1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Outras Inquisições (Jorge Luis Borges)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Tataran, 3 Mar 2011.

  1. Tataran

    Tataran Usuário

    Terminei há pouco Outras Inquisições do Jorge Luis Borges:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    [align=justify]Trata-se de uma coletânea de ensaios e textos esparsos seus que, com certeza, agradará a todos que se interessam por discutir livros e literatura (o tema principal da grande maioria dos textos). É fascinante como Borges navega através dos tempos, recuando até textos mitológicos da Índia, da China, ou textos clássicos gregos, romanos e hebráicos, e traçando paralelos com autores mais contemporâneos dos Séculos XVIII, XIX ou XX.

    Além dos temas que lhe são sempre caros, o que me saltou mais aos olhos foi o grande amor que Borges dedica à literatura em língua inglesa. No final, saí com vontade de ler alguma coisa (ou mais alguma coisa) de Hawthorne, Oscar Wilde, Chesterton e H. G. Wells.

    Enfim, altamente recomendável a todos que se interessam por literatura; mas um perigo para quem está evitando comprar mais livros. XD[/align]
     
  2. imported_Kelvin

    imported_Kelvin Usuário

    Já li vários textos isolados desse livro, que vou pegando ao acaso no meio das obras completas do Borges. Os textos que li dele são todos excelentes ! Quanto ao amor de Borges pelo literatura inglesa, talvez é isso que levou o Harold Bloom a afirmar "é possível que Borges seja um caso único, de vez que seus precursores escreveram em inglês ou alemão e ele em espanhol" (Gênio, p. 697)....
     

Compartilhar