1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Porque "Anéis"?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por wsnjr, 9 Abr 2008.

  1. wsnjr

    wsnjr Sir Auron

    Essa dúvida me veio agora que eu comecei a ler o Silma. Pelo que eu vi a história dos seis livros(Silmarilion, O Hobbit e a trilogia Senhor dos Anéis) praticamente gira em torno dos anéis do poder, ou pelo menos há a citação a eles em algum ponto da hsitória.

    Mas o que eu queria saber é porque Tolkien usou justamente anéis e não outro objeto (como braceletes ou espadas por exemplo) nas histórias, tipo foi somente uma questão de gosto pessoal do autor ou houve outro motivo?

    O pior é que eu vi uma discussão pareceida há muito tempo atrás, mas não consegui encontrar então estou criando esse tópico.
     
  2. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Porque era pra ser um objeto de muito poder que passasse desapercebido.
     
  3. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Exatamente o que o Menegroth disse.
    Poderia ser uma corrente, um talismã ou qualquer coisa pequena, mas eu acho que anel seria o mais apropriado.
     
  4. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    Bases em Mitologia Nórdica: Anel dos Nibelungos, era algo familiar, você não ve tantos talismãs e cordões mágicos quanto anéis... era conveniente.
     
  5. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Como o Menê e o Tarik disseram:

    Um objeto presente na mitologia venerada e estudada por Tolkien que fizesse a paridade, simplicidade x poder.
     
  6. Fagmar

    Fagmar Usuário

    Porque teve como base a mitologia nórdica (Anel dos Nibelungos)...
    Leia o livro "As melhores histórias da Mitologia Nórdica)...vc vai entender...
     
  7. Calenardhon

    Calenardhon Cavalariço de Rohan

    e agora, acrescentando um "quê" de besteirol, eh pq aneis saum fodz e saum bunitos^^e tu pod usa eles pra se casa e assim somar poder a amor^^aviso:se o anel que vc vai usar pra casar for o Um não tente isso em casa
     
  8. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    sempre considerei um referencia ao anel dos nibelungos, mas não sei se é por um motivo tão direto assim

    momento nostalgia epoca do forum preto, de milenios atras: "Porque geladeira no dedo fica esteticamente ruim."
     
  9. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Eu tenho algumas idéias.

    - é um objeto facil de se esconder
    - é um objeto que fica sempre em contato com o dono
    - é um objeto sem começo nem fim, por isso pode ser usado como símbolo de infinito ou de vida eterna
    - anéis de poder são usados em várias mitologias, desde a Nórdica até nas orientais, como nas mil e uma noites, por exemplo.
     
    Última edição: 9 Abr 2008
  10. yoko

    yoko Usuário

    Bom eu não sabia o porque, mais agora lendo os posts entendi, e vou procurar mais sobre o assunto!!
     
  11. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    Não é que hajam anéis diferentes em todos estes livros, ou que Tolkien usasse só os anéis. O caso é que tanto os anéis citados n'O Simarillion, n'O Hobbit e n'O Senhor dos Anéis dizem respeito a partes de uma mesma história. Durante a forja dos primeiros anéis de poder, nos quais Sauron ajudou, o objeto escolhido foram anéis, pelas qualidades já citadas pelo Menegroth, apartir daí, deduz-se também, que Sauron escolheu o Anél como objeto de poder para controlar os outros anéis pelo mesmo motivo, porque devia ser algo discreto.

    Sim, com certeza a lenda do Anél dos Nibelúngos influenciou de alguma forma na hora d escolher os anéis.
     
  12. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Já que vocês citaram tanto a mitologia nórdica, vocês recomendam alguma fonte sobre ela? Eu já procurei livros, mas sempre achei muito pouco material sobre o assunto.
     
  13. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    8-O... Google?...

    Não... To brincando... procure sobre óperas de Richard Wagner, você vai encontrar muita coisa sobre mitologia nórdica. Tente procurar também por Canção ou Épico dos Nibelungos. Mas o interessante é pesquisar sobre as óperas de Wagner mesmo, e a biblioteca publica da sua cidade também é uma ajuda.

    Já ouve um tópico sobre esse assunto aqui no fórum, é pequeno, mas ja é algo:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Outros links sobre o assunto:
    -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  14. Fimbrethil

    Fimbrethil Esse chato é um

    Tolkien tinha escrito o Hobbit, onde Bilbo achava um anel que o fazia invisível, depois escreveu SDA como uma continuação, onde de repente o Anel do Bilbo não era mais um anel simplesmente que fazia as pessoas desaparecerem, ele tinha muito poder. Aí ele escreveu aquele trecho no Silmarillion que fala dos Anéis de poder e da Terceira Era.
    É possível que ele tenha se inspirado no Anel dos Nibelungos, mas também é possível que na verdade tnha sido uma grande coincidência.

    podem tacar pedra, mas essa é a minha opinião:cool:
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  15. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Valeu Rogério.
    Vou dar uma olhadinha nas bibliotecas aqui, porque mesmo no Submarino nunca encontrei muita coisa sobre mitologia nórdica. Faz um bucado de tempo que eu não olho pra ver se tem alguma novidade, mas na época que eu ouvia muito Black Metal norueguês eu empolguei com isso, mas acabei desistindo rápido hehe
     
  16. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Não só por isso.
    A princípio a intenção não era criar armas, mas algum objeto mágico que pudesse "parar" o tempo, impedir o envelhecimento das coisas. Por isso um anel e não uma espada.

    Mas porque não um bracelete, um colar ou uma tiara/coroa?!
    Talvez pela influência da mitologia nórdica, como citaram. Mas o Anel de Nibelungos não era a fonte direta de Tolkien. Poderia estar em seu subconsciente, mas o anel como objeto principal não foi escolhido por essencialmente por esse motivo.

    Como já disseram, era um objeto prático, simples, fácil de carregar. Bastava colocar e esquecer. Pode-se tomar banho com ele, dormir com ele, nadar com ele, correr, lutar, bater uma bolinha, dar umazinha etc e tal!

    :rofl:
     
  17. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    It is your "opinião"... no rocks on you (at this moment :soevil:)

    Sem problemas... :cerva:
     
  18. Guilherme Thorikan

    Guilherme Thorikan Eu?? Eu não sou um

    Simplesmente, porque era um objeto de facil transporte, que passesse despercebido pela maioria das pessoas e criaturas e também muito comum.
    E tem também a relação com a mitolgia nórdica.

    Abraços
     
  19. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    ai eu quero ler muito esse livro, deve ser bem legal *_*
    antes os livros do vestiba.. dammit >.<

    Valeu Rogerio pelos links :joy:
    muito bom!
     
  20. Arkanthus

    Arkanthus Usuário


    Existe a explicação católica, nunca pensaram pq os anéis das pessoas que se casam se chamam alianças???

    Dentro da mentalidade cristã, quando vc se casa, vc assume uma aliança não só com a pessoa mas com Deus e perante Deus vocês dois se tornam um até espiritualmente. Ou seja, até suas almas se unem, daí também entra o porque de se casarem virgens... mas esse não é o ponto

    Um anél pode significar uma união mais do que física e sim a união das próprias almas, oque explicaria oque aconteceu com os nove reis.
     

Compartilhar