1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Guerreiros Khala

Tópico em 'RPG' iniciado por Fëaruin Alcarintur ¥, 9 Dez 2002.

  1. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Ainda em desenvolvimento, um jogo para o sistema Storyteller, mas a temática pode ser levada a outros sistemas.
    Sugestões são extremamente bem-vindas. Há material para ser digitado ainda, então isso não passa de uma parcela do que está por vir. Cada item colocarei num post separado, a exemplo do que acontece no Clube dos Escritores, para que assim tópico não venha a se tornar pesado demais.

    Guerreiros Khala

    Uma breve descrição do passado: Nova-Terra, Idade das Trevas


    Os Guerreiros surgiram há um bom tempo. Após o chamado Apocalypse, certos membros da raça humana, na maioria aqueles que viveram na escuridão pós-Apocalypse, começaram a demonstrar certos dons mágicos e poderes incríveis que vinham do poder de sua mente e sua força de vontade, talvez devido à vontade de viver ou como uma adaptação ao novo e insalubre ambiente em que viviam. O primeiro a sair dos abrigos e viver um grande período na nova e perigosa Terra foi Khal, um homem forte e de vontade inabalável. Durante o período em que esteve fora, ele desenvolveu uma força e vontade impressionantes, sendo que uma espécie de mágica havia despertado nele. Ao retornar e mostrar como havia mudado, tanto espiritual quanto fisicamente, muitos resolveram seguir seus ensinamentos e saíram para o perigoso Novo-Mundo. Eles desenvolveram-se e criaram espadas poderosas. A habilidade de um Guerreiro com sua Espada Sagrada é temível. Para a energia desperta, foi dado o nome Khala, em homenagem ao Primeiro Sagrado, que morreu cedo e nunca chegou a ver o verdadeiro poder que poderia ser adquirido com tal força.
    Durante muito tempo grande parte dos guerreiros Khala viveram uma vida miserável, dedicando sua vida ao seu treinamento e à luta contra criaturas que mudaram ou surgiram após o Apocalypse, que a raça humana chamou apenas de Criaturas. Entretanto, nem toda a Terra estava coberta por aquela poeira que impedia a entrada da luz do Sol, fazendo com que a terra e as plantas e os animais morressem. Os Khala, como eram chamados aqueles despertos na energia descoberta por Khal, então tornaram-se líderes dos humanos, e os conduziram para fora dos abrigos e para esses locais, agora tidos como abençoados, e lá começaram a construir suas novas cidades para que a raça humana sobrevivesse.
    O tempo passou. As Cidades da Luz, como foram chamadas, cresceram e se desenvolveram. A religião mudou, quase todos agora adoravam o deus mitológico Hélios, e os Guerreiros eram sagrados e respeitados. Muitos Guerreiros viveram e morreram por seus ideais. As Criaturas eram fortes e viajar de uma Cidade para outra era algo extremamente difícil e perigoso. As Cidades eram amigáveis em sua maioria, e faziam comércio, afinal, era necessário, pois os recursos eram escassos, e a maior parte da tecnologia fora totalmente perdida. Era uma nova Idade das Trevas. Os Guerreiros que viviam em cidades diferentes formaram as Ordens, que os dividia em grupos distintos, porém aliados.
    Tudo corria bem, entretanto, o clima entre algumas cidades ficou mais tenso, particularmente entre Esteldor, a primeira cidade a surgir, que possui água limpa e comida em abundância e Avallonia, uma cidade localizada numa montanha alta, rica em petróleo e minérios e uma das poucas com minas internas. As manipulações de dois ambiciosos Guerreiros, Saryk em Avallonia e Valco em Esteldor, levaram às discórdias. Não demorou muito para que ambas as cidades entrassem em conflito, e enfim, em guerra.
    Foi um acontecimento bastante doloroso para todos ver que as duas cidadelas agora guerreavam abertamente, e isso acabou dividindo o restante das cidades, já que umas se aliaram a Esteldor e outras a Avallonia, algumas poucas ficaram neutras mas elas eram pouco importantes. Os Guerreiros Khala agora guerreavam entre si, e eles perderam respeito e confiança, pois não conseguiram manter a ordem, e agora as cidades são, na maioria, hostis, comerciando por necessidade.
    Em decorrência da Guerra, não tardou para que surgissem os Renegados, que são Guerreiros que não possuem moradia fixa nem possuem uma Ordem. Os outros Guerreiros os consideram desonrados, porém as cidades neutras na guerra eterna entre Esteldor e Avallonia os aceitam bem. O primeiro Renegado foi Saga, um dos mais poderosos Guerreiros Khala. Dizem que ele derrotou em combate individual Primmus, ambicioso ex-chefe mundial dos Guerreiros Khala antes da Guerra, cuja mesquinhez fez com que a guerra ocorresse. Saga o deixou vivo para que vivesse com a humilhação de ter sido derrotado por um "Desonrado". Depois dele muitos mais saíram de suas Ordens, mas ele sempre agiu sozinho. Rumores dizem que Saga ainda vive, mas é pouco provável. Seu legado sobreviveu em seu filho.
    Azrael, filho de Saga, vive há muito tempo, e é um dos mais poderosos Guerreiros que já existiram ou virão a existir. Tão poderoso ele é no Khala, que consegue retardar o efeito de envelhecimento ao mínimo, e é praticamente imortal, já atingindo a marca de oitocentos anos. Ao contrário dos Guerreiro normais, Azrael nasceu com seus poderes despertos, e não teve de treinar para ativá-los. Renegado como o pai, Azrael viaja muito pela devastada Nova Terra, e não possui morada fixa.
    A guerra nunca cessou desde então, e atualmente, os reduzidos Guerreiros batalham. Alguns tentam restaurar os tempos de antes, mas muitos usam seus poderes na mesquinharia de suas existências, e escravizam os Adormecidos para seus propósitos.
    Tão infame foi a Decadência dos Guerreiros que eles são muito poucos, e os humanos não confiam mais neles. Assim, muitos Guerreiros mantém sua identidade em segredo, e os pais de novos jovens Despertos os treinam em absoluto sigilo.
    A glória do passado não passa de uma mera lembrança amarga, pois o presente infeliz e desgraçado pesa como um fardo maldito sobre os Guerreiros.
     
  2. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    O Treinamento
    Os Guerreiros Khala são uma categoria de super-guerreiros formados por humanos bem-dotados sobrenatural e mentalmente, e que possuam poder suficiente para se tornar um. Excepcionalmente bem treinados, os Guerreiros Khala são uma combinação de velocidade, força, sabedoria e uma mente poderosa, formando dessa forma embaixadores e máquinas de guerra formidáveis, que estarão sempre preparados para enfrentar quem quer que seja tolo o bastante para desafiá-los.
    O Treinamento para se tornar um Guerreiro começa desde cedo. Se aceito como aprendiz, a criança, que pode ser homem ou mulher, passará por um treinamento e aprendizado muito rígidos sendo que será iniciado nos Poderes do Khala, e também alfabetizado, e terá um forte treinamento em artes de combate desarmado e armas brancas.
     
  3. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    O Khala

    Toda a força mágica e os poderes sobre humanos de um Guerreiro Khala vêm de uma energia psico-espiritual primordial chamada Khala. Teoricamente, todos os seres humanos possuem o Khala, já que ele é a força vital, nisto ele muito se assemelha ao Chi da cultura oriental, porém aqueles que aprendem a controlá-lo conseguem aumentar seus poderes e realizar feitos incríveis, e também agir em velocidade assustadora. Este é o caso dos Guerreiros Khala. Há lendas de Guerreiros que são tão poderosos e talentosos que conseguem retardar seu envelhecimento através de sua força interior, e que têm poderes capazes de moldar a realidade.
    Em termos de jogo, o Khala é a fonte dos poderes dos Guerreiros. Alguns poderes exigem o gasto de Khala para serem ativados, sendo que, quanto mais Khala é utilizado, mais fraco e com menos energia estará o Guerreiro. Se o Khala chegar a zero, o indivíduo cai, inconsciente, já que o treinamento rígido dos Guerreiros os acostuma a sua energia superior, e só poderá recuperar Khala se lhe for passada energia, ou seja, ele não poderá mais roubar a energia alheia, tanto de outros Guerreiros como de humanos ou plantas, e até outras criaturas, até que consiga recuperar pelo menos um ponto(mais informações adiante, em Poderes do Khala).
    O Guerreiro também ganha uma nova Característica: Rapidez, que pode ser gasta para que o personagem faça ações a mais num turno, dependendo é claro de quanta Rapidez for gasta no turno. A critério do Narrador, o personagem pode gastar Khala para que possa se utilizar de toda a sua Rapidez naquele turno, sem gastar pontos de Rapidez. Vale lembrar que além de mais difícil de ser recuperado, o Khala é muito mais importante e também demora-se muito mais tempo para elevá-lo, ou seja, fortalecê-lo. Recupera-se um ponto de Rapidez por hora, ou, gastando um ponto de Khala, pode-se recuperar toda a Rapidez gasta instantaneamente. Recupera-se um ponto de Khala por dia se o Guerreiro repousar por pelo menos oito horas, ou então roubando de outros seres vivos. A Rapidez é diretamente ligada ao Khala, o gasto de toda a rapidez implica numa queda temporária de Rapidez/3 de Khala.
     
  4. Goba

    Goba luszt

    OLALALALALA! Interessante idéia!!! Poste-a no Tópico Idéias! Mundos! Aventuras! A Taverna do Mestre! (segue o link) para que mais pessoas tenham acesso à ela!!! Foi para isso que akele tópico foi feito, e ele está la te esperando!!!!

    :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :D :P

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Elen síla lúmenn' omentielvo! :cheers:
     

Compartilhar