1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Philip K. Dick

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por imported_Wilson, 28 Dez 2008.

  1. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Segundo o escritor
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , Philip K. Dick foi o maior escritor visionário do século 20. Como eu não conheço todos os escritores visionários do século 20, não tenho como dizer se isso é verdade ou não, mas é um bom jeito de apresentar o cara e ele é um de meus escritores favoritos de todos os tempos.

    Segundo ele, tudo merecia ser questionado, desde o governo até a própria realidade e o universo. O que consideramos como real, ou como nossa identidade, é sempre, em menor ou maior grau, o tema de seus livros - o que geralmente acaba levando seus personagens à paranóia e à loucura.

    Sempre com tramas mirabolantes, personagens bem construídos, temas como inteligência artificial, viagem no tempo, universos paralelos e governos autoritários, alguns de seus livros acabaram gerando filmes muito bons (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ) e outros nem tanto (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ?). Embora desses aí, apenas "O homem duplo" conseguiu adaptar bem a sensação de se ler um livro de PKD, em que a narração é sempre misturada a divagações filosóficas (sem nunca ficar chata ou perder o pique) e às vezes transita da terceira para a primeira pessoa num piscar de olhos.

    Livros publicados no Brasil:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Época - início de década de 1960. Negros são escravos. Judeus - os poucos que ainda existem - se escondem sob identidades falsas para não serem completamente exterminados. A África é um continente morto. Os Estados Unidos praticamente não existem mais. O mundo vive sob o domínio da Alemanha e do Japão. Que ninguém se espante com esse panorama - afinal, os nazistas ganharam a Segunda Guerra Mundial. Em 'O homem do castelo alto', Dick oferece uma visão assustadora da história e levanta a grande questão; 'O que é a realidade, afinal?'"

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Encenado em um futuro não tão distante, no ano 2021, uma sombria, mortífera e permanente poeira radioativa cobre o céu, em conseqüência de uma terrível guerra mundial que quase destruiu a Terra. Para escapar da morte, a raça humana parte para a colonização de outros planetas, onde divide a existência com robôs humanóides cada vez mais sofisticados, os andróides. Alguns replicantes, porém, se rebelam contra seus criadores e escapam de seu domínio. Eles estariam incógnitos se não fosse a obstinação de um grupo muito especial de justiceiros a serviço da polícia - os caçadores de andróides."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Em um futuro não muito distante, a cidade de Los Angeles é rastreada 24h por scanners, infestada por milhares de insetos imaginários e tomada pelo tráfico de drogas cujo principal produto é a 'Slow Death' ou 'Substância D' - que afeta os hemisférios cerebrais e causa uma dependência jamais vista. Neste cenário, o agente duplo Bob Arctor tenta descobrir quem são os principais traficantes da cidade, mas pode sucumbir aos apelos de uma viciada sedutora, durante a trama de 'O homem duplo', de Philip K. Dick."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Eescrito por Philip K. Dick, 'Valis' conta a história de Horselover Fat, um sujeito melancólico e obsessivo que tem uma estranha revelação divina. Fat está convencido de que uma entidade superior, que já foi Buda e Jesus, está para nascer a qualquer momento, e não vai descansar enquanto não encontrá-la. Neste 'romance policial teológico', Dick surpreende ao ser narrador e personagem da trama. Impiedosamente honesto, revela-se sem disfarces, sem medo de assumir a própria loucura."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Escrito por Philip K. Dick, autor de 'Minority report - a nova lei', 'O pagamento' conta a história de um cientista que desenvolve um sistema que apaga a memória dos envolvidos em projetos ultra-secretos para grandes corporações. Ao ter sua própria memória apagada, o cientista tem de investigar o próprio passado para poder salvar sua vida. Além do conto que inspirou o filme de John Woo, estrelado por Ben Affleck e Uma Thurman, o livro traz outras onze histórias do autor."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Este livro traz uma coletânea de contos de Philip K. Dick, mestre da ficção científica e criador de histórias como 'Blade Runner' e 'Vingador do Futuro'. O conto que dá nome ao livro, inspirou o cineasta Steven Spielberg a realizar o filme homônimo que chegou aos cinemas estrelado por Tom Cruise. No total o livro contém dez contos escolhidos entre o melhor do trabalho deste escritor criativo e irônico. A primeira história é 'Minority Report', que mostra um mundo futurista onde não há crimes, pois eles são previstos antes de acontecerem. O detetive John Anderton descobre que foi indiciado como futuro criminoso e começa uma corrida contra o relógio para solucionar sua própria infração. Entre outros contos presentes estão - 'Impostor', 'A Segunda Variedade' e 'Podemos Recordar por Você, por um preço razoável'."

    *sinopses tiradas do site da Livraria Cultura


    Desculpem o post-monstro:cthulhu:, mas fica aí a dica. Meus favoritos: "O homem do castelo alto" e "Valis".
     
  2. Anica

    Anica Usuário

    Nha, cute! Você abriu o tópico :grinlove:

    Eu li O homem duplo depois de ler Ubik, mas não gostei tanto quanto Ubik. A narrativa mudava de uma pessoa para outra, e todas eram muito loucas então ficava meio cansativo de ler, no final das contas. Eu morro de curiosidade de ler O caçador de andróides (que tem um nome muito mais estáile em inglês "Do Androids Dream of Electric Sheep?").
     
  3. Breno C.

    Breno C. Usuário

    A verdade é que o Dick é o cara.
    Ele tinha uma mente muito mais a frente do que a época dele. Fora que os títulos dos livros dele (como a Anica já falou) em inglês são muito foda. Eu queria ter um contato maior com a obra dele, mas é muito difícil encontra os livros em português, é como se houve um preconceito com o trabalho dele. Os livros que eu achei vendendo foi O homem duplo, que li por ebook, e O Pagamento.
    O engraçado é que se os livros do Dick fossem reeditados, venderiam mais que gelo em deserto.
     
  4. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Eu não gostei muito de "O caçador de andróides" (talvez porque eu já tinha visto o filme e gostado muito). Pra quem quer conhecer mais dele, eu realmente recomendo "O homem do castelo alto" (que eu sempre vejo nas livrarias), que não é tão louco assim, os personagens pelo menos são pessoas normais. E é bem interessante ver o futuro alternativo que ele cria tendo os países do Eixo ganhado a 2ª Guerra.
     
  5. Tilion

    Tilion Administrador

    O problema das ausência de "divagações filosóficas" em Blade Runner tal como o filme foi lançado originalmente está nos cortes que fizeram. Tiraram a maioria das sutilezas, por ordem dos tops do estúdio, geralmente em cenas onde esses próprios tops não entendiam direito o que acontecia e qual era a relevância delas para o todo (isso é detalhado no documentário da edição de colecionador).

    O negócio é assistir a versão definitiva do diretor, com todos os minutos possíveis adicionados. Afinal, essa é a visão original do Ridley Scott e acho que, ainda que não seja tão filosófico quanto o próprio livro, o resultado é bem satisfatório.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Liv

    Liv Visitante

    Só eu que não connheço esse autor? </vergonhêra>
     
  7. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Mesmo sendo tido como o mestre da ficção-científica, dentre os livros dele que eu li, me marcaram mais aqueles que se afastam um pouco do gênero, como "Valis", "O homem do castelo alto" e "Vozes da rua". A Time publicou uma lista com os 100 melhores livros de língua inglesa do século XX e colocou Ubik nela. A história é bem empolgante e tem umas ideias interessantes sobre tempo, telepatia, morte, mas acho que fica devendo aos outros.
     
  8. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

  9. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Só li O Caçador de Andróides. Queria muito ler O Homem do Castelo Alto, que dizem ser sua obra de maior profundidade. Sem contar que só por ele ter dado a idéia que originou o Blade Runner já é alguma coisa que merece ser respeitada. Um dos melhores filmes que já vi e o livro é ótimo também.
     
  10. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Eu li o "Blade Runner" em inglês (e no iPod nonetheless), depois de ter lido "O homem do castelo alto". Não sei exatamente porque, talvez mereça ainda uma segunda leitura, mas não me impressionou muito. Gostaria de ler mais ficção de gênero do K. Dick, mas aqui só acho os que já foram adaptados pra o cinema e sempre fica aquela questão de se vale a pena comprar o livro ou não.
     
  11. Anica

    Anica Usuário

    Eu já li O Caçador de Androides e gostei muito, mas Ubik continua sendo meu favorito. Tenho O Homem do Castelo Alto aqui em casa mas não me animei muito para ler porque o Fábio (que é minha referência para ficção científica :timido: ) não curtiu muito.
     
  12. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    O problema em relação a Ubik é o preço que estão querendo cobrar por ele. Mesmo na Estante Virtual achei o preço um tanto salgado. Sem spoiler, qual é a do livro?
     
  13. Anica

    Anica Usuário

    http://www.meiapalavra.com.br/showthread.php?tid=1245
     
  14. imported_Shiryu

    imported_Shiryu Yippie-ki-yay...

    Deixo reviver este tópico. Estou querendo me iniciar nas leituras do Philip K. Dick, o que vocês recomendam primeiro: O Homem do Castelo Alto, Ubik ou Os Três Estigmas de Palmer Eldritch?
     
  15. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Não li o do Palmer Eldritch. Eu recomendaria O Home do Castelo Alto. É o meu favorito entre os 3. É um pouco mais sério também. Daí você engata Ubik, uma aventura divertida pra dar uns nós em sua cabeça.
     
  16. joao p.

    joao p. Guardião da Luz de Arinium

    eu li o Homem do Castelo Alto no inicio desse ano, achei muito bom!
    tava em duvida em qual o proximo a ler, e seguindo a opinião da galera acho que vai ser Ubik mesmo!
     
  17. Diego-

    Diego- Usuário

    Pra quem gosta do autor, a Aleph tá lançando agora o "Realidade Adaptadas" que é uma coletânea com os principais contos do Philip K. Dick. Coletânea BEM interessante e com uma capa um tanto estranha.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar