1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Pesquisa "Futuro do Brasil"

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Edu, 7 Nov 2006.

  1. Edu

    Edu Draper Inc.

    Trata-se de uma pesquisa do Governo sobre um tal "Projeto Brasil 3 Tempos", para o desenvolvimento nacional. Achei bem bacana isso do Governo querer saber o que a parte do povo que tem acesso à Internet acha, e vou achar mais bacana ainda se eles realmente respeitarem o que essa parcela da população acha e fizerem (se fizerem) esse projeto baseado nos dados que a pesquisa coletou. Se bem que essa pesquisa deveria ser levada às mais diversas regiões do Brasil, e não só divulgada na Internet, já que o seu objetivo é bastante pretencioso.

    Para preenchê-la,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
    As perguntas são meio cretinas, mas vale a pena :obiggraz:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Madame Ko

    Madame Ko "o Processo Ludovico"

    As perguntas realmente são bem cretinas!!!
    Fiz, mas acho meio estranho essa forma de senso..
    Porque só os usuários da internet? Contenção de despesas?
    Já começamos bem....
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Algumas são óbvias, mas considerando-se que a lógica e o bom senso não prevalecem no nosso país (common sense is not so common), acho que realmente é necessário expressar isso por escrito. São dessas coisas que você já sabe a resposta, mas que de vez em quando assim mesmo você pergunta.

    No entanto, IMHO, algumas delas vão se chocar umas com as outras.

    Selecionar prioridades para o país, por exemplo, pode estar contra as demandas para o povo que mora no país.

    Exemplo: o povo (desempregado ou não) demanda a liberdade de trabalhar como camelô. No entanto, ao permitir isso, o governo literalmente detona com o comércio formal, com as indústrias legais, etc., o que gera mais desempregados, e com isso, a principal reclamação do povo como um todo de que "o governo deve gerar" empregos torna-se impossível de ser realizada.

    Não raro, as pessoas perguntam para que dispender tanto com pesquisa básica. Faraday era um inovador e empreendedor. Por causa dele temos o mundo que temos hoje. Mas, quando ele brincava com seus ímãs que mexiam quando passava por perto uma corrente elétrica, um dos Lordes da Câmara perguntou "interessante, mas para que serve, senhor?"

    A lenda diz que Faraday respondeu "para que serve um bebê?". Em uma palestra do prof. M. Nussezveig, ele declara "que o bebê de Faraday" cresceu e se tornou "Itaipu", as usinas nucleares, os carros, as batedeiras e liquidificadores, o trem.

    O medo humano de ser substituído pela máquina. Apesar de que sem a máquina, ainda teríamos os acidentes de trabalho horríveis de ser esmagado por uma viga quando a força de um dos vinte colegas falha. (guindaste evita isso, não?)

    O que a sociedade precisa não necessariamente é o que ela quer.

    Mas porque somente na internet?

    Bem aqui há uma enorme democracia. Quer queiramos ou não somos muito mais na internet que o são os americanos. Talvez perdamos para os chineses?

    Não sei... mas a internet, apesar do aspecto elitista, é uma mídia que propicia um amplo alcance por todos os lados do país. E pessoas que antes nunca dirigiram a palavra para o presidente da república, acham hoje fácil mandar a ele um e-mail (apesar que eu sempre digo que carta de verdade enche de verdade a caixa de verdade do planalto)

    Ontem (10 anos atrás) era difícil eu ter contato com alguém do Amazonas, a não ser que ele escrevesse para uma revista nacional dizendo "quero ter contato com pessoas interessantes", e a gente teria de se arriscar para ver se a pessoa valia a pena. Hoje, você antes de mandar correspondência, pode "ver" se a pessoa é interessante, vendo as opiniões dela na internet.

    Como eu disse... as pessoas entram em contato com o governo por carta? Por sinal de fumaça? por telefone, telegrama, whatever?

    não... somos muito preguiçosos.

    mas (apesar de meus protestos) todo mundo logo vai escrevendo e-mails.

    agora, o que isso vai fazer para mudar o país? o governo vai ler?

    não sei... nem sei se as respostas vão ajudar algo...

    no entanto, o volume de respostas pode ser um indicativo para eles.

    e para esta que escreve, serve mais como um momento de reflexão destas coisas, de pensar o que eles estão tramando.
     
  4. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Eu respondi.
    Achei meio superficial. Mas tá valendo! Pelo menos querem saber a minha opinião! Já é um bom começo pra mudar o país!
     
  5. ShidoSan

    ShidoSan Traí o mov. vegetariano véio

    Respondi. Achei que ficou faltando muitas coisas, mas, é melhor que se façam pesquisas incompletas do que nada.
     

Compartilhar