1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Privacidade no WhatsApp

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por ricardo campos, 1 Dez 2014.

  1. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Aplicativo
    Privacidade no WhatsApp
    Contra a espionagem, as mensagens do aplicativo agora são criptografadas
    por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    — publicado 29/11/2014 09:43

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O Whatsapp anunciou na quarta-feira 19 que passaria a criptografar as mensagens dos seus 600 milhões de usuários para evitar que as conversas fossem espionadas. A criptografia já foi ativada para a plataforma Android e logo deve chegar aos outros sistemas móveis. O criador do WhatsApp, Jan Koum, disse que seu compromisso com a privacidade do usuário vem da sua juventude, na Ucrânia, então ainda na União Soviética.

    “Cresci na URSS durante os anos 80. Uma das minhas memórias mais fortes é de uma frase que eu sempre ouvia minha mãe dizer ao telefone: ‘Essa não é uma conversa para o telefone, depois te digo em pessoa’. O fato de não podermos falar livremente, sem temer que nossas comunicações fossem interceptadas pelo KGB, fez parte da nossa decisão de emigrar para os Estados Unidos quando eu era adolescente”, disse Koum.

    No Google ou no Facebook as mensagens permanecem criptografadas nos servidores das empresas, mas podem ser “abertas” por autoridades mediante ordem judicial. OWhatsApp, que usa uma tecnologia chamada TextSecure, garante que a criptografia não pode ser quebrada em qualquer ponto entre os dois dispositivos que estão trocando as mensagens, nem mesmo pelo próprio WhatsApp. “Acho que é o maior uso público de criptografia de todos os tempos”, disse à revista Wired o criador do sistema TextSecure, Moxie Marlinspike.

    A robustez da criptografia pode suscitar desconfianças, como a do governo britânico, que disse que aplicativos como o WhatsApp e serviços como o Twitter ajudam grupos extremistas a se organizarem e a angariar novos membros. Koum descarta a crítica. “Ninguém deve ter o direito de espionar, sob o risco de criarmos Estados totalitários.”

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Algumas dúvidas clássicas, que podem ser auditadas e testadas facilmente nos aplicativos open source: será que o WhatsApp realmente criptografa os dados apenas para a chave pública do destinatário? E como é feito o gerenciamento dessas chaves? Ou será que há algum backdoor que permite desativar a criptografia? É chato, mas criptografia aplicada a um sistema só é confiável quando todo o sistema pode ser auditado (e, mesmo assim, bugs e comportamentos malicioso sutis podem escapar).

    É melhor que antes, sem dúvida, mas ainda não é confiável o bastante. Sem falar que o WhatsApp pertence ao Facebook, o que é um péssimo sinal para começo de conversa.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    De qualquer maneira continuo não confiando no trequinho aí.
     
  4. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Minha maior birra com esses aplicativos (incluindo o Telegram, que é open source) é que eles usam o número do telefone como identificação do usuário; nada de criar uma conta genérica, desatrelada, nem clientes para PC que funcionem sem associação prévia a um telefone. E nada de criar várias contas para separação de atividades também. Estou fora disso.
     

Compartilhar