1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Porta do Sol ~ Elias Khoury

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Artanis Léralondë, 11 Jan 2009.

  1. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Com esse conflito entre judeus e palestinos, começou a pipocar livros referente a esse mundo oriental.
    Estava lendo sobre esse livro : Porta do Sol ~ Elias Khoury
    e me chamou atenção ^^

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    "Uma obra-prima da literatura árabe contemporânea", definiu o escritor brasileiro Milton Hatoum. "Faz lembrar os grandes romances russos do século 19", apontou o professor de literatura da USP Maurício Santana Dias. Esses e muitos outros elogios --incluindo o prêmio de "livro do ano" concedido pelo jornal francês Le Monde Diplomatique e a definição de "trabalho de mestre" dada pelo New York Times-- consagraram o livro "Porta do Sol" (Record), romance do libanês Elias Khoury que joga luz sobre o fatos, mitos, rumores e histórias do povo palestino. Ao narrar a saga de Yunis, herói da resistência palestina, Elias Khoury oferece ao leitor uma visão arrebatadora e esclarecedora do "labirinto chamado Palestina". Baseado em fatos reais, o livro cobre o período que vai desde os movimentos nacionalistas de 1936 até o final do século 20. A extraordinária história de vida do combatente Yunes, dispersa em fragmentos que cobrem estas seis décadas de guerras e lutas, recuperam e sintetizam a saga do povo palestino.

    Ainda mais que, o escritor Milton Hatoum elogiou-o, deve ser interessante o livro.Incluindo que foi agreciado pelo jornal Le Monde, como o "livro do ano".
    Alguém já leu???
     

Compartilhar