• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

''Precursor''?!

Um podcast brasileiro que pode ser acessado aqui (https://www.listennotes.com/podcasts/sbn-podcast/48-duelo-de-sagas-o-hobbit-x-6QhD7pvSCIT/) escreveu o seguinte:

''Qual a melhor trilogia cinematográfica ?? O precursor do universo de Tolkien ou a saga que nos apresentou a história de Bilbo?? Qual você acha melhor?? Comenta com a gente, depois de ouvir mais um episódio do nosso amado SBN''.

Achei muito estranho se referir a SdA como ''o precursor do universo de Tolkien''. Pelo contexto, o autor se referia aos filmes apenas, certo? Nesse caso, não seria melhor algo como ''trilogia pioneira'', ''primeira trilogia'', ou algo do tipo? Ou dá na mesma?

O problema aqui acho que é a palavra ''precursor''. Uma das definições de precursor que encontrei na Internet é essa:

Precursor: Alguém ou algo que vem antes, e muitas vezes é considerado como um fator que leva ao desenvolvimento de outra pessoa ou coisa.

Essa definição parece deixar essa chamada ''errada'' mesmo.

No entanto, se ''precursor'' quis no caso dizer apenas ''primeiro'', no caso ''primeira trilogia'', e ele estava se referindo aos FILMES, então tecnicamente a frase não está errada.

Gostaria de saber o que pessoal daqui pensa disso. Você também achou que não ficou claro/ficou confuso?

Como você colocaria essa sentença, no lugar do autor? Ou achou que ele foi claro o suficiente?

Obrigado.
 
Última edição:

Loveless

J'ai une âme solitaire
Usuário Premium
É confusa para nós, que estamos imersos no universo de Tolkien. Para um "assistidor de filmes" comum, a trilogia dos filmes do SdA é a precursora.

Veja a definição que você trouxe: "Alguém ou algo que vem antes (...)".

Para o universo do cinema, SdA é realmente precursor de O Hobbit. Para o universo dos livros é o contrário.

Da mesma forma, em Star Wars a trilogia original (IV-V-VI) é, em ordem de lançamento, a precursora das demais. Em ordem cronológica do enredo, a trilogia da história de Anakin (I-II-III) é a precursora.

Depende do ângulo que você olha.
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Eu considero que em 2000-2001 Peter Jackson se empenhou para lançar um padrão estilístico novo ao produzir os filmes de SdA e em conseqüência disso ele levou um carrinho de mão cheio de Oscars pelo projeto. Porque das escolhas das locações aos trabalhos individuais de cada oficina houve uma porção de ideias novas lançadas para o público e que o filme teve sorte de estar no momento certo pra sair.

Um dos frutos da trilogia de SdA é que a Weta mesmo foi atraída para os projetos de Narnia do CS Lewis (também 3 filmes, O Leão, Príncipe Caspian e O Navio da Alvorada) que vieram aproveitando a onda de fantasia que inundou a audiência. O modo de filmar influenciou o jeito de fazer séries de TV de fantasia que vieram depois.

É algo que em O Hobbit não foi repetido. O Hobbit trabalhou para continuar muitos conceitos que já estavam prontos de SdA, muito em razão de o diretor ser o Peter Jackson também, o livro era menor, menos complexo e menos detalhado e também seria uma trilogia "esticando" um livro em 3 enquanto SdA eram 3 livros em 3 filmes.

É parecido ao que houve com Evangelion em 96 que lançou ideias de design que ganharam prêmios de arte e marketing no Japão (as "Boxed letters") e que não foi apenas a história do anime que ajudou a divulgar.

Pessoalmente eu curto ver também obras da terra média com referência a SdA ou no mundo de SdA do período "pré-Peter Jackson". O Tolkien Gateway tem 40 filmes listados com influência ou referência, mas há mais e os estilos são bem menos homogêneos e bem mais variados antes de 1999 (antes da produção da Nova Zelândia). É um período tanto com coisas fracas mas com coisa boa também desse período "precursor" ao Peter Jackson. O desenho animado de SdA mesmo apesar das falhas tem cenas que ficam na memória como a noite estrelada cintilante quando Gandalf vai falar com o Frodo (é uma cena que achei que ficou muito caprichada em relação ao resto da produção).
 
É confusa para nós, que estamos imersos no universo de Tolkien. Para um "assistidor de filmes" comum, a trilogia dos filmes do SdA é a precursora.

Veja a definição que você trouxe: "Alguém ou algo que vem antes (...)".

Para o universo do cinema, SdA é realmente precursor de O Hobbit. Para o universo dos livros é o contrário.

Da mesma forma, em Star Wars a trilogia original (IV-V-VI) é, em ordem de lançamento, a precursora das demais. Em ordem cronológica do enredo, a trilogia da história de Anakin (I-II-III) é a precursora.

Depende do ângulo que você olha.
Exatamente. Concordo que, do ponto de vista da história, TANTO NOS LIVROS QUANTO NOS FILMES, ''O Hobbit'' é o que poderíamos chamar de ''precursor do universo de Tolkien''. Daí a ambiguidade da frase...

Então só resta saber se pelo contexto estava claro que o autor se referia à ordem de produção dos filmes, ou à cronologia interna ficcional...
 
Eu considero que em 2000-2001 Peter Jackson se empenhou para lançar um padrão estilístico novo ao produzir os filmes de SdA e em conseqüência disso ele levou um carrinho de mão cheio de Oscars pelo projeto. Porque das escolhas das locações aos trabalhos individuais de cada oficina houve uma porção de ideias novas lançadas para o público e que o filme teve sorte de estar no momento certo pra sair.

Um dos frutos da trilogia de SdA é que a Weta mesmo foi atraída para os projetos de Narnia do CS Lewis (também 3 filmes, O Leão, Príncipe Caspian e O Navio da Alvorada) que vieram aproveitando a onda de fantasia que inundou a audiência. O modo de filmar influenciou o jeito de fazer séries de TV de fantasia que vieram depois.

É algo que em O Hobbit não foi repetido. O Hobbit trabalhou para continuar muitos conceitos que já estavam prontos de SdA, muito em razão de o diretor ser o Peter Jackson também, o livro era menor, menos complexo e menos detalhado e também seria uma trilogia "esticando" um livro em 3 enquanto SdA eram 3 livros em 3 filmes.

É parecido ao que houve com Evangelion em 96 que lançou ideias de design que ganharam prêmios de arte e marketing no Japão (as "Boxed letters") e que não foi apenas a história do anime que ajudou a divulgar.

Pessoalmente eu curto ver também obras da terra média com referência a SdA ou no mundo de SdA do período "pré-Peter Jackson". O Tolkien Gateway tem 40 filmes listados com influência ou referência, mas há mais e os estilos são bem menos homogêneos e bem mais variados antes de 1999 (antes da produção da Nova Zelândia). É um período tanto com coisas fracas mas com coisa boa também desse período "precursor" ao Peter Jackson. O desenho animado de SdA mesmo apesar das falhas tem cenas que ficam na memória como a noite estrelada cintilante quando Gandalf vai falar com o Frodo (é uma cena que achei que ficou muito caprichada em relação ao resto da produção).
Muito interessante sua reflexão/rant!

Mas o que isso tem a ver com o tópico? :lol:
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo