• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Prefeitura da cidade de São Paulo lança campanha contra o abandono de animais

CamiLa

Usuário
E infelizmente, tem gente pra tudo nessa vida. Ano passado fiquei sabendo que uma vizinha minha jogou o filhotinho dela do 4º andar pq ele chorou muito durante a noite, certamente ela queria um cachorro mudo.Eu tava viajando nesta época, mas dizem que ela quase foi linchada


:think: Será que ela faria isso com um filho dela?...
 

Primula

Moda, mediana, média...
E quanto as pessoas que vivem como animais?

Não seria mais útil uma campanha destas primeiro?

By Raphael Silvério

Esteja livre para começar :mrgreen:

(Não tome como ataque pessoal, mas como exemplo da multidão que SEMPRE fala isso para as entidades de proteção aos animais. Porque SEMPRE é a mesma conversa "porque não ajudam as criancinhas?" yaddayadda)

As pessoas que idealizaram essa campanha se sensibilizam pelos animais: seria injusto obrigá-las a se dedicar para outra causa.

(Analogia: um guri gosta de medicina e seu pai o obriga a virar advogado.)

Quando surgem aqueles dizendo "por que não ajuda crianças?" a resposta é essa: porque é a escolha DELES. Esteja livre para fazer sua escolha em caridade.

Quando faço a provocação "você fala mas duvido que tenha pensado ajudar pessoas que precisam, mas foi rápido em querer que as pessoas que já estão fazendo algo por um mundo melhor, mudem suas vocações para satisfazer SUA vontade. Assim é fácil fazer caridade", é patético que fiquem bravas e continuam a não fazer nada. (por birra: cadê toda aquela solidariedade no coração?)

Sim há aqueles que se dedicam à seres humanos (cursos voluntários, sopão para quem não tem comida, etc). E nunca testemunhei qualquer aumento do número de voluntários considerando-se os indignados que acham absurdo dar mais valor a bicho que gente.

Digo isso por experiência, pois já fui voluntária nos dois fronts. E pessoalmente acho bem mais gratificante ser protetora de animais, do que voluntária de ensino.

Não questione minha escolha (ou a deles) que ninguém lhe obrigará a fazer caridade seja por bichos ou por gente ou pelos moluscos dos recifes de coral.

Thorin disse:
O que eu sou contra é uma madame ter um cachorrinho que come filé todo dia, faz tratamento de beleza uma vez por semana e dorme na cama, e um monte de crianças passando fome e dormindo na rua.

Thorin até entendo sua revolta, mas isso é problema dela. (em vários sentidos, como diria Cesar Milan)

Para os protetores, e pet-shops que os ajudam, isso é ótimo.

Através do $$$ dessa madame, que nem leva a Fifi para andar pelo quarteirão, conheço vários pet-shops que ajudam com animais abandonados. Afinal quando há lucro pode-se dar ao "luxo" de ajudar (cirurgias em animais com risco de morte, p.ex.)

Sem o dinheiro extra, como essas pet-shops poderiam fazer isso, hm? Porque os protetores em geral (sou exceção) estão sempre com a corda no pescoço.

Basicamente, se ela tem dinheiro pra gastar com besteira, estimulando o comércio e a economia, tudo bem. O que a sociedade tem de ficar de olho é nos sem-noção que gastam os bagos com perfumaria para cachorro e quando vem a crise abandonam os bichos de estimação "porque não combina com o sofá novo"
 

Raphael S

Desperto
Obrigar? Não, eu não disse que obrigaria eles a se preocuparem mais com os seres humanos. Por Deus, eu nunca faria isso antes da dominação universal do Projeto de Dominação Global.

By Raphael S
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$400,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo