1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Por favor, cuide da Mamãe (Kyung-sook Shin)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Héspero, 10 Dez 2012.

  1. Héspero

    Héspero Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Park So-nyo, 69 anos, mãe de cinco filhos, desapareceu. Ao chegar a Seul para visitá-los, saindo de sua aldeia com o marido, com quem é casada há mais de 50 anos, ela é deixada para trás em meio à multidão em uma plataforma da estação de metrô. Como fez a vida toda, ele simplesmente supôs que a esposa o seguia. Essa é a última vez em que Park é vista. Começa então a procura, liderada pelos filhos e o marido, que se transforma em uma exploração emocional repleta de remorso e marcada pela triste descoberta de uma mulher que ninguém nunca conheceu. Narrado pelas vozes de uma filha, de um filho, do marido e da própria mulher desaparecida, Por favor, cuide da Mamãe é, ao mesmo tempo, um retrato da Coreia do Sul contemporânea e uma história universal sobre família e amor.

    -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


    Considero este livro uns dos melhores que já li. Apresenta uma estrutura diferente, com grande influencia da cultura coreana. Vários elementos mostram o cotidiano de uma família típica. Seus dramas e os remorsos, das coisas que nunca foram ditas e feitas para as pessoas amadas.
     
    Última edição por um moderador: 22 Fev 2013
  2. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    Livro lindo e bastante emocionante
     
  3. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Olho para o título do livro e já sinto vontade de chorar. Há alguma possibilidade de eu não me afogar em lágrimas se, um dia, eu for lê-lo-ô-ô-ô?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  4. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    olha... eu diria que não...
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  5. Héspero

    Héspero Usuário

    Eu concordo. Impossível.

    Esse livro é o mais triste de todos. Mas recomendo. Muito. Você acaba aprendendo a dar valor as pessoas. E é bem pequeno, poucas páginas.
     
  6. Cássio Yeshe

    Cássio Yeshe Usuário

    Estou pensando em ler. Esse livros asiáticos (especialmente do leste da Ásia) são sempre emocionantes, he. Pelo título e sinopse já sei que vou ficar choramingante por uns dias depois que eu terminar.
     
  7. Héspero

    Héspero Usuário

    Cássio, vou falar a verdade.
    É exatamente assim. Liguei várias vezes para minha mãe no meio da noite, enquanto estava lendo.

    Ela quase pegou um avião pra ver se eu estava bem...:lol::lol::lol:
     

Compartilhar