1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ponto Final (Match Point, 2005)

Tópico em 'Cinema' iniciado por ombudsman, 22 Fev 2006.

  1. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Match Point, 2006 .
    Woddy Allen

    Dificilmente algum filme baterá esse na disputa "Melhor de 2006" para mim. Finalmente, o Allen que andou meio senil nestes ultimos anos fez algo de bom. Bom nao, formidavel.
    O filme narra uma sequencia de casos amorosos entre Cris, Chloe, Nola e Tom. Como a propria sinopse do filme diz mais precisamente, Cris se apaixona por Nola, sua futura cunhada.

    Mas como sinopse dá pra ver em qualquer site de cinema, vou me reservar aos comentarios sobre esse filme.
    Ca**te! A narrativa sobre sorte, culpa e desejo é muito bem amarrada, com otimos dialogos e referencias a Crime e Castigo.

    Depois eu escrevo mais.


    85
     
  2. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Re: Ponto Final ( Match Point, 2006 )

    Foi uma surpresa ótima pra mim o filme. Talvez porque eu parto de alguns filmes péssimos do Woody Allen né :roll: Ele andou fazendo uns filmes que só por deus...

    Mas desse eu saí meio rindo do cinema e olha que é um suspense, meio drama. Tudo nele vai se construindo e sendo subvertido ao longo da projeção, principalmente a maneira como vemos os personagens.

    Enfim, na cena que eles entram no apartamento novo de frente pro parlamento eu soltei um "pqp" :lol:
     
  3. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    Re: Ponto Final ( Match Point, 2006 )

    Tisf, o que é curioso é o fato de varios dialogos meio "inocentes" no inicio do filme mudam de sentido ao longo da narrativa.

    E o dialogo entre o Cris e a Nola, onde eles se conhecem jogando ping pong é muito cafajeste mas ainda assim, charmoso :lol:
     
  4. Thico

    Thico The Passenger

    É, agora o Woody Allen depois de vários filmes meia-bocas e realmente muito ruins, acertou.

    Como o ombudsman falou, aqueles dialogos do inicio, que parecem tão inocentes você só vem a se tocar como eles são as coisas que dão o fio a história quando o filme acaba.





    Spoiler

    O dialogo dos quatro no restaurante pra mim tem a chave do filme.
    O Cris é um dos maiores filhos da puta que eu conheci nos últimos anos. :lol:
     
  5. Gondorian Blade

    Gondorian Blade Usuário

    Confesso q não conheço quase nada d Woody Allen, então fui sem saber o q esperar pro cinema. D fato é um filme bom, competente, mas nada d extraordinário.

    A história é meio batida, mas o clima d melancolia e o desfecho fazem valer a pena o tempo gasto. Além disso, a ambiguidade dos personagens é um dos trunfos do filme, pois nunca sabemos muito bem quais suas intenções.

    Os grandes destaques do filme foram a Sacarlett e a Emily, cada uma sensual e ingênua a seu modo. O Meyers estava meio canastrão no início, mas a partir do momento em q ele resolve tomar aquela decisão drástica sua atuação aumenta.

    E pra mim, aquele diálogo do Chris com a Nola no bar foi o melhor.

    65
     
    Última edição: 27 Fev 2006
  6. Fosco

    Fosco Usuário

    Muito foda. Demais.
     
  7. Gil_Gaer

    Gil_Gaer A lost elf

    Que vontade de chorar... de raiva!!!:disgusti:
    O filme AINDA não estreiou na minha cidade e nem tem data prevista.

    QUE ÓDIO!!!
    :buaa:

    Me desculpem, tive de registrar aqui meu descontetamento, minha revolta... em fim.:evil:
     
  8. Finrod

    Finrod Visitante

    Acabei de assistir o filme. Realmente me impressionou, não esperava que fosse tão bom.

    SPOILERS

    Quando o anel bateu no corrimão e caiu para trás eu lembrei do início do filme e pensei para mim mesmo: "agora ele tá fudido." Depois disso já comecei a imaginar o final. Ainda teve a cena do detetive que acorda no meio da noite e resolve o crime através de um sonho. E logo após esses acontecimentos, um drogado qualquer pega aquele anel que caiu no chão, e então pensei: "hahaha mudou todo o final!".

    Adorei o filme, realmente. Várias cenas me fizeram rir, ora a personalidade do Chris (i.e: quando o policial pergunta a quanto tempo que ele não via a Nola, e ele mentiu; então o policial mostrou o diário...), ora as cenas dramáticas de Nola. O que eu não gostei foi o aparecimento das mortas em espírito, de resto, muito bom. Fotografia, trilha sonora, estória, etc.

    76
     
    Última edição por um moderador: 11 Mar 2006
  9. Sprog Bullit Rockatansky

    Sprog Bullit Rockatansky Burn Baby... burn!!!

    ... eu disse a mesma coisa hahahah

    Tb, gostei do filme, final surpreendente (pareço o cara da propaganda de filmes da globo), mesmo com algumas cenas cliches, elas se encaixaram no filme perfeitamente.

    Termino o post, assim como terminei meu comentário do filme no meu flog... quero uma Nola pra mim
     
  10. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    A a única coisa que deu todo o valor nessa filme pra mim, foi o sr. Woody mostrar pessoas futeis de mais pra vc levar a sério.. vc simplsmente não consegue se envolver com ninguem do filme, todos são tipo..."foda-se" até mesmo o personagem principal do garotão la não passa a vontade de vc se identificar com ele, alias a dica é explicita varias vezes quando ele esta lendo Crime e Castigo e bem, isso é citado enumeras vezes no filme e o nome de Dostoievski e todo esse bla bla bla... uma dica obvia.

    Mas eu acho que a grande sacada do sr. Woody "caso com minha filha mesmo!" é o lance dele nos desprender das identificações.
     
  11. Barbárvore.

    Barbárvore. Beatlemaniac

    Tchê, esse pra mim é o melhor filme do ano até agora!
    Personagens filhos da puta não faltaram heheheh
    Eu gostei do início ao fim, desde o lema ("Algumas pessoas têm sorte, outras não") até a indecisão e o fim "revoltante".
    A parte do anel o Woody Allen conseguiu enganar todo mundo heheheh
    E ao contrário de outros que não acharam "extraordinário", eu achei e digo mais: batia muito filmezinho aí que concorreu a Melhor Filme =P
     
  12. Sprog Bullit Rockatansky

    Sprog Bullit Rockatansky Burn Baby... burn!!!

    É... o filme tem seu valor, naum vou dizer que bate os filmes do oscar, lógico que dai entra o esteriótipo de filmes dramalhões que a academia adora colocar como concorrentes, mas as indicações nos globo de ouro devem ser consideradas tb...... tantos filmes bons as vezes não conseguem todos fazerem parte do oscar.

    Muita gente deve ter ficado possessa por essa frase "Algumas pessoas têm sorte, outras não" ...... pois naum acreditam mesmo nisso. Quem sou eu pra julgar o que elas acham disso, mas que isso muitas vezes tem uma interferencia direta isso tem.
    A parte do anel me enganou direitinho...... até mesmo pq, qndo a noticia de que acharam o anel veio na telona eu disse pra mim "fudeu"... assim como disse Finrod hehehe
     
  13. Barbárvore.

    Barbárvore. Beatlemaniac

    Bom, entrei no filme sem acreditar em sorte e saí do filme em dúvida: "Será que sorte existe mesmo?" hehehe
     
  14. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Vi o filme faz umas duas semanas já, mas só hoje me lembrei de comentá-lo.

    ***SPOILERS***

    Esse filme é um belo exemplo de como um roteiro bem amarrado funciona.
    Eu sinceramente não desconfiava da interação com o Crime e Castigo, apesar dos sinais (ele lendo famigerado livro, e depois discutindo sobre Dostoievski com o sogro), mas é porque atualmente vejo referências em tudo quanto é lugar do Dostoievski. O cara está na moda. Ele é citado em Lost, Minha Nada Mole Vida, nas letras do Engenheiro do Havai, etc etc.
    Eu só me toquei das referências diretas quando ele tocou a campainha da vizinha e nessa hora imaginei que o filme tomaria o mesmo rumo da história de [SIZE=-1]Raskolnikov.
    O fim também foi inesperado, eu realmente não esperava que fosse acabar com ele levando a melhor.
    Bom, é claro que o filme não chega aos pés da psicologia dramática empregada pelo russo, mas nem foi essa a intenção. O filme funciona perfeitamente naquilo que se propôe a fazer, e prova que o Woody tem talento para além da comédia.

    Sobre a questão sorte X coincidência, eu acredito que - ainda mais tendo em vista as opiniões do próprio Allen - tudo não tenha passado mesmo de um acaso. Tudo depende de como a gente interpreta os fatos. E isso foi muito bem colocado no filme.


    [/SIZE]
     
  15. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Ele realmente levou a melhor?
     
  16. Khansc

    Khansc Banned

  17. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Não! Não!!! Não pode ser simplista assim!

    Por que você acha que sim?
     
  18. Khansc

    Khansc Banned

    Esse "Sim" meu agora foi pra você?
     
  19. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Tá, desculpa.
     
  20. Silenzio

    Silenzio Visitante

    E como não? Ele conseguiu continuar solto, ter o filho, casou com uma mulher rica, ganhou um excelente emprego e ainda saiu com a gostosona do filme. Não sei como ele poderia ter se saído melhor.

    Ah sim, esse filme teve um efeito especial em mim também (devido a história). E eu realmente acredito que ele amava, apesar de tudo, a mulher com quem se casou :D
    Tisf, sobre a MP, de alguma forma alguém tinha que rir da piada :lol:
     

Compartilhar