1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Preconceitos/Implicâncias musicais

Tópico em 'Música' iniciado por Raphael_Dias, 16 Ago 2012.

  1. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Este tópico já existe para livros, não sei se existe para filmes e, pelo que eu vi, não existe para música, mesmo isso já tendo sido discutido em uma série de tópicos.
    Independentemente de quão eclético seja um sujeito, todos têm aquele gênero específico que é difícil de engolir, aquele músico que dá medo de ouvir, aquele álbum que dizem ser uma bosta. Esse é o tópico para expor tudo isso.
    Já mencionei algumas das minhas implicâncias sonoras aqui, que não são poucas, mas nunca parei para listar cada uma delas e pensar se são coerentes, até agora:

    - Música eletrônica: essa é a principal. Não só essas que se escutam em qualquer rádio de gosto duvidoso e que mais parecem barulho de contrução em um cenário futurista e surreal, mas também baterias eletrônicas, sintetizadores e qualquer item utilizado por um DJ. Sei que tem muita coisa boa nesse gênero, ou pelo menos bem feita, sei até que a origem do gênero mora em algum lugar da música erudita com Varese, mas não consigo ouvir nada muito digital sem reclamar.

    - Músicos que querem modernizar o jazz/música clássica: esse é um ódio profundo. Como eu odeio Kenny G, Richard Clayderman, aquele violinista chato pra caralho que está em todo lugar agora, qualquer filho da puta que bota uma peça clássica ou um jazz misturado com uma batida pop ou um ritmo mais alegrinho pra agradar o povão e vender discos.

    - Década de 80: sei que alguma coisa boa foi produzida nessa época, mas muito coisa boa foi produzida hoje também, o problema era o que recebia atenção. Wham, A-ha, Poison (boneca inflável), Mötley Crue (boneca inflável), Scorpions (era tão boa a era Uli J. Roth), Genesis (Phil Collins seu filho da puta), Yes (Owner of a Lonely Heart me dá pesadelos, imaginar que Close to the Edge é deles), enfim, essa década de 80 deveria ser apagada da história, não só criou uma série de bandas malditas, como estuprou inúmeros clássicos que foram atrás do dinheiro.

    - Heavy Metal: criarei ainda mais inimigos por isso, mas simplesmente não consigo mais aturar esse gênero. Ouvi bastante na minha adolescência até eu reparar que Iron Maiden só produziu uma música que nem era tão boa e repetiu umas 500 vezes, mudando a letra de vez em quando. O mesmo vale para uma série de outras bandas, incluindo algumas clássicas. Eu sei, existem vários subgêneros, mas todas as bandas de um determinado subgênero são exatamente iguais.

    Tem mais, eu acho, mas não me lembro e acho que já me estendi muito. Quero deixar um pouco para os outros integrantes do fórum darem sua opinião.
     
  2. Calib

    Calib Visitante

    Não vejo nenhuma vantagem em apagar a década de 80.
    Tudo o que foi produzido de ruim eu posso não ouvir, se eu não quiser.
    Mas eu não poderia ouvir o que eu mais gosto, mesmo querendo muito: Guns N' Roses e The Smiths.
     
  3. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Claro, a expressão apagar foi, obviamente, um exagero. Como eu disse no começo daquela mesma frase, "alguma coisa boa foi produzida na década de 80", logo ficaria claro que o apagar se refere apenas ao que não é bom. É claro também que, para tudo que não agrada a resposta é ignorar e é justamente isso que eu faço, inclusive com Guns N' Roses (na minha opinião, superestimado).

    O objetivo do tópico era só fazer uma troca de opiniões, você mesmo poderia citar algumas de suas implicâncias, como todo o tópico nesse estilo faz. O objetivo aqui não é criar regras de gosto, nem tentar voltar no tempo e queimar todos os discos do Manowar (isso seria ridículo).
     
  4. Calib

    Calib Visitante

    Eu sei, eu sei...
    Só não estava com tempo de listar minhas implicâncias.

    E se você falar mal de Manowar, te furo um olho.
    :rofl:
     
  5. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Tópico interessante!

    É complicado eu dar algum pitaco sobre esse assunto, pois eu curto todos os gêneros numa boa e sem preconceitos.

    Algo que poderia ser considerado uma implicância, é o fato deu não gostar muito de bandas covers, isso conta? Sei lá, não me desce.
     
  6. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Eu adoro rock dos anos 50 e 60, mas não suporto Beach Boys. :eca:

    Não gosto da banda Legião Urbana, o Renato Russo me dá nos nervos.

    E nunca tive muita paciência pra ouvir Capital Inicial por causa daquela mania tonta do Dinho Ouro Preto de preencher os espaços entre os refrões com "ôôuôôôôôôôôôuôôuuôu...".

    João Bosco é um dos artistas mais talentosos do mundo da música, "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    " "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    " e "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    " são geniais, mas...
    "Brinquedo de Papel Machê" é um pé no saco! :gira:
     
  7. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Eu tenho muito preconceito com essas bandas mais recentes brasileiras(como a Clara falou, Capital inicial etc.). Na verdade não só essas mais recentes, como tbm com música brazuca no geral :rolleyes: (só Chico Buarque e Elis Regina que ouvi um pouco e gostei...). Eu acho que não gosto muito do português cantado, sei lá... Tenho tendência a gostar de artistas de lingua estrangeira, mesmo que eu já conheça um pouco, como o inglês... aliás, acho que gosto mais mesmo de artistas que cantam nessa lingua... Além do mais, não sei se muita gente é assim, mas não ligo tannnnnto pra letra, ouço música mais pela música em si, pelo trabalho das melodias(tanto dos instrumentos quanto da voz) etc...

    Tenho um extremo preconceito quanto à Pop... a não ser que, além do estilo principal do artista, esteja o pop como algo alternativo ao estilo, como pop/rock, não me apetece ouvir... Como a Janelle Monáe, que estou ouvindo agora: ela é praticamente R&B, mas mistura um pouco de pop em algumas musicas(na verdade o seu primeiro álbum, The Archandroid, é uma mistureba danada - em uma das músicas até mesmo termina com um trecho de Clair de lune, de Debussy :D). E estou gostando muito dela.


    E vou confessar uma coisa(ué, Gabriel, virou confessionário isso agora, é :dente:?): Eu tenho uma coisa com crítica :vergonha: tipo, eu sempre confiro notas e resenhas da crítica antes de começar a ouvir tal músico, vejo qual o "melhor" álbum etc. E isso não só com música - com filmes tbm... Apenas alguns artistas que eu já ouço desde antes de fuxicar tudo pela internet, como Regina Spektor(:amor:), estão além de qualquer julgamento alheio para mim - ou outros músicos que já conheço por muito tempo...

    Tenho preconceito sério(quer dizer, é mais coisa de gosto do que preconceito) com bandas pop/rock dos anos 80... The smith, Joy Divinson(que tentei ouvir pra ver se é diferente das bandas dessa época) etc... Não gosto do jeito que compunham, realmente não sei explicar: não gosto... as coisas não parecem muito "diretas", wathever...

    E eu tenho muito mais coisas pra listar, mas agora nem tudo me vem à memória... No geral, gosto de vários estilos... antigamnete tinha preconceito com rock. Agora já até gosto de metal :D (se bem que até hj não ouvi umabanda de metal das antigas... tenho preconceito :dente: acho que deve ser "ruim" - leia, não do meu gosto - como o pop/rock dos 80...

    E pra não ser cri cri d+, digo o que mais gosto na música atual(penso que já falei isso por aqui): Aprecio muito música em que os artistas constantemente estão a experimentar o seu som - e nisso, acho que me coração está muito voltado ao Indie, estilo que amo de paixão(pois acho que são os mais experimentalistas - agora, por exemplo, estou me apaixonando pela banda Dirty Projectors, nossa! Bitte Orca é bom demais!)

    Putz escrevi d+... lemrando eu volto aqui o/

    Edit:
    O Andre Rieu? Tbm não sou chegado à ele... seu repertório consiste praticamente de músicas já mt conhecidas e bem alegrinhas, pra animar a platéia... em música clássica gosto de peças bastante densas, às vezes sombrias... mas nem sempre: de vez em quando ouço Strauss, ou outros compositores assim...
     
  8. Calib

    Calib Visitante

    Falou mal de Smiths...

    Morra.

    Afogado.

    No próprio vômito.




    :puke:




    E que me importa que o cabelo do Rieu seja ridículo; eu quero ouvir música bonita:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  9. Calib

    Calib Visitante

    Tá, mas minhas implicâncias (algumas):

    - Odeio Chico Buarque;
    - Não gosto de nenhum estilo "tipicamente" brasileiro, como samba, frevo, sertanejo, gauchesco, etc. nem nada que force demais uma "cor local";
    - Odeio Beatles;
    - Odeio "compositores" que querem "causar" com coisas tipo "4:33" (John Cage) e "Poème Symphonique For 100 Metronomes" (György Ligeti);
    - Madonna só era legal no início da carreira (e Cyndi Lauper > Madonna);
    - Odeio quando tocam "O que é, o que é" em formaturas; o mesmo vale para "We are the champions" e outras que acabam virando um clichê escroto que me faz pegar nojo das músicas que não têm culpa de nada; odeio quando as pessoas se formam com uma música da modinha que não significa nada para elas e significará ainda menos depois de uns anos;
    - Odeio 99,9% de tudo que passa ou passava na MTV (faz anos que não vejo);
    - Odeio canais e programas de músicas porque em 99,9% das vezes não tocam nada bom;
    - Odeio ouvir rádio: quando finalmente encontro algo bom, está acabando; e o que vem a seguir é ruim, e começa tudo de novo o troca-troca... Não ouço mais rádio há anos.
     
  10. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Tá bom, não falarei sobre "Guerra dos Manos", suas sungas másculas medievais e músculos besuntados em óleo.

    Conta, também não vou com a cara de bandas cover. Até entendo que bandas novas precisam fazer covers para tocar ao vivo, mas viver disso e imitar uma determinada banda, pra mim já é demais.

    Esse mesmo...

    Também não aguento Legião Urbana e Capital Inicial.

    - Fase "rock anos 50 pra pegar menininha", fase "tomei lsd, tô bem loco", ou ambas? Eu gosto da fase lsd, mas tudo que veio antes é intragável.
    - Também odeio isso. Por isso minha sala tocou We Won't Get Fooled Again (The Who) na minha formatura do ensino médio.
     
  11. Calib

    Calib Visitante

    Ora, eu odeio os Beatles, ponto.
    Deixo a divisão de sua obra em fases para quem se preocupa com eles.
     
  12. G.

    G. Ai, que preguiça!

    1) Vc já sabia que eu não gostava dos smiths :dente:

    2) Tbm não gosto dessas músicas de modinhas nem mtv(se bem que dá pra ver a programação e achar algo bom, vez ou outra) nem rádio - só ouvia quando criança ^^

    3) Falou mal do Ligeti!
    Por favor, ache um bom e bem fundo precipíco e dê um passo largo, sim?

    :rofl: de brinks, ok? E eu tbm já sabia que vc não gostava dele, hehe
     
  13. Spartaco

    Spartaco James West

    Como disse muitas vezes em outros tópicos, acho um pouco difícl rotular implicâncias musicais por gênero, pois para mim o que existe é música de boa ou de má qualidade. No entanto, é lógico que também tenho alguma ojeriza por certas músicas, como o funk e o pseudosertanejo, ou intérpretes, como o já mencionado André Rieu, pois não suporto quem tenta popularizar a música erudita, já que esta é um tipo de música complexa que qualquer alteração já causa uma mudança no que o compositor escreveu (e isso eu simplesmente detesto).

    Calib, não sabia desse seu ódio, mas, como um bom beatlemaníaco, eu digo: ninguem é perfeito.
     
  14. Ligéia

    Ligéia Odi et amo

    Não gosto de rap, axé, forró, sertanejo, etc. mas isso nem chega a ser implicância. Eu não me incomodo com o que as pessoas ouvem ou com o que toca no rádio.
    Eu só me incomodo com o péssimo hábito de ouvir música no celular sem os fones de ouvido. E isso mesmo se eu gostar do que estiver tocando...

    Gosto muito de Metal, mesmo. Ihsahn, My Dying Bride, Peccatum, Alcest, Dimmu Borgir...
    Minha preferência é por bandas com som mais atmosférico, apesar de ouvir uma ou outra coisa diferente. Justamente por esse motivo que não me sinto atraída para o Death Metal ou Grindcore, mas aí eu vale o que eu disse antes sobre só me incomodar se alguém escutar no celular sem os fones.
     
  15. Felipe Sanches

    Felipe Sanches Usuário

    Pensei que só eu tivesse uma certa raiva por anos 80 e simplesmente não conseguisse gostar de heavy metal.

    Tenho implicância com:
    1-Nirvana (acho lento, arrastado, chato, uma-nota-só)
    2-Legião Urbana (superestimado)
    3-Foo Fighters (tenho meio que raiva do sucesso que faz, não sei explicar direito)
    4-Slipknot (uma palavra:fãs)
    5-Raul Seixas (podia escrever um texto sobre isso mas tudo se resume em: músicas ruins)

    E acho que é só isso. Eu tinha preconceito com Björk também porque achava muito ruim e que todo mundo que gostava só queria parecer inteligente, mas depois de assistir Dancer in the dark baixei o Vespertine e olha gente, preconceito não é uma coisa boa.
     
  16. Clara

    Clara O^O Usuário Premium


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Faço minhas, suas palavras:
    ||
    ||
    ||
    ||
    ||
    ||
    \/

    E mais: que sua alma apodreça no mármore do inferno.
    Herege!!!

    :ameaça:
     
    • LOL LOL x 1
  17. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Nossa, Janelle Monáe é ótima! :sim:


    O que é isso? :maizem:
     
  18. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Não é?


    E pra vc ficar tranquila, agora que estou começando a ouvir os beatles(uns dias atrás peguei Abbey Road) e estou gostando à beça :sim:
     
  19. Liv

    Liv Visitante

    Tive uma dúzia de calafrios com esse tópico. Só falta aparecer alguém que não gosta de Elvis Presley. Aí eu morro de desgosto ><'
     
  20. Calib

    Calib Visitante

    Ai, nem vou dizer então. Procê continuar vivinha.
     

Compartilhar