1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Pontos de Escrita

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Eriadan, 16 Jan 2006.

  1. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    É sempre esta uma passagem de minha descrição subjetiva d'O Hobbit: "Uma história contada por hobbits, especificamente Bilbo, portanto bastante simplória, cômica, divertida, o que parece para alguns de nós um livro infantil". Para os hobbits, entretanto, de onde está o "ponto de escrita", não devia parecer uma história para crianças, mas uma que agradasse à maioria, estando em seu típico estilo de contos.

    Com certeza, a maioria de nós deve considerar O Senhor dos Anéis uma história muito mais "adulta": a forma, a linguagem, o estilo e tudo o mais. Na "introdução", porém, está: Do Marco Ocidental, aqui está contada a história da Guerra do Anel e do Retorno do Rei conforme vista pelos hobbits. Portanto, é estranho que os modelos de história sejam tão diferentes.

    Afinal, a versão de SdA que chegou ate nós seria realmente aquela escrita pelos hobbits? Ou, sendo que se trata de uma história bem mais famosa e relevante do que a viagem de Bilbo, poderia ser uma versão de Gondor ou Rohan, ou Valfenda? Acho que isso seria mais provável.

    Há uma verdade quanto a isso? Senão, o que acham? =]
     
  2. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Nos apêndices do Sda RdR existe a explicação: o texto foi escrito e alterado por Frodo, e por escritores de Gondor. Dê uma olhada lá que vc encontra o trecho inteiro... tá dif´cil de encontrar o emu aqui pra te passar o trecho! :-)
     
  3. Rufgand

    Rufgand Venus, Vina, Musica

    Bem, também não sei se há uma verdade qnto a isso, mas imagino q o Senhor do Anéis deva ser o relato segundo os hobbits!!

    Lembre-se, Eria, que o SdA foi escrito segundo o Livro Vermelho, que foi escrito pelos hobbits, e de acordo com o próprio Frodo, suplementado pelos ensinamentos da tradição e dos Sábios, portanto, por esse motivo, o SdA seria uma descrição mais madura que O Hobbit, que foi escrito por Bilbo, e provavelmente, somente por Bilbo.

    O relato "A Queda do Senhor dos Anéis e o Retorno do Rei" foi escrito pelos quatro hobbits membros da Comitiva do Anel, claro que a maior parte foi escrita por Frodo, mas Sam, Merry e Pippin tiveram parte importante na descrição e na construção do relato, tornando o SdA um livro mais "maduro" e "completo" que o Hobbit!


    Se o relato foi trancrito pelos homens de Gondor, com certeza houve alteração no relato, principalmente na formalidade e na "erudição" da escrita...realmente esse fato explica a diferença entre os relatos do Hobbit e do SdA!!

    Mas se não me engano, o relato do Hobbit também estava no Livro Vermelho não (Lá e de Volta Outra Vez)?? Então pq houve essa diferença?? Os eruditos de Gondor só traduziram o "A Queda do Senhor dos Anéis e o Retorno do Rei"?
     
    Última edição: 16 Jan 2006
  4. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Bom, a questão não é tão complicada assim. Antes de mais nada, é deixado bem explícito que o Livro Vermelho, onde constam as histórias que você referiu, foi, na ficção, escrito por Bilbo - a parte que narra as suas aventuras pela Terra-Média, Frodo - toda a história relacionada com o Anel e a sua destruição, e com alguns acréscimos por parte de Sam, em relação à sua vida no Shire. Tolkien deixa bem claro que, ficcionalmente, como já referi, foram estes os autores. Sabe-se que Sam viajou até Gondor pelo menos uma vez (não me lembro bem em relação a isto, posso estar errado), pelo que pode ter feito pesquisas para acrescentar alguma coisa ao seu livro, mas independentemente disso, o livro foi inteiramente escrito por Hobbits, portanto, claro, sob o ponto de vista dos Hobbits.

    Agora, quanto ao facto de as histórias serem tão diferentes, parece-me que existem boas razões para isso. O facto é que os acontecimentos são realmente, a nível emocional e histórico, muito diferentes. O primeiro, o Hobbit, narra uma história em que os dilemas da personagem principal são realmente algo primários - resumem-se ao abandono da sua vida pacata para dar lugar a uma vida de aventuras, e apesar de estas serem difíceis, Bilbo consegue realmente sair-se sempre bem, ou seja, não é uma história que trate de temas tão fortes como o Senhor dos Anéis. Não há um contacto constante com algum tipo de sofrimento, morte, ou dilemas pessoais complexos, que é o que acontece na trilogia do Anel. E historicamente, o Senhor dos Anéis marca um ponto de viragem importantissimo na história da Terra-Média, pelo que politicamente é muito mais desevolvido, enquanto que durante o Hobbit, tirando a batalha da Montanha Solitária, que bilbo retrata apenas como mais uma peripécia ao longo do seu caminho, fazendo com que não tenhamos noção do seu real valor, nada de realmente importante acontece neste contexto, tirando um ou dois factos, cuja importância apenas é revelada mais tarde.

    A meu ver são estas razões que tornam os "tons", por assim dizer, das duas histórias, tão diferentes.
     
  5. Bagrong

    Bagrong RaG

    Sim, o décimo está certo, o que trás a diferença é que O HObbit seria a parte narrada por Bilbo e O Senhor dos Anéis por Frodo (com um pequeno pedaço narrado por Sam).

    Tem-se que levar em conta o fato de que Bilbo não sabia o poder do seu Anel e nem tinha premeditado encontrá-lo, ele só narra como saiu de casa e acabou se metendo naquelas avenmturas.

    Já Frodo conhece o poder do que carrega e sabe o fardo pesado que será fazer isso. Ele também tem de narrar batalhas sangrentas e muitas mortes, o que não é plenamente vivenciado por Bilbo.

    Acho que a lenda criada por Tolkien se sustenta, basicamente, nas diferenças estilísticas de cada autor e nas diferenças emocionais vividas por eles.
     

Compartilhar