1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Príncipe Valente - Hal Foster

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Shaytan, 3 Fev 2009.

  1. Shaytan

    Shaytan Usuário

    Uma das maiores (em tamanho e influência) sagas das histórias em quadrinhos tem seu início relançado no Brasil: está nas bancas e livrarias o primeiro volume de "Príncipe Valente na Corte do Rei Arthur".

    A história do Príncipe Valente começa em 1937, quando o canadense Hal Foster publica a primeira página com as aventuras do jovem e honrado Príncipe Valente. Desde então, uma vez por semana surge uma nova parte da saga deste aventureiro nórdico do século 5.

    Foster escreveu e desenhou continuamente a série por 34 anos, deixando de ilustrá-la em 1971. Abandonou o roteiro apenas em 1980, na página 2.241. Sua saída não resultou no fim da história, que é publicada até hoje por outros autores.

    A saga do Príncipe Valente, entretanto, não é importante por sua longevidade. Foster foi marcante. Muitos dos grandes artistas que vieram depois dele foram e são influenciados por suas histórias.

    De Will Eisner, que contava ter aprendido a narrar lendo Hal Foster, a Jack Kirby (criador de Capitão América e X-Men) ou Carl Barks ("pai" do Tio Patinhas), por exemplo, todos citavam "Príncipe Valente" como influência.

    Desenhista cuidadoso, Foster não usava balões para preservar as ilustrações. Além disso, não desdenhava dos roteiros: esmerou-se em tornar seu personagem humano. Destemido, heróico, mas um homem que, entre outras coisas, envelhece. O Príncipe Valente é um adolescente quando as histórias começam, e um homem com cerca de 40 anos, casado e com quatro filhos, quando Foster deixa de roteirizá-las.

    A editora Ebal publicou, de 1974 a 1995, 15 volumes de Príncipe Valente no Brasil. A Opera Graphica assumiu a série em 2001 e publicou até o tomo 18. E agora relança as 85 páginas iniciais nesta reedição do primeiro volume: uma boa oportunidade para entender como começou esta épica série.


    Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u62011.shtml

    *******

    Essas histórias são realmente épicas, para quem não conhece vale a pena conferir. Meu pai enquanto era vivo colecionava muitos quadrinhos de sua época, Flash Gordon, Fantasma, Mandrake, Jim das Selvas entre muitos outros, e acabei pegando estima pelos mesmos. Tenho muita coisa aqui em casa da antiga Editora Brasil América (Ebal) e me considero um sortudo por isso, porque suas publicações, diferentes das que vemos hoje em dia eram todas "luxuosas" dignas de serem colecionadas. Essas edições da Editora Opera Graphica mantém o formato original, que não é nada pequeno ^^.
     
  2. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Que coincidência, agora há pouco eu estava vendo um site onde vende-se revistas em quadrinhos, e vi um volume desse personagem lá pra vender. Assim que puder vou comprar, pois tenho certeza de que gostarei, é no estilo que gosto.
     
  3. Shaytan

    Shaytan Usuário

    Tenho certeza que iá gostas xD, não só da história, mas o desenhista era extraordinário !!!
     

Compartilhar