• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Saddam

ruims

"Mais uma cerveja!" diz o
Hitler «era eficaz», afirmou Bernie Ecclestone, patrão da Fórmula 1, numa entrevista publicada pelo The Times neste sábado, na qual elogia os ditadores e diz que a democracia «não fez muito bem a alguns países» :blah: 8-O

Digam-me lá se o mundo não tá ficando doido. :disgusti:
 

Roy Batty

"Inconsertável"
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Não vejo como um elogio a Hitler. Qualquer um aqui há de concordar que Hitler era um mestre na oratória, e tinha o poder quase que inigualável como estadista, de persuadir o povo com retóricas, energia, pulso firme e carisma. Hitler possuia qualidades tecnicas de estadista acima da média. Creio que foi nesse sentido que o "Patrão" da Fórmula 1 se expressou.

Independentemente do Hitler ter sido o FDP que foi, ele tinha essa eficácia mencionada pelo Bernie. Elogiar é uma coisa, reconhecer é outra. Ou, talvez, elogiar a capacidade de oratória esteja num campo perfeitamente objetivo de análise, e destituído de julgamento dependente de valores e do emocional.

Quanto à democracia, esta tbm comete grandes injustiças, e aliena o homem, de certa forma, principalmente pelo Capitalismo, iludindo o homem ao apregoar que a felicidade está na riqueza, no ato de consumir, etc. A democracia nem de longe faz jus ao termo, tendo em vista que a vontade da sociedade é frequentemente desrespeitada sob as arbitrariedades dos "representantes" do povo. Veja o caso do Brasil: parlamentares discutindo o aumento do salário de sua classe, que já é imódico, sem consultar os cidadãos que os colocaram no poder. Fora isso, a democracia desrespeita a Carta Constitucional em vários parágrafos.
 
Última edição:

[F*U*S*A*|KåMµ§]

Who will define me?
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Nada é 100% bom ou ruim. Não gosto desses tabus.
Dependendo do foco do elogio, não vejo problemas.
 

ExtraTerrestre

Usuário
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Resumindo-se ao governo pelo lado civil, ele era um bom estadista mesmo. Não seria qualquer um que arrancaria a Alemanha da falência total até uma guerra contra o mundo em pouco mais de meia década.

Agora, guerra, matança de judeu, de cigano, de eslavo não é coisa boa.

Como disse o Fusa, não dá para ficar fazendo maniqueísmo.
 

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Matéria com mais informações sobre as palavras do Bernie:

O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, declarou em uma polêmica entrevista sua preferência pelos regimes totalitários em relação às democracias e elogiou Adolf Hitler por ter "conseguido fazer com que as coisas funcionassem". Em uma entrevista ao jornal "The Times", o multimilionário britânico criticou os políticos atuais por sua fraqueza e elogiou as virtudes das lideranças consideradas "mais fortes".

- Apesar de parecer terrível dizer isto, com exceção do fato de Hitler ter se deixado levar em um determinado momento e de fazer coisas que não sei se realmente queria fazer ou não, o certo é que ele estava em uma posição de mandar em muitos e conseguir com que fizessem as coisas. No final ele acabou se perdendo, e portanto não foi um bom ditador, porque ou sabia o que estava acontecendo (ao seu redor) e insistiu nisso ou simplesmente foi condescendente... de qualquer maneira, não agiu como um ditador - afirmou.

Segundo o chefão da Fórmula 1, a democracia não fez muitas coisas boas para muitos países, incluindo o Reino Unido.

- Os políticos estão preocupados demais com as eleições - criticou Ecclestone, que disse ainda que eliminar (o ditador iraquiano) Saddam Hussein foi uma má ideia:

- Era o único que podia controlar aquele país. O mesmo acontece com os talibãs. Nós invadimos países sem ter qualquer ideia de qual é sua cultura. Os americanos talvez acreditassem que a Bósnia era uma Miami - acrescentou.

Segundo Ecclestone, "há gente morrendo de fome na África e ninguém faz nada, mas, no entanto, se metem em coisas com as quais não deveriam se envolver". Depois de elogiar os líderes com personalidade forte, como a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, Ecclestone disse que seu amigo Max Mosley, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), seria um bom premiê do Reino Unido.

Mosley, filho do líder fascista britânico Oswald Mosley, foi acusado recentemente pelas equipes da Fórmula 1 de agir como um ditador.

- Margaret Thatcher estava sempre tomando decisões e conseguia com que fizessem as coisas. Gordon (Brown) e Tony (Blair) tentam agradar a todos ao mesmo tempo - criticou.

As palavras de Ecclestone geraram protestos das organizações judaicas e de alguns políticos do Reino Unido.


Fonte:
http://globoesporte.globo.com/Espor...+ELOGIOS+A+HITLER+E+REGIMES+TOTALITARIOS.html
Na boa? Eu acho que é só mencionar o nome de Hitler que muita gente já se arrepia e tem náuseas. É tabu, não se pode fazer elogios ao sujeito. Se for mencionar o nome dele, só para ressaltar o quão desumano ele foi e os absurdos que cometeu. Esse é o problema.

Ecclestone não falou nada de mais. Ele julga que regimes totalitários são melhores, e ele tem todo o direito de afirmar isso, é a opinião dele. E não há nada de extravagante, é até relativamente comum pessoas que viveram em períodos de ditadura afirmarem que preferiam aquele sistema à atual democracia.

E a crítica dele não é sem fundamento. A democracia existente é apenas uma fachada, ou sequer isso, da democracia "real", que infelizmente inexiste na prática. É fato que a grande maioria dos políticos preocupa-se muito mais com o que fazer para garantir sua próxima eleição do que com os reais problemas da sociedade.
 

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

ele é chefe de qual equipe?
De nenhuma. Ecclestone é o presidente da FOM (Formula One Management), que é responsável pela distribuição de mídia e promoção de conteúdos relacionados à F1, e também da Formula One Group, responsável pela promoção do campeonato mundial de F1 e pela exploração dos direitos comerciais do mesmo.
 

Excluído028

Excluído a pedido
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Matéria com mais informações sobre as palavras do Bernie:



Na boa? Eu acho que é só mencionar o nome de Hitler que muita gente já se arrepia e tem náuseas. É tabu, não se pode fazer elogios ao sujeito. Se for mencionar o nome dele, só para ressaltar o quão desumano ele foi e os absurdos que cometeu. Esse é o problema.

Ecclestone não falou nada de mais. Ele julga que regimes totalitários são melhores, e ele tem todo o direito de afirmar isso, é a opinião dele. E não há nada de extravagante, é até relativamente comum pessoas que viveram em períodos de ditadura afirmarem que preferiam aquele sistema à atual democracia.

E a crítica dele não é sem fundamento. A democracia existente é apenas uma fachada, ou sequer isso, da democracia "real", que infelizmente inexiste na prática. É fato que a grande maioria dos políticos preocupa-se muito mais com o que fazer para garantir sua próxima eleição do que com os reais problemas da sociedade.
Concordo.
A mídia sensacionalista que fez um pandemônio. Também não vi nada demais no que ele disse.
 

Éomer

Usuário
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Não é o fato dele ter expressado sua opinião pessoal que tem que ser levado em conta nesse caso, na minha modesta opinião. temos que levar em conta a pessoa e as circunstâncias que a cercam. Ele, como indivíduo tem o direito de expressar a sua opinião sempre. Mas uma pessoa que dirige uma entidade poderosa como a dele tem que ter um cuidado quadruplicado com o que vai dizer, seja isso bobagem ou não. É claro que Hitler foi um dos responsáveis por ajudar a reerguer uma Alemanha destruída e humilhada, mas quantas vidas se perderam para que esse objetivo fosse atingido? Claro que é preciso uma dose de coragem para fazer a afirmação que o Sr. Ecclestone fez, mas muitas vezes nesse tipo de declaração é melhor ser prudente do que corajoso.
 
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Considero Hitler um político brilhante, grande orador, estadista fenomenal, possuidor de forte temperamento condizente com o Reich, o Império glorioso que ele esperava criar. Sua pretensão foi ofuscada pelo estigma de conquistador lunático, demônio germânico e megalomaníaco imputado pela ideologia e compartilhada pela contra-ideologia soviética. Com tantos poderes a tona, difícil é reconhecer alguma verdade.

Não só ele reergueu a Alemanha, mas esse homem foi o último representante de uma gloriosa raça (raça espiritual, não étnica, pelo amor de Cristo!) de hoemns fortes, de brio, vigorosos que não se curvavam à moral dominante nem a ridículas imposições ideológicas. Eles criaram suas próprias ideologias, morais, religiões. São deuses tanto em suas realizações como pelo seu legado.

Se eu odeio Hitler? Não, ele usou apenas o preconceito alemão para erguer um edifício quase indestrutível, um poder imenso. Ele não precisava de piedade, remorso, compaixão, de cristianismo, isso só rebaixaria seu poder. Ele simplesmente usou e destruiu o que podia para alcançar seus objetivos.
 

Fernanda

Andarilho de Eriador e
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

E os campos de concentração, a oposição amaordaçada, as perseguições a qualquer um que não rezasse pela mesma cartilha?

Para mim, ninguém que governe pela força e usando o preconceito e os baixos instintos inerentes ao ser humano merece ser chamado de bom estadista. Ninguém que sufoque a capacidade de pensar de uma nação criando repetidores de slogans é bom governante.

Quem, por ventura, conseguisse reerguer qualquer pais sem usar da violencia contra o proprio povo, teria minha eterna adimiração. Mas ditadores que cultuam sua própria imagem a custa de milhares de vidas são apenas megalomaníacos e genocidas.
 

ruims

"Mais uma cerveja!" diz o
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Respeito a opinião de cada um

Mas eu prefiro viver em liberdade, sem Hitleres, Mussolinis, Pinochets ou Salazares.

Se Hitler reergeu a Alemanha, também a destruiu. E de que maneira...

Todas as ditaduras têm normalmente um preço muito elevado, que é pago em vidas humanas.
No caso das ditaduras do Eixo, na Segunda Grande Guerra, esse "preço" foi tão somente de 55 Milhões de mortos...

Hoje falamos de barriga cheia porque vivemos em paz e em democracia.
Mas quem viveu os tempos de ditadura, sabe bem o quão duro é viver sem liberdade.
 
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Nooossaa!!!

Que belas palavras altruístas!!! Estou em prantos!!

Sem brincadeiras, se vocês querem mesmo a liberdade total e a felicidade total, só podem esperar por Cristo. Se não contentem-se com sua democracia patética e suas ridículas leis e filosofias de gabinete.

Campos de concentração? E daí? A história humana sem barbárie não é história, é conto de fadas, vocês querendo ou não.
 
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Quem, por ventura, conseguisse reerguer qualquer pais sem usar da violencia contra o proprio povo, teria minha eterna adimiração. Mas ditadores que cultuam sua própria imagem a custa de milhares de vidas são apenas megalomaníacos e genocidas.
Foi o que disse. Alguém assim só Jesus mesmo. Sonhar é bom mas não há sonho verdadeiro sem luta que o defenda.
 

Deriel

Administrador
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Besteira, não é 8 ou 80, se você não é bom é ruim. E sim, Hitler foi um tremendo dum crápula não importa o que alguns babaquinhas nascidos em berço de ouro hoje em dia achem.

Isso me irrita profundamente. Karma positivo pro ruims e negativo pro Caio Paganus.
 

Fernanda

Andarilho de Eriador e
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Ecclestone não falou nada de mais. Ele julga que regimes totalitários são melhores, e ele tem todo o direito de afirmar isso, é a opinião dele.
Até porque ele está em um regime democrático. O contrário é que não rola. :cool:

E a crítica dele não é sem fundamento. A democracia existente é apenas uma fachada, ou sequer isso, da democracia "real", que infelizmente inexiste na prática. É fato que a grande maioria dos políticos preocupa-se muito mais com o que fazer para garantir sua próxima eleição do que com os reais problemas da sociedade.
Nesse aspecto eu acho que ele está certíssimo. Há também muito de verdade nas críticas dele sobre a imposição dessa democracia da boca pra fora nos países que interessam a economia americama.

Respeito a opinião de cada um

Mas eu prefiro viver em liberdade, sem Hitleres, Mussolinis, Pinochets ou Salazares.
:yep: :yep: :yep: :yep:

Eu também, mas se tem uma coisa que não quero na minha vida são Castros, Stalins, juntas militares, governos de excessão, AIs5 ou qualquer outra dessas me....
 
Última edição:

ruims

"Mais uma cerveja!" diz o
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Eu também, mas se tem uma coisa que não quero na minah vida são Castros, Stalins, juntas militares, governos de excessão, AIs5 ou qualquer outra dessas me....
Sim, concordo com você, Fernanda. Esses também são governos ditatoriais.
Apelidam-se de democráticos e socialistas, mas são tudo menos isso.

Há sobretudo um poema do poeta Manuel Alegre que me fez "acordar" quando eu tinha treze anos. No "Trova do vento que passa", Alegre dizia:

Mas há sempre uma candeia
dentro da própria desgraça
há sempre alguém que semeia
canções no vento que passa.


Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.



Afinal, essa não é também a mensagem que Tolkien nos deixou?...


(O poema de que falei deu origem uma bela canção portuguesa:)
[ame="http://www.youtube.com/watch?v=xyN1A2IOtbA"]YouTube - Trova do vento que passa[/ame]
 

Éomer

Usuário
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Nesse aspecto eu acho que ele está certíssimo. Há também muito de verdade nas críticas dele sobre a imposição dessa democracia da boca pra fora nos países que interessam a economia americama.
Claro que a democracia não é nunca será um sistema perfeito, Fernanda. Não é colocada ela em prática por seres humanos? Portanto nunca será perfeita.
Mas eu ainda penso que a pior das democraciaas sempre será melhor do que a melhor das ditaduras.


Não só ele reergueu a Alemanha, mas esse homem foi o último representante de uma gloriosa raça (raça espiritual, não étnica, pelo amor de Cristo!) de hoemns fortes, de brio, vigorosos que não se curvavam à moral dominante nem a ridículas imposições ideológicas. Eles criaram suas próprias ideologias, morais, religiões. São deuses tanto em suas realizações como pelo seu legado.

Se eu odeio Hitler? Não, ele usou apenas o preconceito alemão para erguer um edifício quase indestrutível, um poder imenso. Ele não precisava de piedade, remorso, compaixão, de cristianismo, isso só rebaixaria seu poder. Ele simplesmente usou e destruiu o que podia para alcançar seus objetivos.
Mas cá entre nós, Caio. Existe imposição ideológica mais ridícula do que demonizar toda uma raça, ou credo,mesmo que essa demonização tenha sido apenas um pretexto? Ou tu também é daqueles avestruzes que enterra a cabeça na areia pra não ver o que está acontecendo ao teu lado e acha que o holocausto não aconteceu? Que não foram exterminados milhares de judeus, ciganos ou qualquer outra raça (conceito já ultrapassado até para a epoca de Hitler) que o Sr. Adolf Hitler considerasse inferior? E os baluartes da ciência que dedicaram a sua capacidade ao ato de exterminar mais rápido e com mais eficiência merecem também ser chamados de Super-homens?

Parece que em qualquer post teu há uma preocupação exagerada em citar o cristianismo. Mas valores como a preservação da vida, da piedade sim, o não querer para uma pessoa que sente e que sofre o mesmo que eu não quero para mim não são valores apenas cristãos, mas universais, ou pelo menos deveriam ser. Prefiro ser chamado de romântico e ingênuo a balançar a cabeça para essa coisa que está muito em moda hoje em dia que é o querer justificar atos injustificáveis por que foram realizados visando o "bem maior", seja lá o que signifique isso.

Olha até posso ter sido um pouco incisivo nesse tópico. Mas ver a defesa ou a justificativa de atos de seres como Hitlers, Castros, Mussolinis, Papa Docs e Baby Docs e também Stalins da vida é uma coisa que me dá náuseas.



Primeiro eles roubaram nos sinais, mas não fui eu a vítima,
Depois incendiaram os ônibus, mas eu não estava neles;
Depois fecharam ruas, onde não moro;
Fecharam então o portão da favela, que não habito;
Em seguida arrastaram até a morte uma criança, que não era meu filho
...
Cláudio Humberto.
 
Última edição:

Melian_ a maia

Eu não sou um
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Os ingleses ~sao muito frescos quando falam de Hitler, a um tempo atrás tbm fizeram uma fuzue todo pq o principe foi a uma festa a fantasia vestido de soldado do Heith (acho q não é assim q escreve, desculpa >.< ).
É a opinião politica do cara, e cá p/ nós se ele tem um país que escolhe mal no voto direto assim como o nosso, ele tem motivos p/ achar que a ditadura pode ser melhor.
 

Deriel

Administrador
Re: Patrão da Fórmula 1 elogia Hitler e Sadam

Vocês têm alguma noção do que é uma ditadura ou de quem foi Hitler?

Não é uma questão de escolha, é uma questão de certo/errado (no caso, do absolutamente errado).
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.495,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo