1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Porque a vergonha de assumir as origens? (Animes, Diablo/WoW, Super-Heróis)

Tópico em 'RPG' iniciado por Armitage, 30 Ago 2007.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Armitage

    Armitage Usuário

    Porque a dificuldade em assumir as fontes? (Animes, Diablo/WoW, Super-Heróis)

    O rpg nesses ultimos tempos continua bebendo das mesmas fontes que sempre bebeu - o Pop mainstream, a cultura Pop. E a cultura pop atual que influencia RPGs parece se apoiar nesse tripé - super-heróis, Anime e hack-slash eletrônico (Diablos, WoWs, etc.)

    Desde a 3º edição de D&D, quando vimos super poderes e habilidades na forma de talents, feats, etc. passando por jogos como BESM, Exalted, Weapons of the Gods, e até a super-heroização do World of Darkness, que também aderiu às super habilidades, parece que essa tendência vem cada vez mais se consolidando.

    Se D&D 3.0 estava mais pra X-Man que seus antecessores. D&D 4.0 ao que tudo indica, estará mais pra DragonballZ, Diablo e WoW, com mais super-heróis greater-than-life, ainda mais opções de super-poderes-golpes pirotécnicos, mais monstros para matar e loot pra conseguir, e mais "poses pra foto".

    O que me deixa curioso é que há o reconhecimento desses conceitos mas, apesar das conexões serem tão óbvias, sinto que os fãs têm dificuldade de admitir as fontes. Isso é verdade? Sim, Não? Porque? :think:
     
  2. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Eu até entendo oq vc quer dize, mas suas comparações não foram lá tão boas não.

    Poderia até falar que o NWOD é EMO, mas que ele ficou super-heroistico é sakanagem.

    E em relação a rpgs eletronicos, Diablo pode ser um RPG de ação onde vc passa a maior parte do tempo, se não tod, combatendo, mas ele até tem uma historia legal. Nunca achei Diablo ruim. Já o WOW nunca joguei, mas o Warcraft mesmo, tem uma historia interessante. Eu jogo mais pela historia doq por outra coisa.

    Em relação a D&D Super-Heroi-com-super-poderes não é por aí. Depende de cada mesa, de como é as habilidades especiais noc enário, etc. Sua comparação do D&D ao X-man não foi boa não... vamos pegar o "Dragonlanche" eo Forgotten por exemplo. Apesar doq algumas pessoas fazem nos cenário, não tem essa coisa de 7 em cada 10 pessoas tem poderes não. Do jeito que vc fala parece que tem um "super" em cada esquina, como na marvel.

    É melhor vc recoloar suas idéias melhor, se não vai ter gente aki "caindo" em cima de vc.


    E mesmo que D&D seja meio "video-gamizado", isso não é necessariamente ruim. Falam isso como se todos os jogos fossem apenas porrada sem sentido e como videio-game fosse algo infantil, oq tá bem longe da realidade.
     
  3. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    O clima do D&D sempre foi o mesmo. Sempre teve heróis fazendo pose nas capas. Sempre teve escalada de poderes, seja pelo avanço de nível, seja pelos kits do AD&D, seja por prestige classes. E sempre teve os super-heróis fodões.

    Armitage, senta quietinho ali no canto com todo o teu preconceito em relação ao D&D e larga mão de tentar ser flammer, ok?
     
  4. Armitage

    Armitage Usuário

    Ai, ai, os fanboys com sua síndrome de perseguição.

    Pessoal, essa tendência está presente em TODA A INDÚSTRIA de rpg atual, desde Exalted, Weapons of the Gods e até com Shadowrun (até meu bebê foi dragonballZizado da 3º edição pra cá!).

    E visitando esses forums, Enworld, RPGnet, Spell, Aqui, etc. parece que ha um reconhecimento e até satisfação geral com essa tendência, MAS não há o reconhecimento de que essa tendência vem dos Animes e WoWs. Isso que não entendo!

    Porque isso? É "mico" gostar de Animes?

    Sakanagem? E quanto às bloodlines e seus super-poderes? (controlar semáforos, trânsito, etc.) . O que isso tem a ver com a proposta original de "ser a besta" ? Nada Arcanjo. Vampire sucumbiu aos super-poderes, e já na edição revisada, ao ponto de criar aquele super-NPC lá, que era Vampiro, Lobisomem e Mago ao mesmo tempo!!!!! (qual era o nome dele mesmo? ).
     
  5. Elda King

    Elda King Senhor do passado e do futuro

    Eu não ia nem postar aqui... Isso tudo não faz o mínimo sentido. D&D sempre foi um jogo de heroísmo, porque o normal é as pessoas gostarem de jogar jogos nos quais você faz coisas diferentes, é alguém especial, com outras habilidades e limitações, que para nós podem ser mais ou menos fantásticas. Isso não é super-heroísmo, nem "cópia"/inspiração, é só um desenvolvimento paralelo, e muito mais antigo que isso. Qualquer criança gosta de brincar de faz-de-conta, que faz coisas impossíveis, desde tempos imemoriais. Agora todo mago é um super-herói só porque faz coisas absurdas, que ninguém mais faz? E será que os animes servem de inspiração para RPGs, ou será que é o contrário?
    Nós vivemos em um contexto, onde as pessoas agem de uma forma determinada, pensam de uma forma relacionada, consomem um tipo de produto. Uma mesma coisa pode surgir em vários processos criativos, sem ter que ser copiada. É claro que D&D se baseia em RPGs posteriores, inclusive de computador, mas isso é mais minoritário do que você parece pensar... Outras fontes muito mais importantes são as mitologias antigas, livros que os criadores leram (muitos dos quais nenhum de nós nunca nem ouviu falar), jogos de outros tipos, entre outras coisas.
     
  6. Samara

    Samara Usuário

    Não entendo pq tanta revolta contra o Armitage. Forum é pra essas coisas mesmo, para se discutir tópicos mesmo que a maioria ache absurdo. A discussão é para no fim se formar opniões mais maduras.
    Na verdade eu concordo em parte com Armitage, existe sim uma vcorrente nos rpgs em geral no caminho de superpoderes, algo como Dragonball. Na verdade eu sempre joguei storyteller mais que qualquer outro sistema e sou fã demais do Exalted(apesar de 15d10...25 raw damage!!), eu gosto de algo que lembre algo overpower. :cerva:
    Cabe a cada grupo definir suas preferencias, e se não mais de uma. Afinal jogar Exalted pode ser tão divertido quanto uma aventura histórica. Vale a união do grupo, o envolvimento.
    Experimentar é também crescer. Preconceito só leva ao retrocesso(escrevi certo? heheuiheuihe). Abraços a todos.
     
  7. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Os tres juntos nunca existiu. É impossivel. Um lobi+vamp sim, mas os 3 era proibido. E no NWOD continua proibido agora qualquer mistura entre eles.

    Cuidado com oq fala.

    Vc dizs que Vampiros ficaram supers como se fosse rui como se existisse um "Vampiro-aranha" ou "Super-Vampiro" ou até "Batvamp".... calma lá
     
  8. Elminster

    Elminster Usuário

    A abominação, que é uma mistura dos dois, mas que foi criada por causa de experimentos estranhos.
     
  9. rhodesbauer

    rhodesbauer Merilon Kemmotar

    EMO... Finalmente encontrei a palavra que estava procurando para definir esse novo WoD... Valeu.

    Bem, eu acho que cada jogo tem a sua proposta e no caso do Dungeons & Dragons sempre foi o de heróis contra o 'mal'...
    O que acontece é que não houve nenhuma intenção de humanizar esses heróis e eles evoluiram para os Super poderes mascarados que são algumas das magias dos magos, os milagres do Clero...
    Eu não vejo nada de errado nisso, independente da inspiração, pois quase todos fantasiamos em algum momento de nossas vidas como seria poder soltar uma fireball na fuça de algum infeliz qualquer...
    E como o D&D foi o precursor, muitos jogos surgiram com a mesma idéia, depois os adventos eletrônicos e assim por diante. Virou um círculo vicioso aonde o RPG influênciava o VideoGame, e a popularização do videogame passou a influênciar o RPG...
    Os animes entraram na mistura e temos o que temos hoje, em quase todos os jogos...

    Eu prefiro jogar Vampiro 2ª edição. Se quiser jogo de super herois eu busco o D&D em suas versões mais overpower ou GURPS SUper... Se quero herois mais humanizados eu busco o CODA (com as devidas correções).

    Mas é claro que no final das contas quem define isso tudo é o mestre porque se ele chega numa aventura de D&D, por exemplo, e diz que só são permitidos classes sem 'efeitos especiais', você vai ter um jogo sem qualquer 'super poder'... E o jogo permite isso facinho...
     
  10. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Bem, se jogasse GURPS não teriam esses problemas......

    Tá tá ...entendi.

    Pra mim estamos falando de coisas diferentes. o Universo D&D é, sempre foi e sempre será heróico/busca por poder/Montar o personagem perfeito. E não deixou de ser.
    Há suplementos que permitem que você possa utilizar de um....plus...a mais para suas personagens. E o que há de mal nisso? Simples, não gosta...não jogue.

    Sim, concordo que só sairam coisas relacionado a esse universo de megapoderes que nem todos gostam...mas é a tendência da moda. Sim amigo, RPG também segue a moda. quer que os caras comam o que para poder fazer outro livro pra vc?

    Lembro-me de quando jogava GURPS e a moda nos noticiários de TV era clonagem.... interfaces homens/maquinas....
    Saiu o: GURPS CIBERPUNK.
    E com ele milhões de coisas quase iguais. Depois veio a febre dos Cavaleiros do Zodiáco e por ai vai.

    Tem gente que gosta. Tem gente que não gosta... É questão de gosto.
    o que seria da cor verde se todos gostassem de preto?

    E só para finalizar. WOW, DIABLO e etc... são outras coisas. Eles evoluiram para o universo online e aqui amigo. Aqui pode tudo. Até misturar homem com homem, e mulher com mulher....
     
  11. RPGISTA

    RPGISTA Usuário

    Única resposta para esse tópico trouxa: Tudo que acontece na indústria do rpg acontece porque é mais divertido assim. Se algum jogo muda seguindo uma tendência, ele mudou porque essa nova tendência é mais interessante. Só se importa com as susposta "origens" quem quer inventar motivo pra fazer criticas e provocar flames desnecessarios.

    Perguntar "Pq vcs nao admitem que o jogo que voces gostam é influenciado em anime? Por acaso isso é mico?" é preconceito inverso, uma pegadinha na verdade. É como perguntar: "Só porque eu insinuei que voce era gay? qual o problema, ser gay é ruim?"

    É uma falácia (pq assume como verdade indiscutivel que o RPG é influenciado pelas citadas fontes e infere que as citadas fontes são negativas, ja que ninguem quer assumir a influência delas) que coloca o outro lado numa situação que não pode vencer, é um paradoxo argumentativo (pq indeendente da resposta, a pessoa assume a falacia como verdade.)

    É como vir aqui e perguntar: "Todos nós sabemos que rpgistas não pegam mulher, uns pq sao muito nerds, outros pq sao muito feios, mas sinto que eles tem problemas em falar nisso. Sim? Nao? pq?"

    Ou seja, não é paranóia de fanboy, Armitage, apenas pessoas tão ou mais "espertas" do que você. Béééé(som de buzina) Try Again!

    Só cuidado pra não acabar dando a bundinha por aí.
     
  12. Samara

    Samara Usuário

    Parece que realmente tu é um fanboy:cool:. Mas fora isso. Não entendo por que tanta agressividade, tu não leu a intenção desse forum?? Vou relembrar então: "RPG Um lugar pro pessoal falar (e jogar) RPG". De fato, os moderadores desse forum deveriam te dar uma advertência no minimo. Ando lendo teus comentários e são sempre agressivos, se não regressivos, ou seja, não adicionam nada para o forum, muito menos para os frequentadores. Então vai frequentar outro forum ou mude de atitude porque o valinor não presisa de pessoas ignorantes como tu(e nao vou te explicar o que é ser ignorante).

    Abraços a todos.
     
  13. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Na verdade acho que esse tópico aqui já nasceu ruim. A intenção dele é claramente flammer.

    Trancado.
     
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar