1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Preconceito contra O Hobbit

Tópico em 'O Hobbit - os Filmes' iniciado por Esgaroth, 29 Jun 2015.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Houve uma expectativa enorme em cima desses filmes pra que fossem do mesmo nível e peso de SDA. Infelizmente não deu, pois é uma obra com nível de dificuldade maior de adaptação. Quem sabe daqui algum tempo tenhamos uma refilmagem ou uma série com uma visão mais profunda e realista.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Keltos

    Keltos Flautista Verde

    Sei lá, acho que dava para adaptar de forma mais tranquila se

    a) não tentassem transformar O Hobbit em um novo Senhor dos anéis

    b) se o Peter Jackson não estivesse mais interessado em assistir a copa do mundo de rugby de 2011 ( e quem poderia culpá-lo?)

    c) se a galera respeitasse os profissionais de cinema da Nova Zelândia

    e

    d) se não resolvessem editar a batalha dos cinco exércitos da maneira mais bizarra do mundo como fizeram.


    Apesar disso tudo eu devo reconhecer que eu REALMENTE gosto do primeiro filme da trilogia Hobbit e que adoro a atuação do Martin Freeman como Bilbo. Acredito que ele leva grande parte do filme nas costas com seu Bilbo emblemático.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Isso é verdade!
     
  4. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Os três filmes de O Hobbit estão entre os piores que já assisti na minha vida inteira. Claro que a decepção, por toda a expectativa que criei, conta bastante para esse sentimento. Mas jamais tive vontade de ver qualquer dos três pela segunda vez.

    E é curioso que a cena que tanta gente mais detestou foi um das poucas que eu realmente gostei: a dos barris. Nada a ver com o livro, mas pelo menos dei boas risadas.
     
  5. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Molto deludente. Eu achava que seria melhor, mas como o Fúria disse ali em cima, quem sabe um dia alguém não faça uma refilmagem (só que dessa vez bem feita).
     
  6. Nírasolmo

    Nírasolmo Usuário

    Eu ainda não assisti a Desolação de Smaug, mas a trilogia cai uma barbaridade em termos técnicos se comparadas com os longas dos anos 2000. A maquiagem dos anões, e.g., ficou horrível, em contraste com o belíssimo trabalho realizado em Lord of The Rings, como na maquiagem dos orcs e uruk-hai.

    Uma Jornada Inesperada é um filme razoável, com grande fidedignidade em relação ao livro, com elementos que unem a primeira história à segunda. O uso de CGI (o que notar-se-ia no restante da saga) não logrou efeito desejado. Tem cenas memoráveis, mas não perfeitas.

    Battle of The Five Armies está dentre um dos piores longas que já assisti; o ritmo, arrastado; o roteiro, deturpado; a realização, não logrou efeito desejado.

    Enfim, Peter Jackson estava nervouso ou sei lá na hora de dirigir os filmes (o Del Toro traria um clima mais soturno aos longas, que colocaria em descompasso as duas trilogias). Nem a fotografia (que provavelmente foi manchada pelo uso de cenários, diferente de LOTR, com largo uso de cenários naturais, como na cena dos Lighting Beacons em Return of The King), nem a trilha do Howard Shore, muito menos os efeitos visuais (creditados até na época como inovadores) os tornam memoráveis.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Carnillë

    Carnillë Edain

     
  8. focr_br

    focr_br Usuário

    Acho que eles poderiam ter feito muito mais dinheiro fazendo dois filmes de menor duração com uma pegada mais infantil (igual o primeiro que realmente saiu) e depois terem pegado folego com os fãs para fazerem adaptações de outras obras do Tolkien, do que fizeram dessa maneira. Claro que não estive na produção para ver os números que eles levantaram. Outra coisa: Investiram dinheiro a mais para fazer em 3D também, na época já era inútil, imagina hoje.

    Fora isso a Tauriel e o Azog é o que mais me incomoda, apesar do clima tenso e dramático que afasta a visão dos filmes da visão que tive quando lia o Hobbit não ser bom também.

    Vamos esperar a série da Amazon agora, por mais que seja uma criação do zero eu acho que eles vão conseguir criar algo mais no espirito do Senhor dos Anéis e menos no o Hobbit, por isso estou animado.
     
    Última edição: 1 Nov 2018

Compartilhar