1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Por que o futebol mexicano é uma porcaria?

Tópico em 'Esportes' iniciado por Guilherme Sanders, 14 Mar 2012.

  1. Pessoal, tava pensando aqui nisso e não encontrei uma razão plausível. Praticamente tudo joga a favor:

    - É um dos países com maior população no mundo onde o futebol é visto como o esporte principal. O México tem 110 milhões de habitantes, aproximadamente. Apenas o Brasil, dentre os países onde o futebol é o esporte principal tem uma população maior (200 milhões quase). Tirando o Brasil, todas as potências do esporte (tanto em seleção quanto em campeonato interno) tem populações menores. A Alemanha tem 80 milhões, a França 65 milhões, Itália 60 milhões, Reino Unido 60 milhões, Espanha 45 milhões, Argentina 40 milhões. A Holanda tem míseros 16 milhões (pouco mais que a cidade de São Paulo) e tem muito mais história no futebol que o México.

    - O Campeonato mexicano é até bem organizado, com diversos times de nível equilibrado (Chivas, América, Cruz Azul, Tigres, Pumas, Monterrey, Pachuca, etc), que vez ou outra complicam a vida dos brasileiros na Liberta (vai Cruz Azul!!). Além disso, o campeonato de lá tem grande investimento, até o recente boom da economia brasileira, o México era o país que pagava melhores salários em toda a América latina. Mesmo hoje, ainda estão muito à frente da Argentina, Chile ou qualquer outro país da região (exceto o Brasil).

    - O país tem uma ótima estrutua para estádios, incluíndo os lendários Azteca e Jalisco. Vai no Uruguai e só tem o Centenário, que é clássico mas tá caindo aos pedaços.

    - Um dos únicos países do mundo que já sediaram duas Copas do Mundo, ao lado de Itália, Alemanha e França (e agora Brasil). Sendo que foi o primeiro a sediar a Copa pela segunda vez (1986, contra 1990 da Itália, 1998 da França e 2006 da Alemanha). A Inglaterra, berço do futebol mundial, ainda não sediou sua segunda Copa. A Argentina também não, tampouco a Espanha (onde estão os dois clubes mais ricos do mundo).


    Com tudo isso, os resultados do futebol mexicano ainda sim são pouco animadores. Participou de diversas Copas porque suas eliminatórias são ridículas e ainda sim só conseguiu no máximo chegar duas vezes nas quartas de final, justamente quando foi sede. Em 1970 sequer haviam Oitavas de Final, ainda por cima. Mesmo nessas edições, não fez nada demais.

    Em 1970, ficou em segundo num grupo com União Soviética, Bélgica e El Salvador. Empatou com a URSS (que era o jogo que valia no grupo) e tomou uma goleada da Itália nas quartas de final.

    Em 1986, ficou em primeiro num grupo com Bélgica, Paraguai e Iraque (empatou com o Paraguai, ganhou dos outros dois). No mata mata até não fez feio, passou pela Bulgária (que ainda não era AQUELA Bulgária, do Stoichtkov) e só foi eliminada pela Alemanha nas quartas (que na fase seguinte venceria a França do Platini) nos penaltis. Mas ainda sim, pouco. Até a Coréia do Sul fez mais bonito quando sediou uma Copa (va lá que com a juizada metendo a mão, mas enfim).

    Na Copa América, onde participa como convidada desde 1993, conseguiu no máximo chegar na final duas vezes (e uma foi naquela edição tosca e esvaziada de 2001, que a Colombia ganhou). O maior trunfo deles foi conseguir ganhar a Copa das Confederações de 1999, onde bateu os reservas do Brasil na final (num jogaço, 4x3, eu lembro).



    Quando vemos o histórico de clubes, fica mais feio ainda. Embora os times mexicanos só tenham entrado nos mundiais em 2000 (vou evitar polêmicas nesse tópico, pra não desviar o assunto), nunca foram nada demais.

    2000: O Necaxa até arrancou um empate contra o Manchester United de ressaca, mas foi eliminado pelo Vasco no grupo.

    2005: Não participaram. O Saprissa da Costa Rica ficou com a vaga da Concacaf.

    2006: O América ganhou do Jeonbuk da Coréia, mas depois tomou uma trauletada do Barcelona do Ronaldinho Gaúcho.

    2007: O Pachuca tomou ferro do Etoile Sahel da Tunísia e sequer chegou a enfrentar o Boca na semifinal.

    2008: O Pachuca ganhou do Al-Ahly do Egito, mas perdeu pra LDU (que vamos sempre lembrar, ganhou do Flu na final da Liberta... hehe) na semifinal.

    2009: O Atlante ganhou do Auckland da Nova Zelandia, mas perdeu pro Barcelona na semifinal.

    2010: O Pachuca perdeu pro Todo Poderoso Mazembe do Congo e eu tô com preguiça de ir procurar o gif do Kidiaba esfregando o rabo no chão.

    2011: O Monterrey perdeu pro Kashiwa Reysol nas quartas e não jogou contra o time do Neymar, que foi pra final e... gol do Barcelona.



    Enfim, porque a porcaria do futebol mexicano é uma merda?!?
    A culinária deles é foda! :mrgreen:
     
    • LOL LOL x 1
  2. Realmente, não faço idéia. Eles, inclusive, conseguem mercado nos EUA, tem filiais lá... Sei lá.

    Isso não foi na final da Copa Ouro que o Brasil jogou de convidado?

    EDIT: Não, você tá certo. Mas o México ganhou do Brasil na final da Copa Ouro duas vezes: 1996 (2 x 0) e 2003 (1 x 0).

    Não só isso, mas ganhou do Real Madrid nos pênaltis na decisão de terceiro lugar. No entanto, foi o melhor resultado de um time mexicano até hoje.
     
    Última edição: 14 Mar 2012
  3. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Esqueceu de citar que também já teve um grande jogador idolo de grandes times mundiais como o Hugo Sanchez.


    De fato é interessante a questão. É quase o inverso do que é o Uruguai.



    Um dos possiveis pontos, e vamos voltar ao tópico do bairrismo, é a questão de grande parte da seleção nacional mexicana ter pouca experiencia internacional contra cachorros grandes.
    Os jogadores ficam todos ali presos no México, jogando contra times americanos, porto riquenhos, etc. Mesmo que os jogadores até sejam bons, não há tanto amadurecimento pra ir enfrentar um clube maior ou uma seleção maior.
    Não é falta de entrosamento pois ali os clubes conseguem manter o elenco até mais tempo que nós brasileiros, e a seleção costuma receber jogadores que jogam juntos.

    Só não digo que é um complexo de vira-lata como era o Brasil pré-58 porque eu ainda não vejo jogadores craques mexicanos que estariam perdendo os jogos apenas por essa questão.
    Se algum dia conseguirem uma geração do nivel de Didi, Pelé, Garrincha, Nilton Santos, etc, talvez superem essa questão.
     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pra mim o México sempre foi uma "Espanha" (entenda-se aquela Espanha que até 2008 sempre amarelava e não ganhava porra nenhuma) do continente americano, pois todo o potencial que esse pais tem pra no papel se dar bem no futebol o Sanders descreveu bem

    Só faltou descrever que mesmo sendo um país zicado, de uns 15 anos pra cá, eles pelo menos finalmente sairam do nada e aos poucos vem conquistando algumas coisas ainda que pequenas:

    Copa das Confederações 1999 (em cima do Brasil)
    Mundial Sub 17 - 2005-2011 (uma delas em cima do Brasil)
    Copa Sulamericana 2006 com o Pachuca (pela primeira vez beliscando um título aqui na América do Sul)

    Tudo bem que essa lista de conquistas ainda é insignificante, mas pelo menos já sairam um pouco do limbo e é como eu coloquei no começo hoje eles são a Espanha das Américas e nunca se sabe se de repente do nada eles encontrem o caminho, consiga formar uma geração legal de bons jogadores e se tornar a Espanha atual e começar a ganhar títulos maiores.

    Ainda assim hoje se eu fosse apostar dinheiro eu acredito muito mais ver o Uruguai voltando a ganhar uma Copa do que o México chegar no máximo numa semifinal.
     
    Última edição: 14 Mar 2012
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    A Espanha mais termos de mundiais de seleção, né?
    Pois em termos de clubes a espanha sempre foi gigante nos seus 2 representantes.


    A seleção da Espanha pra mim era a maior incognita mesmo. Sempre tinha um time aparentemente forte, jogadores acostumados a jogar com os melhores do mundo, etc. Mas sempre amarelavam. Aì no caso deles era amarelamento mesmo, de fato.

    O México ainda tem outras questões.
     
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Comparei apenas com a Espanha seleção mesmo

    Em clubes o México só é potência lá na Concacaf deles

    Mas desde que entraram no circuito sulamericano o que notório é que eles sempre terão uma dificuldade muito maior porque qualquer confronto que eles tenham que fazer fora de casa contra um sulamericano são obrigados a ter que viajar muito, o que forçaria a eles ter que priorizar uma competição em detrimento de outra, mas o fato é que vários deles participam da Libertadores mas não a priorizam. Isso que é irritante, pois se levassem mais a sério e investissem em times fortes o nivel técnico da competição aumentaria e a Libertadores ganharia como um todo também.
     

Compartilhar