1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Por que apenas os Primogênitos tiveram a atenção dos Valar?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Soriro, 9 Jan 2007.

  1. Soriro

    Soriro Usuário

    Eu tinha lido o Silma uns 2 anos atrás e lendo agora denovo eu voltei a ficar indignado com a capacidade dos Valar de ignorarem quase que completamente os SUCESSORES de Eru! Quando os elfos surgem os Valar vão "pessoalmente" protege-los e guia-los para lugares melhores, mas quando os homens surgem os Valar ignoram completamente, não mandam ninguém, não protegem ninguém, até parece que são escória! (com excessão de Ulmo, que tentava mandar sinais aos homens e ajuda-los em sua labuta! HAIL ULMO!!!) Sim, eu sei da nóia deles pelo fato dos "dons estranhos" dos homens, eles parecem até Melkor, ignorando os homens pelo fato de os acharem estranhos e tb por não controlarem o destino deles!!! Seja como for, se alguém souber...

    Peço desculpas se alguém ja postou isso antes ou se minha pergunta eh irrelevante, mas antes de fecharem o tópico, responde ou manda o link que tenha a resposta :(
     
  2. Laninha

    Laninha Usuário

    Eu acredito que nem tanto por causa dos dons estranhos, os homens também são filhos de Eru, acho que os Valar viram que interferir tanto não ajuda muito olha o exemplo dos elfos e todas as coisas ruins que aconteceram, eles pensaram que se não interferissem muito com os homens pode ser que isso não acontecesse.
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Que eu saiba, os elfos não tem pretensão de se tornar deus no lugar de Eru :mrgreen:

    Eles são os PRIMOGÊNITOS.

    Bem, você compreendeu mal as intenções dos Valar (e de Tolkien). Afinal se estamos imersos no pré-conceito de morte ser algo a ser temido e Tolkien em sua mitologia retrata a morte como uma dádiva de Eru (Deus), não é surpresa ficar indignada pela pouca atenção dos Valar para com os homens.

    Na verdade, os Valar são incompletos comparados a Eru. Não tanto quanto os homens, mas ainda assim propensos a falhar e errar, isso apesar de terem ouvido a Música Original. Pois ao entrar em Arda, mesmo o que eles viram na Música não é exatamente como se lembram: há coisas que eles não perceberam de longe e que somente ao estar no local podiam ver. Flocos de neve para começar: ver neve caindo é uma coisa, mas ver no microscópio ou sentir na palma da mão é outra.

    É claro que os Valar iriam ao encontro dos Primogênitos: eles queriam ver, queriam conversar com os elfos. Afobação pura.

    Só que viu no que deu com o Fëanor?

    Na segunda vez, quando os homens acordaram (e como aconteceu com os elfos eles não sabiam ONDE eles acordariam), eles foram com mais calma. Viram que interferir demais nos assuntos dos Filhos de Eru podia dar caca.

    E se você percebeu, mesmo assim os homens temiam Ulmo, entendiam tudo errado... bem a gente faz isso normalmente.

    Que nóia? Depende de como você interpreta o texto do Professor. Eles até tem mais consciência dos dons dos homens que os próprios homens. Sabem que a Morte não pode ser tirada dos homens (nem mesmo por eles, apenas Eru pode fazer exceções), e que o medo da Morte aproxima os homens ainda mais dela, tornando-os decrépitos e lamentáveis comparado ao que podiam ser.

    E talvez eles até tenham mais fé nos homens, do que tiveram com os Elfos que foram "conduzidos pela mãozinha". Entenda que nem sempre o caminho que os mais velhos querem nos conduzir pode ser bom, e nesse ponto, é até um voto de confiança que mesmo sendo mais frágeis, os Valar pararam com essa mania de interferir demais. Mesmo sua parca interferência em trazê-los para perto foi danosa: como aconteceu com Fëanor, os Numenor se tornou negra e decaiu.

    Com o tempo, aprenderam a dosar sua interferência, e no caso de SdA, ela foi feita por orientadores, os Istari. Ainda bem, não é possível errar para sempre.
     
  4. Mesopotamis

    Mesopotamis Pelas barbas de Merlin

    Como o colega acima explicou, Os Valars não ignoravam nem menosprezavem os homens. No próprio Silma tem uma parte que diz que os Valar fizeram guerra pelos filhos mais velhos, e fizeram pelos mais novos. ;)
     
  5. Ninleth Englorian

    Ninleth Englorian Amo a minha senha!

    Primula está com a razão!!! É como se comparassem uma mãe no momento de crescimento do seu 1º filho e depois, com o crescimento do seu 5º filho. Todos nós sabemos que proteção demais estraga e foi o que aconteceu com os elfos. Já com os homens não houve essa proteção(pelas mãozinhas), mas em momento nenhum houve a negligência, pois os Istari vieram orientá-los(e acabaram sendo fundamentais tanto para o bem, quanto para o mal).
     
  6. Deriel

    Deriel Administrador

    Inicialmente os próprios Elfos foram os tutores dos Homens, depois tiveram Númenor (a qual jogaram fora) e ainda os Istari como apoio. Não me parece exatamente negligência :think:
     
  7. Rougue

    Rougue Usuário

    Os colegas acima já disseram tudo o que é necessário, e realmente não houve desprezo por parte dos Valar, eles nunca deixaram os homens na mão sempre mandaram ajuda quando foi preciso.
     
  8. Danee

    Danee Demônio angelical

    nao acho q foi assim tb..
    os elfos foram os primeiros .. então acho que os valar tentaram
    (e acharam) que fossem viver na melhor perfeição.. mais dps
    viram que por mais que ajudassem nao adiantaria...
    Qndo os homens chegaram tiveram sua chance tb..
    numenor.. os istari... mais aproveitaram mto menos...

    Acho que os valar aprenderam a tomar menos
    partido e deixar a vida seguir... :obiggraz:
     
  9. Nilmë

    Nilmë Usuário


    Concordo!

    E se passou muito tempo do nascimento dos primogenitos com o dos homens...
    E esse tempo longo e todas as consequencias (Feanor*) foi mais que sufuciente para que eles pensassem muito antes de fazerem a mesma coisa
    Com isso podemos ter certeza que foi decisão correta a se tomar.

    Abraços.
     
  10. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse

    Os Valar só nao queriam cometer com os Homens o mesmo erro que cometeram com os elfos. Porém, essa vontade de nao errar com os Homens acbou tornando-os sim relapsos com os Sucessores. Por consequencia, os homens passaram a temer os Valar, como podemos ver quando eles interpretam de maneira equivocada os sinais de Ulmo (SERIA EU???).
     
  11. Bom eu vou dar aminha mais sincera opinião, acho que neste ponto, como em muitos outros, Tolkien se inspirou na Biblia, há passagens que dizem que os primogenitos deveriam ser intreges a Javé... pode ser que hja alguma relação, considerando o Cristianismo de Tolkien...
     
  12. miharu

    miharu Wild~

    mas qual a sua opinião sobre os homens do ponto de vista dos Valar? Eu acho que eles só não queriam mais se meter e fazer bobagem, como já foi dito aqui, tendo os elfos como exemplo. E acho que não há relação com a Bíblia nesse ponto..
     
  13. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Tolkien era católico. De fato.
    Mas inspirar-se ou, mais diretamente, fazer alegorias não era de seu feitio.
    Ele remete a fatos anacrônicos, se alguém tiver coragem de anacronizar, muito anteriores aos bíblicos. Claramente em sua idéia de recriar um Mito de origem dos povos europeus ele não desejava colocar sua religião como "viva" nas obras, até mesmo critica isso em cartas, com relação aos contos Arthurianos.
    E de qualquer forma as sociedades presentes nas obras contextualizam-se como pré-cristãs. Se sua religião influenciou na idéia de monoteísmo, e em aspectos práticos, e até mesmo incosncientes, ele não desejava de forma alguma alegorizar. Os Valar temiam pelos eldar, e devido a esse amor para com os primogênitos, eles erraram. Creio que os eldar não seriam entregues a Eru, e não haja relação com a idéia mencionada.

    Abraços.
     
  14. OCO_theOld

    OCO_theOld Usuário

    Também acho isso. Interferiram tanto nos elfos, mas viram que resultou mais em tragédias.

    Correto. Eles não intereriram tanto quanto no caso dos elfos, mas também não deixaram os humanos na mão.
     
  15. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Os Valar são os "Regentes" de Arda, o que significa que interferem de acordo com seu julgamento. Acharam falha a intervenção direta, como na abordagem dos Primogênitos, e não a repetiram com os Segundos.
     

Compartilhar