• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Planeta Marte (notícias e novidades em geral)

dermeister

Ent cara-de-pau
Como andam as expectativas para o pouso da Mars 2020 / Perseverance por aqui?

A NASA tem alguns streams ao vivo.

Eu estou acompanhando esse raw feed aqui, direto do centro de controle com o mínimo de interferência, assim enquanto trabalho eu fico ouvindo a comunicação entre os controladores misturada com os comentários.




E tem esse outro aqui com mais comentários e marketês:

 

dermeister

Ent cara-de-pau
As mensagens avisando do sucesso na separação do estágio de cruzeiro chegaram há pouco, então o que quer que tenha acontecido já aconteceu e só vamos saber daqui há uns minutos :tenso:



EDIT 18:00: Yeah! Pousou... primeira imagem, antes mesmo de ela apontar antena de alto ganho pra Terra.

primeira imagem.jpg
 
Última edição:

dermeister

Ent cara-de-pau
Esse ano promete e logicamente desejando boa sorte aos outros países que também estão investindo em Marte, como no caso dos Emirados Árabes com a sonda Esperança


Três missões relativamente inéditas na mesma janela de transferência é coisa rara mesmo. Eu ainda estou meio lento para acompanhar todas as notícias e desenvolvimentos delas.



E voltando para a Percy, a equipe responsável pela operação da câmera HiRISE a bordo da MRO divulgou uma nota com essa imagem absurdamente linda:


perseverance-descent-large.jpg

Ela já tinha capturado entradas antes, como a da Curiosity em 2012, mas a de ontem me parece bem mais fotogênica. Essa sonda está em órbita de Marte desde 2006 e funcionando que é uma beleza... deve ser movida a fúria e bruxaria!
 

dermeister

Ent cara-de-pau
E esse vídeo da descida ressincronizado com a conversa dos controladores então? Eta coisinha mais linda:


É tão bom quando se tem memória, poder de processamento e banda de rede para essas coisas "supérfluas". Dá pra ver a sky crane com todos os detalhezinhos.

Edit: typos.
 
Última edição:

Mellime

Ohlala
Usuário Premium
Fico emocionada com essas coisas. Não acho supérfluas essas missões - sou do time redundância. Eventualmente vai dar ruim por aqui e se não tivermos um backup da espécie vamos nos arrepender amargamente.
 

dermeister

Ent cara-de-pau
Na verdade o "supérfluas" foi para as imagens da entrada/descida/pouso mesmo :) É uma hora crítica demais e simplesmente não dava para ocupar os computadores dela com qualquer outra coisa, dadas as limitações impostas ao poder de processamento -- as CPUs principais precisam ser protegidas contra radiação e isso implica em processadores lentos e pouca memória, que não aguentariam gravar vídeos de várias câmeras enquanto precisam guiar a nave e gerar os mapas de navegação em radar e imagem etc.

A alternativa só foi possível porque se tinha um pouco de folga nos limites de espaço, peso e energia, o suficiente para se adicionar um sistema independente para captura dessas imagens usando hardware convencional (e não radiation-hardened como os demais), rodando Linux e com um monte de processamento e memória sobrando a um custo baixo. Durante a descida os vídeos foram gravados em tempo real e com pouca compressão, como numa câmera normal, nas memórias dedicadas bem abundantes; quando a poeira baixou (isso é meio literal aqui, né?) eles foram recomprimidos usando o ffmpeg (sério!) para economizar banda de comunicação (outo recurso bem limitado) e transmitidos para a Terra assim que abriu uma janelinha de disponibilidade entre os dados prioritários. É bem provável que a exposição ao ambiente hostil vai fritar esse hardware logo, mas isso não prejudica a missão porque ele só era necessário entre a entrada e a transmissão das imagens mesmo.

O Ingenuity, por sinal, também usa hardware convencional com um processador ARM rodando Linux e memórias quaaase normais (memória com ECC não é tão comum em embarcados quanto em servidores, mas alguns de função mais crítica usam aqui na Terra mesmo). É daí que vem as limitações esperadas para a vida útil dele lá, mas como o objetivo da missão é investigar a viabilidade de operar um helicóptero por lá sem comprometer os recursos dedicado aos objetivos científicos principais.


Aliás, estou assistindo a esse vídeo completo da apresentação de ontem:


(não tem legendas e não sei dizer se aquela transcrição automática do Youtube tá em condições de leitura)
 
Última edição:

dermeister

Ent cara-de-pau
Acho que quase todo mundo aqui sabe do ovo de páscoa escondido no paraquedas, não? Eu acabei esbarrando no spoiler antes de ter a chance de decodificar, o que não foi tão ruim assim porque se não fosse por isso eu ia inventar de tentar descobrir por conta própria com o trabalho se acumulando aqui :think:


Para quem quiser:

parachute-mini.jpg


Está em binário

A relação número→letras não é ASCII

É a frase DARE MIGHTY THINGS e as coordenadas do JPL

Os números são escritos diretamente em binário (branco=0, vermelho=1), do bit mais significativo para o menos significativo em sentido horário, e as sequências de 1s longas demais devem ser ignoradas (mas de certa forma ajudam a identificar as bordas da mensagem). As letras são esse número mapeado diretamente para a posição no alfabeto (A=1 ... Z=26). A mensagem é lida em sentido horário também e quando interpretar um número ≤ 26 como letra só depende do contexto.

parachute-msg-mini.jpg


Peguei essa imagem daqui:
 
Última edição:

Valinor 2021

Total arrecadado
R$125,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo