1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Preços dos produtos da Apple no Brasil são absurdos, diz site americano

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Clara, 18 Abr 2014.

  1. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Todo mundo sabe que produtos tecnológicos são ridiculamente caros no Brasil. Mas quando se trata da Apple, os preços extrapolam todas as fronteiras do aceitável. O Business Insider, site que cobre principalmente negócios e tecnologia, mandou um correspondente para o Brasil para ver nossos preços de perto. E o cara quase caiu pra trás de susto.

    Elas foram até uma loja iPlaces, no shopping Bourbon, em São Paulo, e analisaram os preços até serem convidados a se retirar do estabelecimento por estarem tirando fotos dos aparelhos. Na loja, o iPhone 5S de 64 gigas está custando R$ 3.599 (US$1.637), contra os US$ 849 cobrados pelo aparelho sem operadora nos EUA. Isso nos dá o vergonhoso título de vendedores do iPhone 5S mais caro do mundo.
    Segundo a reportagem:

    Eles trazem mais algumas comparações de preços entre o Brasil e a Apple Store americana. Mantivemos todos os preços em dólares para dar uma noção maior da discrepância:

    É bom lembrar que no dia primeiro de abril foi noticiado um
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , como MacBooks e iPods nas lojas de São Paulo. E não, não era uma piadinha. O percentual de aumento variou entre 10,42% (MacBook pro 13’ 2,5 GHz) e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . A explicação para os novos preços foi o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do estado de São Paulo.

    Já estamos cansados de saber que a carga tributária do Brasil é uma das mais pesadas do mundo e que os produtos da Apple não são conhecidos pelo preço baixo, mas ainda assim não dá pra não se espantar quando as coisas ultrapassam as raias do absurdo.

    Fonte
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Via
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Lucas Ferraz

    Lucas Ferraz Usuário

    E tem amigos meus que vão correndo trocar seus iPhones anualmente no dia do lançamento.
    Tsc tsc.
     
  3. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Os produtos da Apple são caros em todos os lugares do mundo, agora é verdade que no Brasil é exagerado.
     
  4. Grimnir

    Grimnir Usuário

    No artigo da Business Insider também é dito que:

    Se as pessoas estão aceitando pagar, então não tem nada de errado, né? Rico é quem compra esse tipo de produto no Brasil. Para o resto, vale mais a pena viajar e comprar.
     
    Última edição: 19 Abr 2014
  5. Lucas Ferraz

    Lucas Ferraz Usuário

    Que acaba saindo caro do mesmo jeito.
    Fato é que brasileiro adora pagar mais do que devia por uma logotipo de maçãzinha, jacarezinho, por marcas como molesquine e afins. Realmente há uma cultura de exibicionismo ao se comprar essas coisas. Pessoas tem orgulho disso. Ai quem vende joga o preço lá em cima, e não há nenhuma política de proteção ao consumidor em relação a porcentagem de lucro do lojista porque quem compra marca ao invés de produto não acha ruim pagar caro.
    Eu acho isso tudo bizarro.
     
  6. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Whaaaaaa'? Proteger o consumidor? Restringir o lucro do lojista? Alguém está sendo obrigado a comprar a camisa do jacaré ou o celular da maçã? Proteger o consumidor dele mesmo é o que não faz sentido e é bizarro.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Lucas Ferraz

    Lucas Ferraz Usuário

    Grimnir, devo adimitir que meu comentário foi leviano e minha opinião sobre assunto não é bem formada.
    Mas é que me parece muito distorcido um lojista ter, falando hipoteticamente, 200% de lucro em cima de qualquer produto que seja.
    O discurso de "se tem quem compre, tá tudo certo", também me parece por demais conformista.
    O que poderia ser feito a respeito, se é que alguma ação se aplica, realmente não considerei com o devido cuidado que o assunto requer, mas persiste o fato de que por mais que eu quisesse um iPhone 5 (que não é o caso) não compraria devido ao preço, que é sim abusivo.
     
    Última edição: 19 Abr 2014

Compartilhar