1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Propaganda Politica - Além dos Sites Oficiais

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Gabritto, 28 Jul 2008.

  1. Gabritto

    Gabritto Usuário

    Não sei se vocês chegaram a ver uma notícia que Sábado estava em destaque no Uol recentemente, mas falava sobre como as propagandas políticas online atualmente estão saindo do convencional site oficial.

    Acredito que todos aqui tenham visto o ótimo uso da ferramenta online do candidato democrata à presidência americana Barack Obama, que contava com Blog, diversos sites determinados de campanha, Twitter, etc.

    Os políticos brasileiros parecem ter se inspirado nesse feito de Obama e estão aprendendo a usar a internet a seu favor quando se fala de procurar novos eleitores. Inclusive, eleitores também parecem entender que essa ferramenta é poderosa, sendo que muitos criam perfis falsos do Orkut ou em outros sites de relacionamento - com o nome de seus candidatos - e passam a fazer uma certa propaganda política também. O quanto isso pode ser benéfico vai depender do uso certo da mídia, obviamente.

    Um exemplo legal disso é o Twitter. Até ontem, os candidatos à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy e Geraldo Alckmin tinham contas no Twitter - contas essas que suas assessorias de imprensa afirmaram serem falsas. Hoje, a página do Geraldo não existe mais. (Se alguém quiser checar a da Marta:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ).

    Um grande revés que existe no estado de São Paulo, é o fato do STE permitir que a propaganda política online se restrinja apenas ao Site Oficial. Ou seja, a candidata Marta realmente precisa negar que o Twitter acima citado não seja dela, afinal, seria ilegal o uso oficial.

    Era para ser mais um tópico informativo sobre esses casos, mas acho que é legal pergunta qual é a opinião do pessoal aqui a respeito da propaganda política começar a explorar também o meio online. Acham válido? Dá resultado? :)
     

Compartilhar