1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Procurado

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por V, 11 Jun 2005.

  1. V

    V Saloon Keeper

    Uau, tipo, eu não sabia que o Millar era tão psicopata. Os delírios niilistas de purgação através da extirpação de uma prisão social urbana nessa HQ fazem coisas como "Um Dia de Fúria" e "Clube da Luta" parecerem filmes da Disney.

    Claro que nos quadrinhos você pode ir muito mais longe, e é claro que o Millar vai, e é claro que ele também aproveita pra zoar com os próprios quadrinhos ao mesmo tempo, e é claro que todo mundo devia ler isso ASAP, IMO.






    Missérie em 3 edições, etc.
    Top Cow/Mythos
    R$ 7,50
     
  2. Garth Blackwood

    Garth Blackwood Dragon Highlord

    Eu vi isso nas bancas (finalmente chegou alguma coisa diferente aqui!), mas fiquei com medo de comprar... sobre o que é isso???
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Me lembrou Identidade Secreta do Superman, só que em vez de mocinho é bandido :twisted:

    (não dá pra falar sem estragar surpresa. Melhor folhear e ver por si)

    É impressão minha ou o Matador tem a cara do Comediante? (e a Raposa me lembra Halle Berry em swordfish... principalmente na hora da pressão)
     
  4. V

    V Saloon Keeper

    O Matador tem a cara do Comediante e as botas do Homem-Aranha! :rofl:

    Na verdade todo mundo ali é uma referência a alguma coisa, nem que seja só visual. Algumas são mais descaradas (do tipo Miolo Fodido = Bizarro, Professor Seltzer = Lex Luthor, etc), outras são só algum tipo de brincadeira momentânea, etc. Claramente o Millar não estava nem um pouco interessado em criar uma mitologia elaborada, o lance dele era brincar com arquétipos "sagrados" e desgastados.

    Btw, o Wesley de gorro é a cara do Eminem. :lol:
     
  5. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Ah!, sabia que as botas eram de algum lugar. :mrgreen:

    O professor para mim estava mais para Silvana (Shazam) do que Lex Luthor. Meio misturado com Mtxplik...

    Você quer dizer que Eminem tem futuro, V? :P (O Wesley cool me lembra alguém também... Constantine?)

    Meu Deus! Agora Wesley é um nome cool... 8O
     
  6. Lord Ashram

    Lord Ashram Denny Crane

    Eu vou esperar a Mythos soltar o encadernado de encalhes daqui uns 2 meses.
    Ta caro demais assim.

    Mas pelo que muita gente que leu diz, o final é meio decepcionante.
     
  7. Zohar

    Zohar Usuário

    Porcaria e com preço abusivo. A história não tem nada demais, além dos delírios costumeiros do Millar. Se querem uma obra de qualidade, comprem Rising Stars.
     
  8. Garth Blackwood

    Garth Blackwood Dragon Highlord

    Maldição!!! Já foi recolhida das bancas! Ficou no máximo uma semana! Custa a chegar alguma coisa boa aqui, e quando chega, acaba rápido! :evil:
     
  9. V

    V Saloon Keeper

    Oh, deuses.

    Em uma coisa todo mundo concorda. :joinha:

    Ela tem pelo menos (só li um terço) um cinismo caricato o bastante para usar a auto-paródia em seu favor, uma energia selvagem e espontânea, e uma ausência total de concessões. Se isso tudo = nada no seu mundo, então lá você está certo.

    Não entendi. Defina "delírios costumeiros".

    Sim, comprem Rising Stars também. Concordo.
     
  10. Garth Blackwood

    Garth Blackwood Dragon Highlord

    Esse Rising Stars também é do Millar?

    Consegui ler Wanted até o número 3 (metade do segundo volume nacional, imagino). :mrgreen:
     
  11. V

    V Saloon Keeper

    Straczynski.
     
  12. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Bem doentia essa série.... Um poco absurdo, mas legal....

    Tá certo q ninguém no mundo, por mais revoltado q seja, em algumas semanas é capaz de assassinar estranhos a sangue frio.... Mas ainda assim é interessante ver o q o dinheiro pode fazer com uma pessoa....
     
  13. V

    V Saloon Keeper

    Absurdo mas legal? Uma das principais coisas que fazem a história ser legal é justamente o fato dela começar mundana e naturalista, e de uma hora pra outra se tornar completamente absurda.

    Eu não entendo o raciocínio de que absurdez é automaticamente um ponto negativo. Aliás, quadrinhos em geral nunca foram nenhum exemplo de realismo, né? E, tipo, manja aqueles desenhos do Pernalonga e etc? Eles são bem absurdos e bem legais IMO.

    Peraí, foi isso que você achou absurdo?

    Uma sociedade secreta de supervilões que governa o mundo em segredo tudo bem, mas um cara que se torna um assassino de sangue-frio... ah, isso é completamente impossível. :doido:

    Eu acho muito mais fácil acreditar num cara que depois de algumas semanas de condicionamento vira um assassino (mesmo porque algumas pessoas precisam de menos tempo ainda) do que um cara que, por exemplo, depois de um trauma de infância resolve se vestir de morcego e combater o crime.

    O dinheiro em si, pelo menos tematicamente, é o fator menos importante - ele só está ligado a toda a fantasia de "libertação" do ambiente castrador em que o protagonista vivia. Obviamente é o elemento-chave na decisão, mas todo o resto (desde matar pessoas sem ser punido até vestir um uniforme colante) é igualmente importante em todo o processo do "foda-se", etc.
     
  14. Garth Blackwood

    Garth Blackwood Dragon Highlord

    Terminei de ler Wanted essa semana. Gostei do jeito com que a trama vai aumentando, aumentando até... terminar de maneira simples.

    Agora tô interessado em ler outros trabalhos do Millar. Conhece algum, V?
     
  15. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro


    Desculpa, mas eu não vejo qual é a grande diversão em ver o Millar satisfazer os seus desejos mais profundos numa HQ... Eu acho q essa revista é prato cheio pro psicólogo do cara, do tipo: O que você acha que quis dizer quando colocou o protagonista da sua história estuprando uma atriz de cinema?

    Eu gostaria de saber quando que escrever histórias simples sobre heróis se tornou babaca e que o legal agora é ver um cara que, só porque a namorada traia ele e o emprego dele é um lixo ele se permite sair matando todo mundo na vidinha patética dele.

    Eu acho que explorar o lado fraco do ser humano é fácil, mas quero ver escrever uma história sobre o lado bom, com o cara superando os seus problemas de maneira madura e racional. De desgraça já basta a vida.
     
  16. V

    V Saloon Keeper

    :roll:

    Acho que você levou a coisa toda a sério demais. É óbvio que o nível de perversão e revolta chega a ser incômodo e ridículo, mas é pra ser assim. "Procurado" é mais auto-crítica do que qualquer coisa, é uma extrapolação satírica dos quadrinhos adultos e anti-heróicos, e é também uma análise de personagem que brinca com os desejos obscuros e absurdos que todo mundo tem de vez em quando. Você nunca quis acertar alguém com um taco de baseball só por estar te enchendo o saco? Você nunca falou "eu quero matar esse filho da puta!" ou algo assim?

    Histórias simples sobre heróis podem ser legais também, o problema é que elas começaram a se tornar meio repetitivas por volta de 1968. Mas eu não acho que tenham se tornado "babacas", e não vejo em que a existência de "Procurado" pode levar alguém a pensar que tenham. Parece que você ficou revoltado por causa do que fizeram com os super-heróis na história, sinceramente.

    "O legal agora"? Não entendi isso. Você quer dizer que uma coisa está substituindo a outra? Eu não vejo como. O próprio Millar cansa de escrever histórias de super-heróis.

    E você fala como se o Millar estivesse dizendo com "Procurado" que o Wesley é um exemplo a ser seguido (dica: não está). A coisa toda é uma brincadeira. Uma sátira.

    Zzzzz. Eu não sei de onde surgiu a idéia de que arte sempre tem que ser edificante e ter "mensagem" e outras bobagens do tipo.

    A arte pode mostrar o lado fraco e podre do ser humano, por que não? Aliás, ela deve fazer isso, porque é o lado que todo mundo quer esconder e ignorar.
     
  17. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    V, eu até entendo o que você quer dizer, mas isso não muda o fato de que eu simplesmente não achei essa série grande coisa.

    Talvez eu esperasse demais, pq todo mundo falava sobre como essa é "uma das melhores séries dos últimos tempos" mas a verdade é que ela simplesmente não me atingiu. E mesmo se você pensar "tá, isso é satírico, não preciso levar a sério", simplesmente falta no roteiro aquele humor negro e sarcasmo inteligente que uma história do tipo pede. Talvez eu não tenha lido histórias "adultas" nos últimos tempos (com a minha grana do jeito que tá, eu compro Batman e olhe lá) e por isso não consegui relacionar com nenhuma outra história, mas a verdade, pra mim, é que a história acabou não sendo séria e nem engraçada, saiu uma coisa insípita.

    E eu não duvido da habilidade do Millar de escrever bons roteiros. Ele tem muitas histórias no Ultiverso que você vai lendo e não aguenta a ansiedade de virar a página e ver o que vai aconter, mas isso não acontece nessa história. Pessoalmente, vou esperar o meu irmão comprar a próxima edição para ler, porque eu não vou atrás.
     
  18. V

    V Saloon Keeper

    Saquei.

    Anyway, a edição #2 foi bem foda, expandindo a narrativa pra vários pontos (ao invés de se concentrar no Wes) e assim explorando mais o aspecto de história-contada-do-ponto-de-vista-dos-vilões (inclusive no que diz respeito a diferenças morais entre eles, o que foi bem interessante e etc).
     
  19. Kroll- o 000

    Kroll- o 000 Usuário

    Procurado (Wanted)

    Quem já leu, daqui? Eu recomendo, o negócio é muito bom. Fazia tempo q eu não lia quadrinhos q me deixavam com a alma tão lavada. Efeito catártico na veia, hehehehhehehehhe
     
  20. Mr. Nice Bobby

    Mr. Nice Bobby the Old Man

    Re: Procurado (Wanted)

    Eis uma HQ divertida, acho q "alma lavada" é pouco ainda...preciso arranjar o número 3 pra ler. Muito bom.

    (Eu não sou a pessoa certa pra resumir a historia ou coisa assim pra vocês, foi mal.)
     

Compartilhar