• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Por que comprar várias edições do mesmo livro?

Húrin

Amante da Calíope
Tenho os Tolkiens do Box com "O Hobbit", ganhei o Silmariilion. na promoção, comprei um Silma. Resolví, por causa do preço, comprar outra Coleção.
Sempre pensei em deixar meus Livros para o meu filho, tipo uma herança, afinal fiz o mesmo com minhas coleções de HQ. Mas meus Tolkien agora são uma Coleção mais importante para mim e quando ele estiver maior, talvez, tenha possibilidade de comprar edições mais luxuosas.

Resolví comprar a Coleção da promoção e deixar para quando ele tiver aprendido a ler e gostar disso. Como agora tenho também uma filha, torço e farei gosto para que eles dividam o gosto pela Obra e tenham isso como um laço a mais. Talvez isso seja passado para os meus netos... Vai saber?

Talvez eu seja um sonhador, ou mesmo um bobalhão, mão aberta ou sei lá o quê. Mas comprei e vou guardar. São meus, Meus Preciosos II. E ninguém tasca!!:mwaha:

Fiz propaganda para mais gente do meu trabalho comprar. Naquelas, quero mais pessoas para conversar a respeito das Obras. Mais pessoas para frequentar o fórum e se divertir. Se estiver errado, pode atirar a pedra ou a pia da cozinha. Tô nem aí...:lol:
 

Elanor Ladeira

Apaixonada
eu entendo e respeito seu ponto de vista Meglin, mas acho que entender o porque as pessoas gostam e compram várias edições diferentes de um mesmo livro também é importante.

Me preocupo com questões ambientais sim, tento reciclar meu lixo, não desperdiço água nem energia elétrica, mas faço isso tudo sem traumas, sem loucura. Talvez faça pouco, talvez faça menos do que deveria, mas faço o que consigo.

Quanto a ter várias edições de um mesmo livro, vc poderia perguntar pq compramos livros, desde o primeiro, não seria melhor pro meio ambiente se eu fosse a uma biblioteca e após ler o livro o devolvesse? Eu não teria nenhum livro em casa, nem ninguem, assim seria melhor para o meio ambiente, mas não é assim que sabemos viver...

Existem muitas coisas que podemos fazer para melhorar o meio ambiente antes de parar de comprar livros, acho que comprar livros feitos a partir de arvores de reflorestamento, incentivar esse tipo de atitude das editoras são exemplos dessas coisas que podemos fazer, de resto, na minha opinião é como querer matar mosquito com bala de canhão sabe?

Perceba que não estou criticando sua atitude, só acho que vc poderia ver o outro lado da coisa, acho muito legal que vc queira levantar discussões de cunho ecológico aqui no fórum, temos este veículo que atinge tantas pessoas e devemos usá-lo para coisas assim sim! Mas acho que começar pelo questionamento quanto a ter vários livros é que está errado.

Eu adoro livros, o livro sabe, a capa, as folhas, o cheiro, a fonte, a arte, o tamanho, o peso dele sobre minhas mãos, certa vez li que sou uma [ame=http://pt.wikipedia.org/wiki/Bibliofilia]bibliófila[/ame], ou seja, uma pessoa que ama livros. Gosto de ter diferentes versões, diferentes capas, diferentes edições, gosto de ter livros em minhas mãos...

Não tenho, por falta de dinheiro, mas teria. E não sinto que estou sendo incorreta fazendo isso... li esse seu tópico há alguns dias e volto nele sempre, demorei pra decidir postar pq não sabia ao certo como expressar minha opinião, demorei até mesmo a aceitar minha opinião... pq sou uma pessoa que se importa, mas como disse, não consegui sentir que estou fazendo algo errado ao pensar assim... tive que pensar muito e decidi que estou bem com essa decisão, realmente acho que posso melhorar o mundo em que vivo de várias maneiras, e posso ter meus livros sem comprometer isso.

Parabéns pelo tópico, me fez perder umas horas de tranquilidade hehehehehe parecia que enquanto eu não respondesse eu não ia ter paz hehehehe

:)
 

Fernanda

Andarilho de Eriador e
Eu compartilho dessa preocupação com a questão ambiental. Que é necessário refrear o gasto desnecessário dos recursos é indiscutível, e eu também tenho a sensação que faço muito menos do que deveria. Não tem como negar que é urgente falarmos em sustentabilidade mais a sério, mas hoje não dá só para pensar em parar de consumir. Existem muitos aspectos pro trás disso, que vão desde geração de empregos à circulação de renda.

O mais "correto" talvez fosse mesmo criarmos bibliotecas e deixar os livros como patrimoino comunitário. Mas eu não tenho evolução espiritual suficiente para isso. Não com livros, pelo menos.

Veja bem, eu adoro emprestar meus livros (só não empresto para quem eu tenho que ficar cobrando até a pessoa devolver ou para quem não cuida deles direito). O que eu não tenho é desprendimento para doar ou vender meus livros (e nisso eu incluo minhas HQs). Tem coisa que eu não releio há anos, empresto como o maior prazer, mas eles são meus e tem de voltar pra casa. Já dei alguns livros, mas sempre para quem também ama ler e sempre comprei de novo. Estou no meu terceiro Silma por causa de disso, mas nunca tive dois ao mesmo tempo. Mesmo do meu SdA que está há anos com a lombada estragada eu não me disfaço, mas também não compro outro.

Compro livro tanto novo quanto usado (ainda mais que de vez em quando eu cismo com coisas que só acho em sebo, que deus abençoe a Estante Virtual :grinlove:), então eu tenho alguns livros bem frágeis, alguns ficam em sacos de ziplook para proteger melhor, mas todos eles estão liberados para leitura. De vez em quando rola uns faiths em casa porque meu filho não tem cuidado o suficiente com alguns dos livros mais velhos, e eu acabo decretando algumas interdições temporárias para ele.

Mas são temporárias, porque livros intocados sempre me lembram as bonecas da minha mãe. Minha avó nunca deixou ela brincar com elas e guardou para que as futuras filhas de minha mãe vissem (vissem apenas, nada de brincar). E depois guardou até que se estragassem e perdessem a função.
 

Morfindel Werwulf Rúnarmo

Geofísico entende de terremoto
Como foi dito, comprar vários livros querendo ou não afeta o meio ambiente e em cada livro que você vê pronto foram gastos energia, água, árvores, hoje ninguém pode mais tapar os ouvidos para isso não, poluição é coisa séria.
 

Indu

Cynthiaaaaaa
Bem eu tenho uma versão ultrapassada d'O Retorno do Rei, e não acharia ruim de compar ou novas versões, ou um volumu unico, mas ficaria por isso mesmo.
Concordo com a idéia do Meglin, parem e pensem, a história é a mesma, e isso se aplica com qualquer tipo de livro, só por que uma edição vem com um desenho a mais, ou uma tradução corrigida, não vai mudar radicalmente o que o livro traz dentro dele.
É consumismo mesmo, e desenfreado.
 

Morfindel Werwulf Rúnarmo

Geofísico entende de terremoto
Como alguém já falou nesse fórum, se você comprar um novo pela atualização, ou por outro motivo qualquer doe o que você tinha antes, pra uma biblioteca pública, ou pra algum particular, com isso você ajuda na divulgação da leitura e d'Ele também.
 
Bom, meu Caro Meglin, tá aí uma coisa diante da qual me curvo à você!
Parabéns pela consciência ecológica, e receba meus cumprimentos, também penso assim.
Tenho O volume único, com a capa das Argonath, o Hobbit com Capa de Jhon Howe e o Silma.
Penso que só comprarei uma nova edição, caso a minha fique muito (mas muito mesmo!) desatualizada, ou se por acaso estragar, rasgar, esse tipo de coisa.
Não vejo sentido em ter várias capas, isso é consumismo.
Em outras línguas, tudo bem, mas várias capas na mesma língua, considero um desperdício de papel, e até um certo egoísmo, pois não tem motivo para se derrubar umas 200 árvores, gastar uns 5000 litros de água e outros recursos, só para ter um Smaug diferente na capa de seu hobbit.

Parabéns Meglin!
 

Sindar Princess

Que deselegante...
Vou dar um exemplo pessoal:
Tenho todos os livros de Tolkien, com capas antigas, porém em bom estado ainda.

Diante de uma promoção do Submarino, onde "O Hobbit" e todos os 3 livros de "SdA" estão sendo vendidos por um preço absurdo de bom e com as capas mais bonitas que as minhas.
Eu me segurei para não comprar, porque não teria sentido: meus livros em bom estado e eu me curvando ao consumismo?
Acho que fica aí um exemplo bom de evitar o tal desperdício ecológico.

Porém cada um tem o direito de comprar a capa que quiser.
E venhamos e convenhamos: livros nunca são demais! Você pode vender os mais antigos ou os que não gosta num sebo, ou trocar com amigos, ou guardar para a coleção.

Desperdício, na minha opinião, é jogar livros no lixo pra comprar outros. Aí não rola mesmo! De resto, como já disse anteriormente, cada um faz o que quiser com seu dinheiro, ué!
 

Sindar Princess

Que deselegante...
Sem dúvida.
Eu acho que existem muitos outros vícios que ferem o meio ambiente e que são prioridades na lista de coisas a evitar.

Estamos falando de livros, cultura, educação. Vamos pensar em cortar este vício por último.

Essa é a Elanor! :kiss:
Concordo plenamente!
Coisas mais graves como baterias, pilhas e plásticos têm prioridade no quesito "vamos nos preocupar".
Livros a gente passa adiante, doa pra uma biblioteca, um sebo, um amigo, etc etc etc...
 

Meglin Celebrandir

Hansi Ilúvatar
Nossa, pessoal... Obrigado pelas colaborações e por acompanharem meu raciocínio... Eu quero deixar uma coisa clara por aqui:

1 - Não sou contra ter livros. Eu mesmo tenho mais de uma centena. O uso de uma biblioteca é algo que apenas me passou pela cabeça no momento em que escrevia um post, mas acho que isso é muito ruim. Ruim pelo fato de o brasileiro não valorizar a cultura e a literatura. Quantos de nós já não usaram um livro (mal) usado que estava todo riscado, amassado, sujo, rasgado?

Sem contar que alguns livros saem das bibliotecas e nunca voltam! Um amigo meu esteve fazendo intercâmbio em uma universidade na Alemanha. Ele pegou um livro emprestado na biblioteca e, ao procurar o local onde era feita a "ficha" do aluno e onde se carimbava a data de devolução, ele simplesmente não encontrou. A resposta da funcionária da biblioteca foi a seguinte: "Pra que isso tudo? Por acaso você está pensando em não devolver o livro?"

2 - O que eu acho "anti ecológico" é ter sem precisar, ter e não usar, consumir sem pensar... Eu não sou totalmente "verde". Tento manter o uso de energia e água sob controle. Tento fazer com que meu dinheiro possibilite uma vida boa, sem consumismo e sem exagero, mas não fico na paranóia e não me desespero se não sei se a embalagem da bala deve ser jogado no lixo marrom, amarelo, vermelho ou azul...

3 - O motivo do meu "protesto" é a "coleção" de diversas edições de um mesmo livro. Neste caso, geralmente uma das versões fica paradinha, enfeitando a estante e nunca sendo utilizada. Eu, neste tópico, quis também lembrar que, além das árvores usadas diretamente na fabricação do livro, existem outras coisas que devemos notar como o plástico das embalagens, o monte de papel que algumas lojas virtuais mandam junto com o livro fazendo propaganda, a mala direta que eles te enviam posteriormente fazendo propaganda de produtos semelhantes aos que você já comprou, o petróleo dos caminhões, a borracha dos pneus, a fumaça... Tudo isso e muito mais está envolvido na fabricação e transporte de um livro.

Obrigado pela participação de todos... É muito bom ver que a maioria das pessoas aqui do fórum pensa de forma "sustentável". Isso me deixa menos inquieto quanto ao futuro do planeta.

Eu já disse que tenho mais de uma centena de livros... Nenhum, absolutamente nenhum repetido!
 

Belfalas

Ele é legal
Eu já disse que tenho mais de uma centena de livros... Nenhum, absolutamente nenhum repetido!

Parabéns champz, você acaba de ganhar o troféu ecologia.

Da mesma forma que sou negligente (Segundo o seu raciocínio), compenso ajudando a separar o lixo por exemplo.
E sim, você tá sendo dramático com toda essa paranoia deixar de comprar por causa disso, daquilo e que gasta mais aquilo, e aquilo ali polui aquele outro, etc. (Pra não dizer hipocrisia.)
 
Última edição:

vinicius_limpe

Usuário
Parabéns champz, você acaba de ganhar o troféu ecologia.

Da mesma forma que sou negligente (Segundo o seu raciocínio), compenso ajudando a separar o lixo por exemplo.
E sim, você tá sendo dramático com toda essa paranoia deixar de comprar por causa disso, daquilo e que gasta mais aquilo, e aquilo ali polui aquele outro, etc. (Pra não dizer hipocrisia.)

na verdade ele esta completamente certo quanto mais embalagem em um produto mesmo sendo ele movido a Luz solar agride a natureza
:yep:
 

Elanor Ladeira

Apaixonada
Agora sim, desculpe se entendi mal, fiquei realmente com a impressão de extrremismo de sua parte, que aparentemente estava errada.

Neste caso, geralmente uma das versões fica paradinha, enfeitando a estante e nunca sendo utilizada.

Nisso eu concordo e muito com vc, ter livro pra enfeitar estante ou pra se gabar eh sacanagem, mas acho que num lugar como a Valinor, em que este monte de fanáticos por um livro se reunem para discutir a mesma história over and over again, podemos ficar tranquilos, o que menos a galera deve fazer por aqui eh deixar seus Tolkiens na estante.
 

Luz

So what?!?!
Nisso eu concordo e muito com vc, ter livro pra enfeitar estante ou pra se gabar eh sacanagem,

É isso que eu penso. Tanto que eu tinha comprado a trilogia em volume único, mas me arrependi, porque sempre quis ter em volumes separados. Comprei a minha querida com volumes separados, mas vendi o volume único.
Se eu queria ter outras versões, com outras capas? Queria. Mas a internet tá aí pra gente poder ver as imagens que quiser, quando quiser, não achei necessidade em ter outros volumes pra isso. Até porque, mesmo que eles possam ter edições diferentes, a história é a mesma, e eu já tenho um para ler quando quiser.

mas acho que num lugar como a Valinor, em que este monte de fanáticos por um livro se reunem para discutir a mesma história over and over again, podemos ficar tranquilos, o que menos a galera deve fazer por aqui eh deixar seus Tolkiens na estante.

Seria bom se fosse assim, mas não creio que seja, Cris.
Acho que, se fizesse uma pesquisa aqui para ver, no período de um ano, quem mexeu nos seus "livros-Tolkien", creio que os números não seriam muito altos. E pra quem tem mais de uma edição, então, uma delas provavelmente acaba ficando apenas na estante.
 

Ispaine/Estus

Ohtari Parmaron
Acho que não tem o menor sentido criticar alguem porque tem um livro.

Se a pessoa quer ter o livro, seja para consulta, ler ou para enfeitar a estante deixa ela ser feliz.

Entendo a preocupação ambiental e tudo mais, mas a pessoa não poder comprar um livro por prazer, esse é um mundo paranóico demais para mim.
 

Meglin Celebrandir

Hansi Ilúvatar
Parabéns champz, você acaba de ganhar o troféu ecologia.

Da mesma forma que sou negligente (Segundo o seu raciocínio), compenso ajudando a separar o lixo por exemplo.
E sim, você tá sendo dramático com toda essa paranoia deixar de comprar por causa disso, daquilo e que gasta mais aquilo, e aquilo ali polui aquele outro, etc. (Pra não dizer hipocrisia.)

Valeu pelo troféu, Belfalas! Valeu mesmo! :joinha: :lol:

Calma rapaz... Não gostei do seu comentário anterior e acho que exagerei um pouco, mas também não precisa usar essas palavras que você usou... Não acho que eu seja dramático, paranóico e, principalmente, hipócrita! Não acredito que eu venha a ser criticado dessa forma pelas coisas que eu acredito... Eu seria chamado de que se, por acaso, defendesse veementemente que os Balrogs têm asas??? :lol:

Relaxa, amigo. Temos pontos de vista diferentes, mas somos da mesma casa. Somos ambos Númendili, e entre nós deve reinar a paz. Fique em paz, amigo, pois ainda é assim que o considero!

Acho que não tem o menor sentido criticar alguem porque tem um livro.

Se a pessoa quer ter o livro, seja para consulta, ler ou para enfeitar a estante deixa ela ser feliz.

Entendo a preocupação ambiental e tudo mais, mas a pessoa não poder comprar um livro por prazer, esse é um mundo paranóico demais para mim.

Repito: eu não imaginava que este tópico viraria tudo isso! Estou adorando! :D

Ispaine, eu não critico ninguém por ter um livro. Eu acho que todo mundo pode comprar o que quiser por "prazer", por "vício" ou por "compulsão". Todos têm direito a isso! Deus me livre de querer cercear o direito de alguém... Eu só queria saber se há uma razão lógica para ter duas cópias do mesmo livro, mas me parece que não há... Apenas razões subjetivas, baseadas na emoção, nunca na razão.

Só usei o argumento da sustentabilidade para defender meu ponto de vista: consumo consciente, sempre!
 

Katrina

Usuário
É isso que eu penso. Tanto que eu tinha comprado a trilogia em volume único, mas me arrependi, porque sempre quis ter em volumes separados. Comprei a minha querida com volumes separados, mas vendi o volume único.
Se eu queria ter outras versões, com outras capas? Queria. Mas a internet tá aí pra gente poder ver as imagens que quiser, quando quiser, não achei necessidade em ter outros volumes pra isso. Até porque, mesmo que eles possam ter edições diferentes, a história é a mesma, e eu já tenho um para ler quando quiser.

Eu já tinha o volume único, mas comprei os livros do SdA separados. Se vendi o volume único? Não, não vendi. E não é porque eu tenho afã por colecionar livro que depois não irei tirar da estante. O volume único ficou em Cuiabá (assim quando vou para a casa dos meus pais eu posso consultar o livro e reler algumas partes lá). Os outros irão comigo para onde estiver. =]

Ah, e uma das coisas boas de ter os livros lá e aqui. É que aqui posso consultá-los sempre que quiser (hoje mesmo estava traduzindo um artigo com o Silma aqui do lado) e em casa eu leio quando estou lá e minha família pode aproveitar também. Consegui inclusive convencer a minha mãe a ler SdA! E ela adorou! :joy: (Em dezembro levo O Hobbit e o Silma para ela ler.)

Agora comprar livros e mais livros para deixar na estante como meros bibelôs. E não desfrutar do prazer de pegar, manusear, cheirar e ler, não é só consumismo antiecológico... no fim das contas é burrice, pura e simplesmente.
 

Meglin Celebrandir

Hansi Ilúvatar
Eu já tinha o volume único, mas comprei os livros do SdA separados. Se vendi o volume único? Não, não vendi. E não é porque eu tenho afã por colecionar livro que depois não irei tirar da estante. O volume único ficou em Cuiabá (assim quando vou para a casa dos meus pais eu posso consultar o livro e reler algumas partes lá). Os outros irão comigo para onde estiver. =]

Ah, e uma das coisas boas de ter os livros lá e aqui. É que aqui posso consultá-los sempre que quiser (hoje mesmo estava traduzindo um artigo com o Silma aqui do lado) e em casa eu leio quando estou lá e minha família pode aproveitar também. Consegui inclusive convencer a minha mãe a ler SdA! E ela adorou! :joy: (Em dezembro levo O Hobbit e o Silma para ela ler.)

Agora comprar livros e mais livros para deixar na estante como meros bibelôs. E não desfrutar do prazer de pegar, manusear, cheirar e ler, não é só consumismo antiecológico... no fim das contas é burrice, pura e simplesmente.

:clap: :joinha:

Depois eu que sou radical.... hahahahahahahahaha
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo