1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI

Preconceito contra O Hobbit

Tópico em 'O Hobbit - os Filmes' iniciado por Esgaroth, 29 Jun 2015.

  1. Esgaroth

    Esgaroth Porque fazer 1 filme? FAÇA 3

    Olá a todos, meu nome é Esgaroth e eu amo a trilogia O Hobbit. Foda-se.

    É algo verdadeiro sim, o preconceito contra esta adorável trilogia! Eu mesmo já vi pessoas falando idiotices como "Os filmes do Hobbit são de se assistir só uma vez na vida" ou "Já assisti todos os filmes, e detestei todos."

    Gostaria de saber o que passa na cabeça dessa gente que diz isso. Como algum filho de Illuvatar tem a coragem de falar mal desta trilogia?


    Mas, pensei comigo e acho que existem algumas razões para falar mal da Trilogia:

    -Um livro em três partes
    -Azog
    -Tauriel
    -Legolas
    -Anões gostosos
    -Romance de anão e elfa
    -Radagast
    -Alfrid


    Acredito que as pessoas sejam idiotas ao dizer isso. Sim, IDIOTAS.

    Por que um livro em três partes? Bem, MONEY. Não posso dizer muita coisa a mais.

    Azog morreu. Sim, e daí? A trilogia precisava de um vilão central, não apenas o Bolg. E era preciso alguém para correr atrás da Companhia, assim haveria tensão!

    Acho que a única coisa que destrói a personagem Tauriel é seu amor com Kili, o anão gatinho. Não tenho muito para falar sobre isso, também não gosto desse relacionamente. Pelo menos o PJ tentou desenvolver os personagens assim....

    Legolas foi um erro.

    Ah, e os anões gostosos são um caso aparte. Existem muitas coisas para se falar sobre eles. As pessoas ficaram zangadas quando viram Thorin, Fili e Kili pela primeira vez. "Isso não parece um anão!"

    Não, não parece. Mas existem motivos para isso.

    1 - Conforme Richard Armitage disse em uma entrevista, a explicação para a falta de barba de Thorin é que durante o ataque de Smaug a Erebor, Thorin acabou queimando sua barba. Depois disso ele resolveu deixá-la rala, como que para lembrar do terror que Smaug infligira ao seu povo. Seus sobrinhos Fili e Kili também seguiram o estilo.

    2- Uma grande barba para Thorin iria "atrapalhá-lo" nas cenas de ação.

    3 - Imagine um velhinho comandando a Companhia! Seria meio "ridículo" isso. Um jovem Thorin teria um rosto bem mais heróico e seria um verdadeiro líder para os anões.

    4 - Ou talvez Thorins seja "meio-anão". Hahahahahha



    Radagast não foi de forma alguma irritante. Ele apareceu em todos os três filmes, em cenas curtas e satisfatória. Você aí foi o único que não gostou deste simpático mago marrrom!

    Qual seu problema com Alfrid? Eu amo ele! Anular o funeral de Thorin e colocar mais Alfrid no lugar não tem nada a ver, são coisas diferentes. Alfrid torna o filme ridículo? E Gimli soprando a mão de um fantasma? É ridículo também, e bem chato.



    A Trilogia O Hobbit é muito dramatica e divertida. Temos bons personagens, localizações fantásticas e uma história tensa e emocionante. Além da trilha sonora, que é incrível.

    Mas por que eu digo essas coisas? Por que eu assiti cada filme umas 700 vezes, diferente de muitos por aí que só viram cada um uma vez.


    É uma merda mesmo, né?










    Obrigado por ler.


    Esgaroth
     
    • Péssimo Péssimo x 1
  2. Só uma pergunta: Vc começou a ver O senhor dos anéis antes ou depois da trilogia de O Hobbit? E a propósito, eu também curti O Hobbit, afinal foram os únicos (que não sejam os último, por Eru!) filmes da TM que vi nas telonas.
     
  3. Esgaroth

    Esgaroth Porque fazer 1 filme? FAÇA 3

    Oh, graças a Illuvatar! Finalmente encontrei um filho de Eru que gostasse dos filmes!

    Bem, eu vi O Senhor dos Anéis beeeem antes de O Hobbit!
     
    • LOL LOL x 1
  4. LuizWsp

    LuizWsp A torch in the dark In Memorian

    Eu gostei dos filmes, só não gostei tanto quanto gostei dos filmes do Senhor dos Anéis.

    Os filmes SdA pra mim são top 5 na história do cinema. Já os filmes do Hobbit são no máximo "legais". Por exemplo, assisti SdA no mínimo 10 vezes, mas Hobbit assisti só 2 cada e não pretendo ver mais.

    O que eu não gostei também foram as cenas de ação que pra mim foram muito infantis. Muito "engraçadinhas", sem nenhum realismo ou tensão. Só umas CG esquisitas e umas acrobacias sem sentido.

    Azog eu até gostei.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 1
  5. Esgaroth

    Esgaroth Porque fazer 1 filme? FAÇA 3

    Bem, você deve estar falando daquelas cenas de ação onde o Legolas aparece pulando de pedra em pedra. É por isso que eu disse que o Legolas é um erro, ele não deveria estar nestes filmes!
     
  6. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Po.
    Top5 da história do cinema.....?
     
    • LOL LOL x 3
  7. LuizWsp

    LuizWsp A torch in the dark In Memorian

    Pra você não?

    Tem essa, mas aquela dos barris é bem pior
     
  8. MrBeto

    MrBeto Usuário

    Indiscutivelmente ficou inferior ao Senhor dos Anéis, mas temos que levar em consideração o estilo dos livres que eram diferentes e "voltados" para públicos diferentes, mesmo assim eu gosto BASTANTE dos filmes do Hobbit, são muito bem feitos (com exceções umas cenas de ação), eu chego até a gostar da Tauriel. O único anão que achei meio fora do contexto de anões da TM foi o Kili. Peter Jackson fez um bom trabalho novamente mas tenho que discordar de vc sobre o Alfrid, achei muito chato, foi tipo o humor forçado que acabou estragando Era de Ultron (na minha opinião, pelo menos), principalmente no último filme onde muita coisa poderia ser mostrada.

    Sobre o TOP 5: Concordo. Principal Retorno do Rei, uma obra prima.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Top100 do cinema hollywoodiano e olhe lá.
    Não quer dizer que não sejam excelentes filmes.
     
  10. MrBeto

    MrBeto Usuário

    Senhor dos Anéis?
     
  11. Gandin

    Gandin Usuário

    Acho que vou concordar com você em um futuro próximo. Então deixo aqui um comentário, para posterior edit.
     
  12. Sir Jonerys

    Sir Jonerys Prefiria ver o filme do Pelégolas

    Se eu tivesse que fazer o top 100 dos melhores filmes, colocaria as duas trilogias entre os 10. O Hobbit eu colocaria acima de O Senhor dos Aneis #minhaopinião.
    Quanto aos aspectos que desagradaram:

    -Um livro em três partes. Sinceramente? Não me importo :think:

    -Azog. É SÉRIO QUE REALMARAM DO AZOG?

    -Tauriel. Achei legal ter uma personagem feminina no filme:clap: Só acho que ela deveria ser mais "forte"(não ser 'a garotinha indefesa que se apaixona pelo gostosão do Kili') afinal ela é uma Elfa, e uma poderosa guerreira

    -Legolas. Bom, ele é filho de Thranduil; não vejo muito mal em ele aparecer. Nem mesmo no foco que é usado nele.

    -Anões gostosos. Bom. Er... A galera já tava meio acostumada ao clima tenso de OSdA. Eu concordo plenamente em tornar os Anões, como você disse,"gostosos". Eu lembro que quando soube que iam fazer o filme do Hobbit, logo imaginei as barbas
    extravagantes dos Anões. Achei que ia dar merda

    -Romance de anão e elfa. Essa eu também critico. Aprovei muito (tipo, bastante mesmo) essa idéia. Porém olha só como isso se deu: a Tauriel olha pro Kili, o Kili olha pra Tauriel, os dois conversam, depois ela salva o Kili e então os dois decidem que se amam. NÃO FAZ SENTIDO. MESMO O KILI SENDO UM PEDAÇO DE MAL CAMINHO!

    -Radagast. Adoro os Istari. Radagast não é excessão.

    -Alfrid. Não tinha muito humor nele :|
    Era um personagem cômico, mas tem diferença entre ser "cômico" e ser realmente engraçado. Mas, como no caso do Legolas e da Tauriel, não vejo problema algum em adicionar personagens em adaptações
     
  13. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Não é preconceito, de forma alguma. A crítica não é sinônimo de preconceito.

    Eu, pessoalmente achei a trilogia muito fraca, se comparada ao Senhor dos Anéis.

    O SDA no meu entender teve cenas que também não gostei, mas as forçadas de barra foram menores.

    O Hobbit foi bom? Sim foi bom, mas só isso.

    Vale lembrar que o livro Hobbit, por si só é muito melhor que os filmes...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Por mais que eu goste de Tolkien, o livro é bom para crianças e só. Acho muito difícil de acreditar que algum adulto que leia o livro ache que a história é bem desenvolvida. Apesar de toda a choradeira de quem queria ver um filme 100% fiel ao livro, eu acho que PJ perdeu uma ótima chance de melhorar a história original, adicionando mais drama e profundidade e sentido.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  15. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Eu nem falo muito da adaptação. O filme por si só, é ruim. Diferentemente do Senhor dos Anéis, que eu acho filmes muito bons.

    E, desculpa, alguém falar "Assisti e detestei" não é preconceito. Preconceito é detestar sem assistir.
     
    • Gostei! Gostei! x 6
    • Ótimo Ótimo x 1
  16. Grahan

    Grahan Sim, eu me divérto

    Ora, mas se o próprio PJ disse que não sabia o que tava fazendo, como a gente pode avaliar o filme sem qualquer tipo de receio? E nem tô falando da adaptação, não. Avalio como filme mesmo! Como já foi dito, perdeu-se uma magnífica oportunidade de dar mais profundidade à história. Algumas coisas não explicadas em O Senhor dos Anéis (como as águias, do porquê elas não se intrometerem mais na história) poderiam ser retratadas n'O Hobbit e não foram, só para dar um exemplo. Isso deixa o filme frágil.

    Se eu for falar de tudo aqui me estenderia demais. Só que é preciso reconhecer que o Bilbo, personagem-título, vai perdendo importância na história conforme ela vai avançando por causa das escolhas do roteiro. E fora 3 ou 4 anões, eu particularmente não consegui diferenciar nem relacionar o nome a cada um deles. Então qualquer coisa que acontecesse, talvez com exceção ao Kili, Thorin e ao Balin, que tiveram mais destaque, eu não iria sentir: seja pesar por uma situação triste, seja felicidade por algo bom que acontecesse a eles.

    E olha que tempo de tela pra resolver tudo isso eles tinham!
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  17. Taefel

    Taefel Hobbit grande

    Na época do lançamento do último filme da trilogia, fiz a seguinte análise dividida em duas partes (uma pros acertos e outra pros erros) no tópico "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (2014) e basicamente minha opinião continua a mesma.

    --- Mensagem Dupla Unificada, 21 Dez 2016, Data da Mensagem Original: 21 Dez 2016 ---
    Segue segunda parte. A parte dos Erros:

     
    • Ótimo Ótimo x 3
  18. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    É que a nossa expectativa foi muito alta. Os filmes d'O Senhor dos Anéis são uma obra prima. Filmes perfeitos com pouquíssimas falhas.

    - O Hobbit é mais difícil de adaptar também porque é um livro infantil. Então PJ é forçado a responder algumas perguntas que invariavelmente vai desagradar algum tipo de fã, exemplo: as aranhas devem falar ou não?

    - Outro problema: como mostrar elfos bêbados? como transformar os elfos em vilões? Porque em O Hobbit (livro) eles atuam como vilões, mas em O Senhor dos Anéis eles são o que existe de mais puro no mundo. Então, é um problema e não é dos mais fáceis de se resolver.

    - Outras coisas que não gostei: armas pouco práticas, muito fantasiosas, não parecia que algum exército no mundo real usaria porretes como aqueles. Já em O Senhor dos Anéis (filmes) as armas de qualquer exército convence.

    - Também achei muitas cenas de ação parecendo cenas de video-game. Muita correria, muito cgi, e pouca ligação dos personagens com os telespectadores. Quando Boromir ou Gandalf morre em O Senhor dos Anéis a gente chora. É muito triste e nós já desenvolvemos uma empatia com os personagens. Já O Hobbit (filmes) pecam bastante nesse quesito, como já foi dito mais acima. Tem muitos anões que em 3 filmes não falaram nada ou quase nada, nem sabemos seus nomes. Não cria empatia.

    - Separar os anões foi gravíssimo a meu ver. Anões são muito parceiros, muito unidos, não acho que nada os separariam. Não sei porque PJ fez isso. Só seria justicado algo assim a meu ver se os anões que ficaram na cidade tivessem ajudado a matar o Smaug.

    - Outra mudança que eu faria, se eu fosse o PJ: Smaug mataria um dos anões, ao invés de orcs anônimos. Smaug é o maior vilão da história e ficou sendo muito enganado. Uma correria tipo Scooby-Doo. Para quê? Se ele tivesse matado um dos anões nós o respeitaríamos muito mais como vilão e realmente temeríamos pelos outros anões. Quando o telespectador sente que seus heróis são imunes a morte qualquer ação fica entediante.

    - Beorn apareceu tão pouco. Um personagem tão interessante. Tão amado. Porque quase não desenvolver um personagem como esse que está nos livros e ficar gastando tempo de tela com Alfrid que não está?

    - Funeral de Thorin. Tinha que ter, não tem perdão para isso. A resolução da Pedra Arken. O filme falou tanto dela e no final não deu nenhum importância ao paradeiro da mesma.

    Agora, claro que teve acertos:

    - A sociedade dos anões em Erebor. Show demais. As anãs! Show demais.
    - A música deles no primeiro filme. Sensacional! Perfeito.
    - Bilbo e Gollum e o jogo das advinhas ficou bem legal.
    - Batalha de Azanulbizar ficou legal, eu me aprofundaria mais nela e depois no final dos filmes talvez colocasse um pouco de Balin tentando reconquistar Moria. Isso criaria uma ligação bacana com quem não leu os livros e depois foi assistir O Senhor dos Anéis e viu Moria como está.

    Agora o restante eu não gostei muito não.

    O que é uma pena porque eu adoro os anões e O Hobbit é o livro em que mais pode se explorar essa raça. Mas ainda tenho fé em re-filmagens. Quem sabe Del Toro um dia ainda faça? Eu acredito que ele faria um trabalho bacana mesmo.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  19. As mudanças no projeto inicial e a divisão em 3 filmes provavelmente foram as causas que melaram (infelizmente) a adaptação de O Hobbit. Peter Jackson apesar de ter deixado nas entrelinhas na época do SDA que um dia filmaria O Hobbit (o que leva a crer que ele provavelmente tinha um plano geral para a adaptação da obra) foi escolhido quando a coisa toda já estava andando e como ele mesmo admitiu não sabia o que estava fazendo. E depois, talvez em nome do $$$, dividiram em três filmes, quando o roteiro inicial era somente dois. Logo... O improviso reinou em muitas decisões de roteiro que foi o ponto baixo da trilogia.
    Meu lamento é que essa trilogia veio antes dos novos Star Wars: ali sim souberam respeitar o legado de uma obra épica e grandiosa, com fans services do ca@#$%$# e usando por exemplo os efeitos práticos em substituição aos exageros do CGI. Esse deveria ter sido o caminho para O Hobbit.
     
  20. Meowth

    Meowth Usuário

    Preciso criar coragem de assistir os últimos filmes.
    Desisti nos primeiros 30 minutos do segundo filme, vou esperar mais uns 2 anos esquecer bastante coisas do livro pra ver os filmes.
     

Compartilhar