1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Prêmio Portugal Telecom divulga lista de semifinalistas

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Ana Lovejoy, 3 Jun 2013.

  1. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    O Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa anunciou nesta segunda (dia 3 de junho) seus 63 semifinalistas.

    Os pré-selecionados concorrem nas categorias romance, poesia e conto/crônica. No total, 450 livros foram inscritos no prêmio.

    Na categoria romance aparecem títulos como "Barba Ensopada de Sangue" (ed. Companhia Das Letras), de Daniel Galera, "Solidão Continental" (ed. Record), de João Gilberto Noll, e "O Filho de Mil Homens" (ed. Cosac Naify), de Valter Hugo Mãe, que venceu o Portugal Telecom no ano passado.

    Na categoria poesia concorrem, entre outros, "Porventura" (Ed. Record), de Antonio Cicero, e "O Amor e Depois", (Ed. Iluminuras), de Mariana Ianelli.

    Já a lista de conto/crônica inclui "Diálogos Impossíveis" (Ed. Objetiva), de Luis Fernando Verissimo, e "Páginas Sem Glória" (Ed. Companhia Das Letras), de Sérgio Sant'Anna.

    Em setembro, um júri vai selecionar, a partir dos 63 livros divulgados agora, os 12 finalistas do prêmio --quatro para cada categoria.

    O resultado final será anunciado em novembro. O vencedor de cada categoria vai receber R$ 50 mil.

    Entre os três autores ganhadores será escolhido Grande Prêmio Portugal Telecom 2013, que receberá mais R$ 50 mil.

    Confira a lista completa:

    ROMANCE

    "A Confissão Da Leoa" (Ed. Companhia Das Letras), de Mia Couto

    "A Máquina De Madeira" (Ed. Companhia Das Letras), de Miguel Sanches Neto

    "A Noite Das Mulheres Cantoras" (Ed. Leya), de Lídia Jorge

    "A Sul. O Sombreiro" (Ed. Leya), de Pepetela

    "As Visitas Que Hoje Estamos" (Ed. Iluminuras), de Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira

    "Barba Ensopada De Sangue" (Ed. Companhia Das Letras), de Daniel Galera

    "Big Jato" (Ed. Companhia Das Letras), de Xico Sá

    "Caderno De Ruminações" (Ed. Alfaguara), de Francisco J. C. Dantas

    "Desde Que O Samba É Samba" (Ed. Planeta Do Brasil), de Paulo Lins

    "Deus Foi Almoçar" (Ed. Planeta Do Brasil), de Ferrez

    "Era Meu Esse Rosto" (Ed. Record), de Márcia Tiburi

    "Estive Lá Fora" (Ed. Algaguara), de Ronaldo Correia De Brito

    "Mar Azul" (Ed. Rocco), de Paloma Vidal

    "O Casarão Da Rua Do Rosário" (Ed. Bertrand Brasil), de Menalton Braff

    "O Céu Dos Suicidas" (Ed. Alfaguara), de Ricardo Lísias

    "O Filho De Mil Homens" (Ed. Cosac Naify), de Valter Hugo Mãe

    "O Mendigo Que Sabia De Cor Os Adágios De Erasmo De Rotterdam" (Ed. Record), de Evandro Affonso Ferreira

    "O Que Deu Para Fazer Em Matéria De História De Amor" (Ed. Companhia Das Letras), de Elvira Vigna

    "O Sonâmbulo Amador" (Ed. Alfaguara), de José Luiz Passos

    "Pauliceia De Mil Dentes" (Ed. Prumo), de Maria José Silveira

    "Sôbolos Rios Que Vão" (Ed. Alfaguara), de António Lobo Antunes

    "Solidão Continental" (Ed. Record), de João Gilberto Noll

    POESIA

    "A Casa Dos Nove Pinheiros" (Ed. Dobra Editorial), de Ruy Espinheira Filho

    "A Cicatriz De Marilyn Monroe" (Ed. Iluminuras), de Contador Borges

    "A Praça Azul E Tempo De Vidro" (Ed. Paes), de Samarone Lima

    "A Voz Do Ventríloquo" (Ed. Selo Edith), de Ademir Assunção

    "As Maçãs De Antes" (Ed. Biblioteca Do Paraná), de Lila Maia

    "Caderno Inquieto" (Ed. Dobra Editorial), de Tarso De Melo

    "Ciclo Do Amante Substituível" (Ed. 7 Letras), de Ricardo Domeneck

    "Deste Lugar" (Ed. Ateliê Editorial ), de Paulo Elias Franchetti

    "Engano Geográfico" (Ed. 7 Letras), de Marília Garcia

    "Formas Do Nada" (Ed. Companhia Das Letras), de Paulo Henriques Britto

    "Meio Seio" (Ed. Língua Geral), de Nicolas Behr

    "Mirantes" (Ed. 7 Letras), de Roberval Pereyr

    "O Amor e Depois", (Ed. Iluminuras), de Mariana Ianelli

    "Ouro Preto" (Ed. Scriptum), de Mário Alex Rosa

    "Píer" (Ed. 34), de Sérgio Alcides

    "Porventura" (Ed. Record), de Antonio Cicero

    "Quando Não Estou Por Perto" (Ed. 7 Letras), de Annita Costa Malufe

    "Sentimental" (Ed. Companhia Das Letras), de Eucanaã Ferraz

    "Totens" (Ed. Iluminuras), de Sérgio Medeiros

    "Trato De Silêncios" (Ed. 7 Letras), de Luci Collin

    "Um Útero É Do Tamanho De Um Punho" (Ed. Cosac Naify), de Angélica Freitas

    CONTO/CRÔNICA

    "A Caneta E O Anzol" (Ed. Geração Editorial), de Domingos Pellegrini

    "A Última Madrugada" (Ed. Leya), de João Paulo Cuenca

    "A Verdadeira História Do Alfabeto" (Ed. Companhia Das Letras), de Noemi Jaffe

    "Ai Meu Deus, Ai Meu Jesus" (Ed. Bertrand Brasil), de Fabrício Carpinejar

    "Aquela Água Toda" (Ed. Cosac Naify), de João Anzanello Carrascoza

    "As Verdades Que Ela Não Diz" (Ed. Foz), de Marcelo Rubens Paiva

    "Cheiro De Chocolate E Outras Histórias" (Ed. Nova Alexandria), de Ronivalter Jatoba

    "Como Andar No Labirinto" (Ed. L&Pm), de Affonso Romano Sant'anna

    "Contos Inefáveis" (Ed. Nova Alexandria), de Carlos Nejar

    "Copacabana Dreams" (Ed. Cosac Naify), de Natercia Pontes

    "Crônicas Para Ler Na Escola" (Ed. Objetiva), de Zuenir Ventura

    "Diálogos Impossíveis" (Ed. Objetiva), de Luis Fernando Veríssimo

    "Essa Coisa Brilhante Que É A Chuva" (Ed. Record), de Cíntia Moscovich

    "Jogo De Varetas" (Ed. 7 Letras), de Manoel Ricardo De Lima

    "Livro Das Horas" (Ed. Record), de Nélida Piñon

    "Manhãs Adiadas" (Ed. Dobra Editorial), de Eltania Andre

    "Mistura Fina" (Ed. 7 Letras), de Vera Casa Nova

    "O Tempo Em Estado Sólido" (Ed. Grua), de Tercia Montenegro

    "Páginas Sem Glória" (Ed. Companhia Das Letras), de Sérgio Sant'Anna

    "Shazam!" (Ed. 7 Letras), de Jorge Viveiros de Castro

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ***

    muito orgulho da luci :grinlove:
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Orra, mas essa poesia tá barra pesada, hein? O Britto ouvi dizer que tá muito bem nesse novo livro. Não curti muito o Eucanaã Ferraz, mas o cara continua forte... Tem também o Antonio Cicero, que é bem consolidado, e o Franchetti, que, por mais que a meu ver não tenha certado muito a mão nesse livro e nessa proposta que o livro faz, é um nome relevante.

    O Mário Alex Rosa não conferi ainda, mas vi que ele ganhou um espaço na Cosac esse ano. Não curto Nicolas Behr, mas o cara é uma voz viva e positivo, operante!, nos dias atuais. O Domeneck, pelo que li e me disseram a respeito, está fraco nesse livro... Se bem que acho a poesia do Domeneck um pouco fraquinha.

    E tem também a Angélica de Freitas, que acho que ganha fácil.

    O restante ainda não li... Já leu algo da Luci Collins, Anica?
     
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    já, mas o que li de poesia dela é mais antigo - li mais os contos dela (acho que li umas 3 coletaneas diferentes). prefiro os contos, mas acho que mais por preferir conto à poesia mesmo, e não necessariamente os contos dela à poesia dela, entende? mas assim, até porque meu depoimento é meio que suspeito já que amo luci de paixão, então o mais objetivo que posso dizer é que eu acho que dá para considerar uma soma de fatores da formação dela que pesam bem favoravelmente: ela não tem formação acadêmica só na área de letras, mas de música também (e aí dá para seguir todo aquele conceito do pound de que música e poesia andam juntos, etc.), além de ter um punhado de boas referências (como o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , por exemplo). ah, sim, claro. e sensibilidade e inteligência para saber "somar" isso, né.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Calib

    Calib Visitante

    Só cobrão na categoria "romance".
    Imagina disputar com Mia Couto, Valter Hugo Mãe, António Lobo Antunes, Pepetela, João Gilberto Noll, Lídia Jorge... 8-O
     
  5. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    o hugo mãe ganhou o do ano passado, não? imagina ganhar duas seguidas
     
  6. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    É, o poesia está, de fato, barra-pesada. Qualquer um desses aí que vencer vai ser muito legal, mas, se tivesse que expressar a preferência por um em específico, Angélica de Freitas. Afinal de contas, fiz a droga do tópico o livro dela tem uma relevância contextual maior que dos outros 3. Quer dizer: talvez ela fique pau-a-pau com o Ferraz...
     
    • LOL LOL x 2

Compartilhar