• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

POR FAVOR, Preciso de ajuda para escrever duas frases

LadyVanex

Usuário
Por favor, preciso de ajuda.

Meu esposo é apaixonado por Tolkien e sou leiga, não entendo tanto quanto ele.
Gostaria de fazer uma luminária para presenteá-lo, mas não sei escrever as frases na linguagem tolkien.

Me ajudem.
Desde já, agradeço.
 

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!
Olá. Não entendi a dúvida exatamente. Você já sabe quais frases quer escrever?
Se souber, depois peça aqui a tradução.
Quem manja dos paranauês é o @Slicer e o @Tilion. Mas quem tem que decidir as frases é você.
 
Última edição:

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!
Bem... Você pode postar aqui as frases. Ou, se preferir discrição, perguntar por mensagem privada a alguém. O usuário que mais sabe élfico e entra no fórum com mais frequência é mesmo o Slicer, que citei aí em cima. Boa sorte.

(Mas talvez o @Eriadan queira muito ajudar :hxhx:)
 

LadyVanex

Usuário
Olá. Não entendi a dúvida exatamente. Você já sabe quais frases quer escrever?
Se souber, depois peça aqui a tradução.
Quem manja dos parnauês é o @Slicer e o @Tilion. Mas quem tem que decidir as frases é você.

Olá. Boa noite.

Sim, eu tenho as frases, daí preciso transcreve-las.

Bem... Você pode postar aqui as frases. Ou, se preferir discrição, perguntar por mensagem privada a alguém. O usuário que mais sabe élfico e entra no fórum com mais frequência é mesmo o Slicer, que citei aí em cima. Boa sorte.

(Mas talvez o @Eriadan queira muito ajudar :hxhx:)
Estou apanhando aqui para usar o Fórum HAHA.

Eu acabei chamando o Tilion, porque vi que ele havia postado algo alguns minutos antes de mim. Mas vou pedir ajuda para os outros dois que você me citou.

Vou deixar a frase aqui:

" Hoje já lhe disse que te amo? "
" Você é meu tudo!"

Obrigada, Béla van Tesma.
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Amanhã faço uma tentativa! Só explica melhor, você quer transcrita (naquelas letras do Anel, em português) ou traduzida (na língua élfica, em nosso alfabeto), ou ambos?
 

LadyVanex

Usuário
Amanhã faço uma tentativa! Só explica melhor, você quer transcrita (naquelas letras do Anel, em português) ou traduzida (na língua élfica, em nosso alfabeto), ou ambos?
Oii. Obrigada por se dispôr.

Bom, valos lá ... Como sou bem leiga, talvez eu não consiga explicar tão bem, mas ...
Seria ambas. Porque quero as frases em língua élfica em nosso alfabeto e nas letras do anel. (Só não entendi a colocação em português, me perdoe)

Irei precisar das duas formas, pois não sei qual iria refletir melhor. Eu quero por as frases em uma luminária.

Desculpe a minha confusão.
Muito obrigada por sua atenção. 🖤
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Oii. Obrigada por se dispôr.

Bom, valos lá ... Como sou bem leiga, talvez eu não consiga explicar tão bem, mas ...
Seria ambas. Porque quero as frases em língua élfica em nosso alfabeto e nas letras do anel. (Só não entendi a colocação em português, me perdoe)

Irei precisar das duas formas, pois não sei qual iria refletir melhor. Eu quero por as frases em uma luminária.

Desculpe a minha confusão.
Muito obrigada por sua atenção. 🖤
É que existe uma maneira de escrever frases em português utilizando a escrita do Anel (Tengwar), também. Assim como é possível escrever em quenya usando essa escrita ou usando o nosso próprio alfabeto.

Bom, vou arriscar as traduções. Não tenho muita experiência, então espera alguém opinar antes de gravar na luminária, ok?

" Hoje já lhe disse que te amo? "
Ma síra quenten tye-méla? Literalmente "Hoje eu disse 'eu te amo'?"

1622941773121.png

ma = partícula interrogativa
síra = "hoje"
quentë = "dizer" no pretérito [quet +në = quetnë ->(afixação nasal)-> quentë]
-n(yë) = desinência de 1ª pessoa do singular (sujeito)
tye-méla = "eu te amo"

A construção analítica, com o pronome "que" introduzindo a oração substantiva, ficaria
Ma síra quenten i melinyel?

1622941796203.png

i = "que"
melë = "amar" na forma aoristo
-(i)nyë = desinência de 1ª pessoa do singular (sujeito)
-l = desinência de 2ª pessoa do singular (objeto)

Pessoalmente, acho a primeira tradução mais fofinha. :mrgreen:

Não conheço a palavra para "já", mas acho que é desnecessária na tradução. Assim como entendo que seria desnecessário traduzir "Hoje eu já disse a você...", porque meio que está implícito que o objeto da oração principal é o mesmo da subordinada. Mas senão, seria só acrescentar tyenna depois de quenten.

" Você é meu tudo!"
Tye ilquanya!

1622941041492.png

tye = forma independente de "você" (forma íntima)
ilqua = "tudo"
-nya = "meu"

Acho até que nesse tom romântico daria para usar ilu no sentido poético de "toda existência possível" (o mesmo que aparece em Ilúvatar = "Pai de Tudo":

Tye ilunya!

1622941059291.png
 

Anexos

  • 1622940999389.png
    1622940999389.png
    14,1 KB · Visualizações: 4
  • 1622941020827.png
    1622941020827.png
    14,1 KB · Visualizações: 4
Última edição:

LadyVanex

Usuário
É que existe uma maneira de escrever frases em português utilizando a escrita do Anel (Tengwar), também. Assim como é possível escrever em quenya usando essa escrita ou usando o nosso próprio alfabeto.

Bom, vou arriscar as traduções. Não tenho muita experiência, então espera alguém opinar antes de gravar na luminária, ok?


Ma síra quenten tye-méla? Literalmente "Hoje eu disse 'eu te amo'?"

Ver anexo 90341

ma = partícula interrogativa
síra = "hoje"
quentë = "dizer" no pretérito [quet +në = quetnë ->(afixação nasal)-> quentë]
-n(yë) = desinência de 1ª pessoa do singular (sujeito)
tye-méla = "eu te amo"

A construção analítica, com o pronome "que" introduzindo a oração substantiva, ficaria
Ma síra quenten i melinyel?

Ver anexo 90342

i = "que"
melë = "amar" na forma aoristo
-(i)nyë = desinência de 1ª pessoa do singular (sujeito)
-l = desinência de 2ª pessoa do singular (objeto)

Pessoalmente, acho a primeira tradução mais fofinha. :mrgreen:

Não conheço a palavra para "já", mas acho que é desnecessária na tradução. Assim como entendo que seria desnecessário traduzir "Hoje eu já disse a você...", porque meio que está implícito que o objeto da oração principal é o mesmo da subordinada. Mas senão, seria só acrescentar tyenna depois de quenten.


Tye ilquanya!

Ver anexo 90339

tye = forma independente de "você" (forma íntima)
ilqua = "tudo"
-nya = "meu"

Acho até que nesse tom romântico daria para usar ilu no sentido poético de "toda existência possível" (o mesmo que aparece em Ilúvatar = "Pai de Tudo":

Tye ilunya!

Ver anexo 90340
CARAMBA!!!
QUE LINDO!

Eu estou apaixonada pela escrita, e a pronuncia correta deve ser mais linda ainda.
Eriadan, obrigada por me ajudar ... De coração!

Pois agora quero aprender ... Que lindo!

Obrigada, obrigada mesmo 🖤
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
@LadyVanex, enquanto o @Slicer ou alguém mais entendido não aparece, eu tentei olhar as minhas traduções com olhar crítico, e tem uma pequena coisa que eu mudaria na primeira: eu traria o síra "hoje" para o início da frase. Não temos muitos exemplos "canônicos" de frases interrogativas no quenya - inclusive o próprio uso de ma, nesse tipo de pergunta sem palavras interrogativas ("quem", "onde" etc), é especulativo -, mas a mais famosa é a do Namárië: man i yulma nin enquantuva?, em que o advérbio "agora" aparece antes da palavra interrogativa man "quem".

Não dá pra dizer que essa é a ordem certa, até porque o Namárië é poético, então não há rigor algum na ordem das orações - a própria frase acima, ao pé da letra, significa agora quem a taça para mim novamente encherá? -, mas podemos ao menos ter certeza de que é uma construção possível. E estava me incomodando mesmo o advérbio vindo depois do ma. :dente:

Refazendo, então, a frase ficaria assim:

Síra ma quenten "tye-méla"?
1623252425579.png


Ou na forma mais extensa de dizer a mesma coisa:
Síra ma quenten i melinyel?
1623252507256.png
 

LadyVanex

Usuário
@LadyVanex, enquanto o @Slicer ou alguém mais entendido não aparece, eu tentei olhar as minhas traduções com olhar crítico, e tem uma pequena coisa que eu mudaria na primeira: eu traria o síra "hoje" para o início da frase. Não temos muitos exemplos "canônicos" de frases interrogativas no quenya - inclusive o próprio uso de ma, nesse tipo de pergunta sem palavras interrogativas ("quem", "onde" etc), é especulativo -, mas a mais famosa é a do Namárië: man i yulma nin enquantuva?, em que o advérbio "agora" aparece antes da palavra interrogativa man "quem".

Não dá pra dizer que essa é a ordem certa, até porque o Namárië é poético, então não há rigor algum na ordem das orações - a própria frase acima, ao pé da letra, significa agora quem a taça para mim novamente encherá? -, mas podemos ao menos ter certeza de que é uma construção possível. E estava me incomodando mesmo o advérbio vindo depois do ma. :dente:

Refazendo, então, a frase ficaria assim:

Síra ma quenten "tye-méla"?
Ver anexo 90392


Ou na forma mais extensa de dizer a mesma coisa:
Síra ma quenten i melinyel?
Ver anexo 90393
Oii.
Obrigada por dispôr um pouco mais do seu tampo para me ajudar.

Eu consegui falar com o Reinaldo, ele tem um canal no YouTube, daí comentei que você havia conseguido transcrever para mim. Ele deu uma verificada e me disse, que, sim, estava muito bem transcrito. 😍

Se você acha melhor assim, irei mudar então 😉🥰

Como sempre, fico maravilhada com seu conhecimento. Obrigada. 🖤
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Oii.
Obrigada por dispôr um pouco mais do seu tampo para me ajudar.

Eu consegui falar com o Reinaldo, ele tem um canal no YouTube, daí comentei que você havia conseguido transcrever para mim. Ele deu uma verificada e me disse, que, sim, estava muito bem transcrito. 😍

Se você acha melhor assim, irei mudar então 😉🥰

Como sempre, fico maravilhada com seu conhecimento. Obrigada. 🖤
Ah, Reinaldo é o Reinaldo Lopes, o Imrahil? Ele é velho conhecido daqui, foi (ou é?) da Equipe Valinor, salvo engano foi um dos fundadores. Que bom que ele confirmou! Mas ele avaliou só a transcrição para tengwar da frase já em quenya, ou a tradução também?

E nada, disponha! :)
 

rochvellon

Usuário
É que existe uma maneira de escrever frases em português utilizando a escrita do Anel (Tengwar), também. Assim como é possível escrever em quenya usando essa escrita ou usando o nosso próprio alfabeto.

Bom, vou arriscar as traduções. Não tenho muita experiência, então espera alguém opinar antes de gravar na luminária, ok?


Ma síra quenten tye-méla? Literalmente "Hoje eu disse 'eu te amo'?"

Ver anexo 90341

ma = partícula interrogativa
síra = "hoje"
quentë = "dizer" no pretérito [quet +në = quetnë ->(afixação nasal)-> quentë]
-n(yë) = desinência de 1ª pessoa do singular (sujeito)
tye-méla = "eu te amo"

A construção analítica, com o pronome "que" introduzindo a oração substantiva, ficaria
Ma síra quenten i melinyel?

Ver anexo 90342

i = "que"
melë = "amar" na forma aoristo
-(i)nyë = desinência de 1ª pessoa do singular (sujeito)
-l = desinência de 2ª pessoa do singular (objeto)

Pessoalmente, acho a primeira tradução mais fofinha. :mrgreen:

Não conheço a palavra para "já", mas acho que é desnecessária na tradução. Assim como entendo que seria desnecessário traduzir "Hoje eu já disse a você...", porque meio que está implícito que o objeto da oração principal é o mesmo da subordinada. Mas senão, seria só acrescentar tyenna depois de quenten.


Tye ilquanya!

Ver anexo 90339

tye = forma independente de "você" (forma íntima)
ilqua = "tudo"
-nya = "meu"

Acho até que nesse tom romântico daria para usar ilu no sentido poético de "toda existência possível" (o mesmo que aparece em Ilúvatar = "Pai de Tudo":

Tye ilunya!

Ver anexo 90340
Desculpe intrometer, mas a tradução certa não seria assim: natyë ilunya
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Desculpe intrometer, mas a tradução certa não seria assim: natyë ilunya
Meu caro, em vez de te desculpar, eu te agradeço pela "intromissão"! Qualquer crítica ou sugestão é bem vinda. Como sempre tenho ressaltado nas próprias traduções, não faz muito tempo que comecei a me aventurar no quenya, por isso aprecio quando alguém dá uma revisada. Mas, mesmo que não fosse o caso, acho que as traduções estão aqui para ser criticadas e debatidas mesmo, e assim todos ganham. Espero que ninguém aqui tenha alguma vaidade do tipo.

Aqui, inclusive, discordo de você e, por tabela, de ninguém menos que o @Slicer. :lol: O Curso de Quenya do Helge Fauskanger remonta a uma afirmação de Tolkien de que "o verbo de ligação geralmente não é expresso onde o significado é claro" (Vinyar Tengwar 49:9). Há diversos exemplos canônicos dessa ocultação do verbo de ligação, como na Canção de Míriel e na Ave Maria - que salvo engano é uma das traduções mais recentes de Tolkien.

Este preceito não torna o verbo de ligação, portanto, errado, mas desnecessário, e talvez até incomum. Para mim, a frase sem o verbo soa mais poética, informal, íntima, daí - como é evidente que ilunya e ilquanya são predicativos do sujeito - acho mais apropriada para uma declaração de amor.
 
Última edição:

LadyVanex

Usuário
Ah, Reinaldo é o Reinaldo Lopes, o Imrahil? Ele é velho conhecido daqui, foi (ou é?) da Equipe Valinor, salvo engano foi um dos fundadores. Que bom que ele confirmou! Mas ele avaliou só a transcrição para tengwar da frase já em quenya, ou a tradução também?

E nada, disponha! :)
Isso, Reinaldo Lopes. E sim, ele avaliou os dois e disse que pareciam corretas.
 

Calion Alcarinollon

Cristão Católico
Meu caro, em vez de te desculpar, eu te agradeço pela "intromissão"! Qualquer crítica ou sugestão é bem vinda. Como sempre tenho ressaltado nas próprias traduções, não faz muito tempo que comecei a me aventurar no quenya, por isso aprecio quando alguém dá uma revisada. Mas, mesmo que não fosse o caso, acho que as traduções estão aqui para ser criticadas e debatidas mesmo, e assim todos ganham. Espero que ninguém aqui tenha alguma vaidade do tipo.

Aqui, inclusive, discordo de você e, por tabela, de ninguém menos que o @Slicer. :lol: O Curso de Quenya do Helge Fauskanger remonta a uma afirmação de Tolkien de que "o verbo de ligação geralmente não é expresso onde o significado é claro" (Vinyar Tengwar 49:9). Há diversos exemplos canônicos dessa ocultação do verbo de ligação, como na Canção de Míriel e na Ave Maria - que salvo engano é uma das traduções mais recentes de Tolkien.

Este preceito não torna o verbo de ligação, portanto, errado, mas desnecessário, e talvez até incomum. Para mim, a frase sem o verbo soa mais poética, informal, íntima, daí - como é evidente que ilunya e ilquanya são predicativos do sujeito - acho mais apropriada para uma declaração de amor.
Funciona igualmente em latim e grego clássico, aliás, duas línguas que severamente influenciaram o Professor. Inclusive a preferência por ao final do predicativo, e não antes, é aceno a tais idiomas.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo