1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

PM x PCC

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Jeff Donizetti, 5 Out 2012.

  1. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Facção deu ordem a criminosos para assassinar policiais em SP

    Documentos em poder da polícia e do Ministério Público de São Paulo revelam que chefes da facção criminosa PCC deram ordens expressas para a matança de policiais e que desde 2011 se estruturam para esses ataques. Um desses documentos, que funciona como espécie de ordem permanente para todos os integrantes, diz que policiais deverão ser assassinados toda vez que um criminoso for morto pela polícia.

    "Se alguma vida for tirada pelos nossos inimigos, os integrantes do comando que estiverem cadastrados na quebrada do ocorrido deverão se unir e dar o mesmo tratamento. Vida se paga com vida, e sangue se paga com sangue."

    Essa ordem, que integra um processo na Justiça, foi apreendida em dezembro de 2011 na casa do suspeito de ser um dos principais chefes do bando na Baixada Santistas. Cópias foram apreendidas em outras regiões de SP.

    Só neste ano ao menos 75 policiais militares foram mortos --de janeiro a setembro do ano passado, foram 38. A suspeita é a de que parte desses crimes foi cometida por ordem da facção.

    Conforme a Folha revelou nesta semana, com base em cerca de 400 documentos apreendidos pela polícia e Promotoria, a facção tem 1.343 integrantes cadastrados em 123 cidades de SP.

    O governo paulista diz que as informações são uma "lenda" e que o número de criminosos da facção não passa de 40, quase todos traficantes e presos há tempos.


    GUERRA
    Nesses mesmos papéis há comunicados produzidos entre setembro e outubro de 2011 em que os criminosos discutem o que fazer com policiais civis de São Paulo. Um membro da cúpula do PCC diz: "Não é hora de entrar em guerra com a [polícia] Civil, pois já estamos numa guerra com a militar, onde nós estamos perdendo vários malandros na covardia."

    E segue: "Vamos nos fortalecer, organizar nossa família, no setor financeiro, progresso [droga], depois a sintonia das quebradas. Quando estivermos prontos para reação, aí iremos para ação, com inteligência, sem chance de defesa pra eles."

    Nesses documentos aos quais a Folha teve acesso, os criminosos relatam uma série de baixas sofridas pela facção, várias atribuídas à Rota, a tropa de elite da PM.

    "Estamos passando a pior fase. Tá a maior covardia dos vermes da 'R' [Rota]. Tão tirando a vida de vários malandros da hora. Tão chegando muito rápido e não estamos conseguindo descolar de onde estão vindo", diz trecho de relatório assinado com Érick.

    A Promotoria acredita tratar-se de Érick Machado Santos, o Rick, considerado um dos principais chefes da facção criminosa em liberdade.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Engraçado que, quando a ROTA mata 20, o povo acha ruim. :think:
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Mata vagabundo e todo mundo chama de coitado depois de morto, mata policial e ninguém dá um pio.

    Sociedade de ovelha, só se mexe quando tá sendo mordida e olhe lá...
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  4. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Tem nada disso, na maioria dos casos quando se mata "vagabundo" o senso comum fala do mesmo jeito que voce. Aplaude, acha que ta resolvendo, que assim vai e bla bla bla, poucos que se levantam para defender o morto, até porque quem faz isso só toma pedrada.
    E os direitos humanos acolhem também as causas dos policiais quando os mesmo são mortos.

    Claro. o bandido mata as pessoase o próprio nome diz porque, BANDIDO, o cara é fora da lei, criminoso, ele age contra a sociedade e toma os devidos castigos por isso.

    A ROTA já não, ela é uma institui;cão do estado, é obrigação dela prezar pela lei e pela justiça, não pelo revanchismo e exterminimo simples.
    Quando a ROTA vai e mata 20 suspeitos de qualquer coisa ela em nada se diferencia de qualquer outro traficante com "espirito de justiça" que julga e mata pelas próprias leis, ignorando a justiça.
    Aláis, a Rota nem existir deveria, maldita herança do malufismo e do ultra-conservadorismo paulistano.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    E violência do Estado nunca resolveu nada, por 3 motivos: 1º o crime é premeditado, ou seja, foi planejado para não ser pego, acha que nunca será pego, em se tratando do Brasil e com nossos CSIs isso não está muito longe da verdade, não, ou 2º o crime é causado pelas circunstâncias, não foi planejado, é resultado das emoções, não é pensado, não se raciocina para cometer, quando se percebe já era e 3º um Estado que se permite ser violento nunca vai convencer um indivíduo que ele não pode fazer o mesmo.
     
  6. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Isso é um prato cheio pra desacreditar a polícia, estimular ódio antipolicial, e afervorar o 'discurso' de vagabundo oprimido pela 'repressão policial'.

    Típico de Brasil. Fanfarronices ideológicas.
     

Compartilhar