1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Presente ruim no Dia dos Namorados pode significar amor demais

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por RSS, 12 Jun 2008.

  1. RSS

    RSS Usuário

    Estudo mostra que os mais apaixonados são os que mais erram na hora de presentear. Confiança de que conhecem gostos do parceiro é tanta, que eles não vêem indiretas.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. DW

    DW Usuário

    Ótimo. Já temos nossa desculpa.

    "Amor, te comprei essa caneta Bic porque te amo demais!".
     
  3. Izze.

    Izze. What? o.O

    huahauau. boa, Demon!

    Meu namorado diz que me ama muito e me dá bons presentes... E acredito que ele me ama muito mesmo...

    Mas seria idiotice ele errar presente pra mim, já que a cada esquina vejo algo que me agrada e vem a seguinte frase: "Eu gostei". Que, traduzindo fica: "Eu quero" =B

    Esse resultado da pesquisa não se aplica à ele. =B
     
  4. yávië

    yávië Usuário

    kkkkk Boa ^^


    Mas enfim... essas pesquisas deviam ser feitas com grupos diferentes de pessoas.. às vezes isso é uma tendência naquele país... as pessoas se tornam egocêntricas e só enxergam o próprio umbigo e aí dá nisso... não acho que é amor demais o nome disso.. só se for amor demais pelo próprio umbigo..idiota isso..
     
  5. Passolargo

    Passolargo Your face warped in pain...

    Eu também achei isso meio estranho, porque quem ama demais, geralmente também presta atenção demais na pessoa amada. Assim sendo, fica difícil não perceber uma indireta. :think:

    O coerente seria o contrário, na minha opinião, pois quem ama de menos (ou não ama nada), não presta atenção direito no que deveria prestar e acaba dando presentes equivocados (quando dá).
     
  6. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Eu esperaria esse argumento de uma mulher...

    E a pessoa vai lá saber direito o que é "presente não-equivocado"? Claro que com o conhecimento dos gostos e etc dá pra presentear com alguma coisa que seja relacionado com o presenteado, mas pode também rolar uma frustração por receber um presente que não era o esperado. Nesse caso nem é tanta "culpa" de quem presenteou, porque presenteou errado, mas do próprio presenteado que alimentou expectativas e idealidades demais.

    O caso é que como já diziam Nietzsche e alguns antropólogos, quem dá um presente quer agradar. Não demonstrar agrado em relação ao presente seria ofender quem presentou. Fica uma obrigação de achar super maneiro, mesmo que obviamente não seja. Além de ter que retribuir de alguma forma, talvez outro presente. Toda esse lógica do presente é muito cruel!
     
  7. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    É aí que dizem que o que vale é a intenção. Já vi muita gente feliz por pouca coisa e muita gente triste por muita coisa.
    Aí também vai da "ambição" do presenteado:yep:
     
  8. Éomer

    Éomer Well-Known Member


    Existe 90% de chance de se tu comprar alguma coisa por conta própria ela não gostar. Se ela disser que gostou então tu já pode ter 100% de certeza que ela não gostou. Foi por isso que eu perguntei o que ela queria pra acabar com o stress. Já ela me deu uma garrafa de Whisky, pois tinha 100% de certeza que isso me agrada. Tudo é matemática.
     
  9. Passolargo

    Passolargo Your face warped in pain...

    Eu esperaria esse argumento de qualquer um que pensasse com lógica. O estudo é interessante e tal, mas, desculpe, eu não chego ao ponto de ignorar dicas mesmo quando já gosto muito da mulher.

    Caramba, se a pessoa não souber o que é um "presente não-equivocado" mesmo depois de receber algumas indiretas/dicas, pode dar um tiro na cabeça. A dúvida que você levantou só pode ser levada em conta se a situação não envolver as tais indiretas. Nesse caso, o indivíduo poderia alegar que não sabia que o presente seria equivocado.
     
  10. Belfalas

    Belfalas Ele é legal

    O problema, é que no geral, levam mais como uma data "comercial".
    O presente tem sempre que ser um objeto ? Algo material ?

    Garanto que muita mulher que mora junto com o marido/namorado, iria querer uma mudança radical de comportamento do parceiro a ganhar aquele anel.
     
  11. Izze.

    Izze. What? o.O

    Coooom certeza. Um marido que não joga roupa e toalha suja no chão, na cama, que dê a descarga, que não seja folgado, que ajude na casa, vale muito mais do que um anelzinho de brilantes. =D
     
  12. Éomer

    Éomer Well-Known Member



    Muitas vezes o presente que satisfaria o marido seria aquele anel...
     
  13. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Ah, sei lá, o que é uma indireta? Algo como "fulana tem um anel lindo!"? Alguém poderia interpretar isso como uma indireta. Pra mim, isso é só um comentário sem importância.
     
  14. Izze.

    Izze. What? o.O

    Por isso eu sou adepta do "Eu gostei e quero isso!" Comento tal coisa até com desconhecidos.. =B

    Só erra o presente quem não levar meus desejos consumistas a sério.
     
  15. manuu

    manuu yo hablo muy bien

    Oi Passo :hanhan:
    Você passa sempre aqui?
     
  16. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    A minha pesquisa diz que quando se ama muito sua namorada você nunca vai lembrar de aniversários (dela e de namoro), muito menos se é dia dos namorados ou não. O amor supera essas coisas pequenas.
     
  17. Aurus

    Aurus Neon God


    Isso é uma grande verdade.


    Minha namorada e uma paty consumista, então pra ela infelizmente o que importa é o presente, ela leva isso muito mais em consideração que outras coisas, o problema é que ela também acha que é a parte importante pra mim por mais que eu tente explicar que não. :disgusti:

    Ah sim, e meus presentes são sempre fodas. :cool:
     
  18. yávië

    yávië Usuário

    Nisso eu concordo... mas aí depende do caso neh? Temos que falar com exemplo.. mas isso não está relacionado com a notícia que diz que se vc errou eh pq ama demais... :blah:



    É cruel para quem acaba imbecilizado pelos padrões sociais... se vc realmente olhar o gesto e saber que a pessoa se dedicou ou não sabe.. nossa.. pra mim sempre o que contou é o esforço... saber que a pessoa gastou um tempo dedicado para mim, especialmente. Por isso sempre fui muito avessa à ganhar flores e bombons e esses clichês... acho pés-sim-mo... claro que depende do contexto né? Mas quando se percebe que as flores ou qualquer outra coisa está ali simplesmente parar 'cumprir um papel' ou com aqelas de 'ah, isso basta, ela vai adorar pq eh caro', ou alguma lógica assim, sinto repulsa... Mas aí que tá.. é vc conhecer a pessoa e saber o que realmente importa para ela.. tem gente que é o contrário, quer presente caro, no matter what.. e acho que nisso que talvez entre a notícia... da pessoa jah achar que sabe, quando na realidade não tem nem pista...


    Nah, pera-lá...
    Não, o presente não tem que sre um objeto material, concordo. Mas essa de mudança radical de comportamento acho bizarro.. não é assim que funciona.. se fosse assim, fizesse antes! Vc não 'se modifica' para dar de presente para alguém, mas para tornar a relação mais harmoniosa e isso quando realmente necessário e não uma imposição do outro! No máximo uma modificação radical que penso seria seilah, arrumar o quarto da bagunça, cortar o cabelo longo que ela não gosta, ou etc..mas quanto a comportamento, acho difícil ser válido...
     

Compartilhar