1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Portões de Durin

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Artigos Valinor, 25 Jun 2005.

  1. Artigos Valinor

    Artigos Valinor Usuário

    O portão oeste de Moria / Khazad-dum. O exato momento em que as portas foram construídas é difícil dizer, mas o Anão Narvi as fez e Celebrimbor filho de Curufin fez a escrita em Ithilidin nelas, na cidade de Ost-in-edhil, em Eregion. O máximo que pode-se dizer é que foram feitas entre 750 [Segunda Era] quando Eregion foi fundada pelos Noldor e 1697 [Segunda Era] quando Celebrimbor foi morto e os Portões de Moria fechados. Os símbolos nos Portões mostram o emblema de Durin [um martelo e uma bigorna, com uma coroa e sete estrelas], as duas árvores dos Alto Elfos com folhas como luas crescentes e a Estrela da Casa de Fëanor ao centro, e no otpo um arco com texto, entre dois pilares.
    <P class=CorpoTexto>
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Nos Portões Celebrimbor escreveu: "Ennyn Durin Aran Moria. Pedo Mellon a Minno. Im Narvi hain echant. Celebrimbor o Eregion teithant. I thiw hin." [tradução: Os Portões de Durin, Senhor de Moria. Fale, amigo, e entre. Eu, Narvi, as fiz. Celebrimbor de Hollin desenhou estes símbolos]. </P>
    <P class=CorpoTexto>
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    O texto dos Portões foi escrito em Tengwar, não no original de Rúmil, mas no Tengwar de Fëanor. </P>
     

Compartilhar