1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Parte 1: Senhores do Destino. Será mesmo?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Administração Valinor, 12 Jan 2008.

  1. Administração Valinor

    Administração Valinor Administrador Colaborador

    <div align="justify">
    <a href="http://www.valinor.com.br/images/stories/artigos/destino.jpg" title="Destino" class="jcebox"><img src="http://www.valinor.com.br/images/stories/artigos/thumbnails/thumb_destino.jpg" alt="Destino" style="border: 0px solid #000000; margin: 5px; float: left; width: 200px; height: 144px" title="Destino" height="144" width="200" /></a>
    Em pleno s&eacute;culo XXI &eacute; dif&iacute;cil abordar certos temas sem que todos ao seu
    redor caiam na gargalhada. Mas alguns anos atr&aacute;s tais assuntos
    provocavam medo e espanto entre o mundo at&eacute; ent&atilde;o como ele era. O
    primeiro destes temas que irei abordar diz respeito &agrave;s maldi&ccedil;&otilde;es &ndash;
    tratados com cautela at&eacute; mesmo na literatura.
    </div>
    <div align="justify">
    &nbsp;
    </div>
    </ br>
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição por um moderador: 12 Jan 2008
  2. Tis

    Tis There and back again...

    Destino, interferência, livre arbítrio, maldição.. são temas bastante expostos por Tolkien em suas obras, mas infelizmente são assuntos que dependem da maneira de pensar de cada um para serem formulados como opinião. Achei ótima a idéia de escrever algo sobre isso, já que é um assunto bastante discutido aqui no fórum.
    Novamente, parabéns pelo assunto abordado, ele com certeza vai ajudar a esclarecer muitas dúvidas, e quem sabe, também a entrarmos em um consenso :hihihi:.
     
  3. Guilherme Thorikan

    Guilherme Thorikan Eu?? Eu não sou um

    Interessante e Importante o texto, principalmente na época que vivemos.

    Destino é uma palavra muito ampla.
    Na religião Católica, Deus não escreveria o destino de um determinado ser dizendo que ele iria morrer jovem! Deus não quer que seus filhos morram ou estou enganado? Podemos mudar o nosso destino como o de outra qualquer pessoa.
    Morrer atingido por uma bala perdida estaria escrito no meu Destino? Acho que não.
    Destino você mesmo o traça, através de suas escolhas, sentimentos e pensamentos. O livre-arbitrio significa isso, Deus, Alá ou seja lá quem for nos deu isso. Nós temos e podemos fazer nossas próprias escolhas, e assim, arcar com suas consequências.

    Maldição? Não acredito muito nisso, mas depende de cada cultura acreditar ou não, praticar ou não.
    A maldição só se concretiza se você acreditar que ela realmente exista, se você morrer de medo de, por exemplo, macumba ou mal agouro. Se você ficar lá, no seu intimo, martelando que você está "amaldiçoado", assim, suas ações e escolhas, farão, com que o que você temia, realmente aconteça.

    Tudo que escrevi, é um opinião minha, somente minha.

    Esse assunto é muito amplo, e espero mais opiniões de outros membros, para discutirmos e entrarmos num "concenso" (by Tis) sobre o assunto.

    Parabéns pelo Tópico.

    Grande Abraço.
     
  4. Eu sou do tipo que cre no livre arbitrio preciso acreditar nisso, pq senaum viver naum faria sentido, imagine viver sabendo que naum importa o que se faça vai terminar di uma maneira que jah foi estabelecida.
    Eu acho que o destino tem mais haver com o caminho que escolhemos e isso é tbm o que aparece na obra do professor, dependo das escolhas que são feitas os personagens são levados para algum lugar, mas eles sempre tem a oportunidade de escolher seguir em uma direção diferente.

    Adorei o artigo

    Um Abraço
     
  5. andreftm

    andreftm Usuário

    Acredito que destino é uma espécie de "escravidão" inconsciente, por que tudo o que a pessoa viveu, vive e viverá já foi "escrito" antes, então uma pessoa não pode escolhar se ela será boa ou má no futuro, pois tudo já foi pré-estabelecido. Coloquemos isso no mundo do Professor, se Eru já soubesse que Melkor se tornaria Morgoth e que Sauron seria o substituto de Melkor na TM, por que ele faria com tantos povos sofressem por causa desses dois? Por que Eru iria destinar Melkor a roubar as Silmarils e provocar tanto sofrimento e guerra? Por que Eru iria predestinar Sauron a forjar o Um anel para atacar a TM? Enfim isso relamente é um assunto muito amplo e complexo e que cada um tem seu ponto de vista próprio...
    Muito bom mesmo o artigo, abraços!...
     
  6. Kenia Rúbia

    Kenia Rúbia Usuário

    Maldições?
    A questão varia conforme a cultura e a mente que aborda.
    Dentro da tradição da "Grande Fraternidade Branca" maldição é carma; mas carma também significa ação. Devemos pagar por todas as ações que executamos, mas, para eles, o carma não migra de uma encarnação para outra ou mesmo passa de uma geração a outra (só casos raros e realmente intrigantes).
    Na Wicca a "maldição" seria mais ou menos isso. A Lei Cavalheristica da Wicca (magia branca) é bem clara: tudo o que você faz volta três vezes mais forte (isso existe mesmo, nos manuais sérios, não é só coisa de filminho bobo não). Então pense: você fez algo bom, coisas três vezes melhores voltam; você fez algo ruim, coisas três vezes piores voltam. O "retorno" das ações podem ser rápidos ou demorar anos!

    E com certeza digo que é isso. Veja a própria palavra
    MALDIÇÃO
    o mal adicionado a ação!
     
  7. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    É..eu entendo assim também. Uma maldição é tirar o livre-arbítrio de uma pessoa.
     
  8. Glaunir

    Glaunir Usuário

    Olá pessoal! De fato é um tema bastante complicado e abrangente, mas - não sei explicar muito bem - mas fiquei seduzida por dissertar mais sobre o assunto. Estou tentando colocar os diferentes pontos de vista que conheço em meus artigos, para que fique o menos parcial possível. De forma a ser uma análise séria e profunda de Tolkien e outros fatos ou obras, não uma exposição da minha própria opinião.

    Abraços e que a Luz do Oeste brilhe no caminho de todos!
     

Compartilhar