.
enterro a minha carteira de eleitor no deserto do cantareira antes dele ser eleito.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo