• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Pizza assada na lava de vulcão em erupção faz sucesso na Guatemala

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ


Chef cozinhando pizza em um fluxo de lava fresca do vulcão Pacaya, na Guatemala - AFP

Chef cozinhando pizza em um fluxo de lava fresca do vulcão Pacaya, na Guatemala Imagem: AFP

O vulcão Pacayá, na Guatemala, está em erupção e vem mantendo as comunidades locais e as autoridades em alerta máximo. Mas o chef David Garcia viu no fenômeno natural uma oportunidade de negócio, aproveitando os turistas que vão até lá: cozinhar pizzas usando o calor gerado pela lava.

A "Pizza Pacayá", como foram nomeadas por ele, é cozida em menos de 10 minutos e acabou se tornando o prato típico da região — que inclusive conta com um perfil no Instagram para a divulgação.

"Fiz uma pizza, levei para as rochas vulcânicas e em poucos minutos estava pronta" disse David Garcia para a AFP. "As altas temperaturas deram-lhe um sabor e um crocante incrível."

Pizza Patayá, feita no vulcão na Guatemala - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram

"Pizza Patayá", feita no vulcão na Guatemala Imagem: Reprodução/Instagram

De acordo com o Interesting Engineering, as pizzas são cozidas em bandejas de metal capazes de suportar temperaturas escaldantes de mais de 1.800 graus.

Muitas pessoas hoje vêm para desfrutar da experiência de comer pizza feita no calor vulcânico."
David, que trabalha com a produção do prato desde 2013, costumava assá-los em pequenas cavernas nas encostas da montanha, do outro lado do vulcão. Agora, ele mudou seu negócio para um local mais arriscado, mas que vem dando certo.

O chef David Garcia ao lado de um visitante - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram

O chef David Garcia ao lado de um visitante Imagem: Reprodução/Instagram

"Não vendi muito nos primeiros dias", contou o chef em entrevista ao site "Forbes".

A atração tem agradado aos turistas. "Ter uma pizza cozida nas brasas de um vulcão é alucinante e único no mundo", disse à Forbes o viajante Felipe Aldana. A opinião dele é complementada por outro recém-chegado da Holanda: "É louco pensar que estamos comendo algo que foi cozinhado na lava. É algo que só vemos aqui".


Pizza Pacayá - Reprodução/Instagram




Pizza Pacayá - Reprodução/Instagram



Pizza Pacayá - Reprodução/Instagram


Cozinhar em pedra de lava é uma tradição principalmente nas áreas do mundo onde há vulcões próximos — mesmo que seja usado fogo para aquecer a pedra.

As rochas de lava distribuem o calor uniformemente e o liberam gradualmente. A fumaça e o cheiro são reduzidos e a liberação lenta de calor permite que o processo de cozimento seja facilmente controlado. Veja o vídeo do processo:

 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Nos Açores eles fazem uns cozidos de legumes com o calor geotérmico, Japão também (tem umas termas que o pessoal cozinha ovo e tudo mais:


Parece ser algo conhecido a bastante tempo como atesta uma revista em quadrinhos dos Anos de Ouro do Pato Donald que ele vai visitar um país latino com vulcões e aparece um pequeno vulcão no quintal dele e ele resolve que é uma boa idéia cozinhar em cima daquele pequeno monte em forma de formigueiro. E é tudo "fun and games" até que o vucão principal da região entra em erupção e todos os pequenos vulcões iguais ao do Donald que ele estava cozinhando também entram em erupção e o vulcão dele estoura tudo em volta com panela e o resto abrindo rachaduras, soltando gases no momento em que ocorre um terremoto.
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Donald é sensacional pra esses exemplos por mostrar de um jeito lúdico como turista, gringo e ideias turísticas podem acabar mal. Nos últimos 5 anos no Japão teve mais de uma erupção matando quilos e quilos de turistas em lugares propícios pra esse tipo de culinária (arredores de um vulcão) e não dava tempo nem de dizer "ai". Alguns morriam sufocados com gás venenoso soltado sem aviso, outros morriam com uma pedrada na cabeça, outros cozidos pela nuvem piroclástica. Ou seja, coisas da velha da foice.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo