1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Penguin compra 45% da Cia das Letras

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anna Cwen, 5 Dez 2011.

  1. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Alguém sabe se isso terá alguma implicação prática para os consumidores?
     
  2. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    para leitores a notícia é boa se a penguin trouxer para o brasil a proposta de vender títulos atuais/modernos a preços baixos, no formato de paperback. seria fantástico. mas eu não acho que vá acontecer.
     
  3. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    A Cia das Letras começou a editar livros em formato 'de bolso', mesmo alguns livros relativamente recentes. mas realmente paperback eu acho improvavel.
     
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    os livros da companhia de bolso são cute mas não são baratos como seria de se esperar do formato. tem livros desse selo que chegam na casa dos 35 reais (preço de um livro normal), qdo a ideia de um livro de bolso (pelo menos pensando nos paperbacks) era não ser muito mais caro do que os livros de formato normal. o bacana da companhia de bolso é que eles resgatam títulos que já estavam esgotados em um novo formato.

    mas o que eu imaginava da penguin era justamente colocar o paperback para funcionar, mas não acho que vai acontecer por dois fatores:

    - a cia prima muito pela qualidade do material usado nos livros. é uma editora q se preocupa com a apresentação, não entrega qualquer coisa para o público. são livros caprichados. e o que o schwarcz está insistindo nas entrevistas é que como a cia ainda tem a maior parte das ações, as coisas funcionarão como sempre, ou seja, as decisões partindo deles. então não acho que da noite para o dia eles vão mudar de ideia sobre a qualidade. se assim fosse, a companhia de bolso já teria livros mais xumbreguinhas mas mais baratos.

    - o ispaine da arte e letra disse que o papel usado para paperback é mais caro que papel normal aqui no brasil. uma coisa até meio chocante, se for pensar bem, mas acaba dificultando a ideia do formato por essas bandas.

    *********

    edit. uma coisa engraçada que pensei agora é que os livros da penguin-companhia saem bem baratos (já vi alguns até por 15 reais), até se comparar com os da companhia de bolso. de repente aqui no brasil dê para fazer algo mais em conta sem necessariamente ser o formato paperback :think:
     
    Última edição: 5 Dez 2011
    • Gostei! Gostei! x 2
  5. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    post duplo, mas o luiz schwarcz postou alguns esclarecimentos
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e achei legal compartilhar

     
    • Gostei! Gostei! x 6
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    up no tópico aqui. vi essa nota que saiu
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    tem uns dias:

    já é o segundo caso de escritor lá de fora que é penguin que está mudando de casa aqui no brasil. primeiro o hornby - o que eu achei uma boa notícia, a rocco é extramente desleixada com os livros dele, deixa coisa como febre de bola esgotado por anoooos. companhia se orgulha de ter boa parte do catálogo ainda disponível, então nisso eu fico feliz sobre a mudança. mas a l&pm sempre cuidou bem do simenon, e poutz, mantinham um ritmo de pelo menos um título dele por mês, e num valor mais em conta por causa do formato (pocket). :|
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Foi isso que pensei.
    Acho que a L&PM cuida tão bem das edições de bolso.
    Gostaria que ela não perdesse o Simenon. =/
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Simenon tem 500 livros? 100 só do Maigret? E eu achando que faltavam poucos. Noob!
     
    • LOL LOL x 3

Compartilhar