1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Mercúcio, 30 Out 2012.

  1. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    PRIMEIRO LIVRO DE MO YAN NO BRASIL SERÁ PUBLICADO PELA COSAC NAIFY


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    A Cosac Naify saiu na frente e garantiu os direitos de publicação de uma obra do chinês Mo Yan, autor ainda inédito no Brasil, recentemente anunciado vencedor do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . O título do livro na edição em língua inglesa é Change. O acordo foi fechado com a agência literária francesa Pierre Astier, que detém os direitos mundiais de publicação das obras do escritor. Ainda não há previsão de data para o lançamento.

    Segundo nota divulgada pelo comitê do Prêmio Nobel, Yan é um escritor que "com realismo alucinatório funde contos populares, a história e o lado contemporâneo. Através de uma mistura de fantasia e realidade, uma perspectiva histórica e social, Mo Yan criou um mundo com remanescência na complexidade de nomes como
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e Gabriel García Márquez, ao mesmo tempo encontrando um ponto de partida na antiga literatura chinesa a na tradição oral". No Ocidente, ele é conhecido pela obra que serviu de base para o filme "Sorgo vermelho" (1987), dirigido por Yimou Zhang e vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim. Além de seus romances, Mo Yan publicou diversos contos e ensaios sobre vários temas e, apesar de sua crítica social, é visto em seu país como um dos mais importantes autores contemporâneos.





    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    _________________________________

    Parece bem interessante... :yep:
     
    Última edição por um moderador: 7 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 6
  2. Spartaco

    Spartaco James West

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    Achei uma boa notícia. Pena que não sabem quando será o lançamento.
     
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    O ruim é que é certeza que chega custando uma nota preta :rofl:
     
  4. Liv

    Liv Visitante

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    Hahahahah, mas eu ia falar a mesma coisa! É a desculpa perfeita pra cobrarem o peso de uma vaca em ouro por esse livro.
     
  5. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    vou procurar alguma coisa dele traduzida pro inglês que sai mais em conta :dente:
     
  6. Liv

    Liv Visitante

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    Faulkner com Gabo? Sei não, heim. Vou esperar a tua resenha pra ir atrás (aliás, já tô na tua cola há quatro anos e acho que tu nem sabe disso :lol: ).
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  7. Gorthol

    Gorthol Lacho calad! Drego morn!

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    Estou curioso para ler. Muito mesmo.
    Quando saiu o Nobel de Literatura, eu comecei a fuçar e fui cativado pela história do Mo Yan.
    Curiosidade: Mo Yan é um pseudônimo usado pelo autor que, em mandarim, significa 'Não Fale'. O verdadeiro nome deste cidadão aí Guan Moye.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  8. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    Quando saiu o anúncio de que Mo Yan tinha levado o nobel, fui procurar minhas fontes para me informar a respeito dele. Eu acho que será interessante ler algo escrito por ele porque ficar só no que FALAM sobre ele não me agradou muito, não. Dizem que ele "confraterniza" com o inimigo. Como eu disse, quero ler algo dele para entender melhor a questão. Ele realmente pode, na atualidade, ter adotado uma postura mais "faz de conta que não vê", mas acredito que, conforme já foi amplamente falado, a literatura dele já foi bem questionadora.

    E ele ter sido premiado agora, que está mais "contido", só reforçaria a tendência dos suecos de concederem premiações tardias. Foi assim com o Vargas Llosa. O Llosa, de hoje, em nada lembra o do passado. Quem conhece só o As travessuras da menina má, não conhece o Llosa de verdade. Nos últimos tempos, ele se tornou um reacionário. E nessa mesma onda de reacionário, eu coloco o Ferreira Gullar, que tem sido o brasileiro que, nos últimos tempos, tem uma remota esperança de levar o nobel. Eu me recuso a acreditar que o homem que escreveu Dentro da noite veloz, um livro que tem um teor político admirável, seja o Gullar que temos visto nos últimos tempos.
     
    Última edição: 30 Out 2012
    • Gostei! Gostei! x 5
  9. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Re: [Notícia] Primeiro livro de Mo Yan no Brasil será publicado pela Cosac Naify

    Queria muito ter clicado em FAIL nesse seu post... Queria muito mesmo. Mas agora o cara que fala "O empresário é um intelectual que, em vez de escrever poesias, monta empresas"... Enfim.
     

Compartilhar