1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Cajados dos Magos

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por DaniloStinghen, 26 Jan 2009.

  1. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    "Ergueu a mão e falou lentamente, numa voz límpida e fria. - Saruman, seu cajado está quebrado. -Houve um estalido, o cajado se partiu em pedaços, e sua parte superior caiu aos pés de Gandalf. - Vá! - disse Gandalf. Comum grito Saruman caiu para trás e foi embora se arrastando." (O Senhor dos Anéis, As Duas Torres, A voz de Saruman)

    A quebra do cajado de Saruman claramente representou sua expulsão da Ordem dos Magos e a retirada de sua liderança. Mas a questão é: quanto do poder do mago estava de fato depositado em seu cajado? A quebra dele realmente representou a perda da maior parte de seu poder, ou ele perdeu esse poder muito antes?

    Crio esse tópico para discutir esse ponto em específico. Eis a minha teoria:


    A dissipação de poder é um elemento muito presente no legendário tolkieniano. Yavanna dissipou seus poderes ao criar as Duas Árvores, de modo que ela jamais poderá criar algo semelhante sem a ajuda das Silmarils. Fëanor dissipou seu poder ao criar as três Silmarilli, de modo que (acho eu) sua morte nas mãos dos balrogs de Morgoth se tornou muito mais fácil. Melkor dissipou seu poder em uma forma física, de modo que jamais pôde trocar de forma novamente, ou andar invisível por Arda. De novo, Morgoth dissipou seu poder em seus atos de maldade e seus servos poderosos, de modo que Fingolfin, um elfo, foi capaz de ferí-lo sete vezes antes de ser morto, e Eönwë, um Maia, foi capaz de subjugá-lo na Guerra da Ira. Sauron dissipou seu poder no Um Anel, de forma que a perda deste lhe negaria os poderes que Sauron tinha antes mesmo da criação do Anel.

    Da mesma maneira, os Istari dissipariam seus poderes criando cajados, e a destruição destes seria um severo golpe para eles. A maior prova disso não é nem a destruição do cajado de Saruman (ele já tinha perdido o poder da voz antes disso), mas sim o fato de que os Istari raramente se separavam de seus cajados, chacoalhavam-nos quando faziam suas magias, e etc...
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  2. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Postarei a minha opinião mais tarde!

    Mas fiquei curioso quanto a esse excerto! Que queres dizer? ;)

    ;D
     
  3. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    No capítulo A voz de Saruman, o nosso velho amigo tenta tapear Théoden e Gandalf, fazendo-os acreditar que era aliado destes. Só que nem Théoden, nem Gandalf, nem Éomer ou Aragorn ou qualquer um dos presentes afinal cai no ardil do velho. E Théoden diz:

    "- Vamos ter paz - disse Théoden finalmente, com uma voz inarticulada e fazendo esforço. Vários Cavaleiros gritaram de alegria. Théoden ergueu a mão. - Sim, vamos ter paz - disse ele, agora numa voz clara -,teremos paz quando você e seus feitos tivessem perecido- e os feitos de seu senhor escuro, a quem você nos entregaria.(...) Sou um filho menor de grandes antepassados, mas não preciso lamber seus pés.Vire-se em outra direção. Mas receio que sua voz tenha perdido o encanto." (O Senhor dos Anéis, As Duas Torres, A voz de Saruman)

    Em outros tempos Saruman era bem mais persuasivo (por assim dizer). Seus argumentos 'sábios', por exemplo, por muito tempo contiveram o Conselho Branco de levantar um dedo contra o Necromante Sauron, mas, finalmente, Gandalf conseguiu convencê-los de que deveriam atacar. Mesmo assim, Saruman não objetou, porque temia as buscas realizadas por Sauron ao longo do Anduin. Era bem possível que, se fosse essa sua vontade, o ataque a Dol Guldur não tivesse acontecido ainda. Se alguém tem o poder de convencer os membros do Conselho Branco, pessoas como Elrond e Galadriel, que se dizer então de alguém como Théoden... Saruman só não obteve êxito ali porque sua voz não tinha mais tanto poder quanto já tivera.
     
  4. JPHanke

    JPHanke Usuário

    Acho que é bem por aí mesmo. Os Ístari dissiparam parte de seus poderes para criar seus cajados de poder (já que está claro que eles não eram meros apoios), sendo estes destruídos, os Ístari perdiam a parte do poder que depositaram nele.

    Mas acho que nesta questão do Gandalf subjulgar Saruman após a vitória em Helm não se resume à Saruman perder seus poderes de uma forma ou outra, mas também no fato que Ólorin (Gandalf) recebe uma nova chance de voltar à Terra-média como um mago branco, para tomar a liderança concedida à Saruman. Por isso Gandalf conseguiu 'derrotar' Saruman naquele encontro.

    Voltando à questão dos Cajados, vemos que (pelo menos nos filmes, não me lembro nos livros) o Cajado de Gandalf muda sua forma quando ele renasce como Gandalf, o Branco. Isso pode estar ligado com o fato de que Gandalf ressurge muito mais poderoso que antes de enfrentar o Balrog, podendo dissipar mais quantidade de poder na criação de um cajado mais eficiente, poderoso e, por que não, bonito.

    Tendo o Cajado destrído e parte do seu poder perdido, Saruman se enfraqueceu muito, como exemplo disso, temos que ele vagava como um mendigo quando a Sociedade volta de Gondor à Valfenda, e que os Hobbits conseguem uma vitória relativamente fácil sobre ele no Expurgo do Condado. O que seria bem mais complicado se Saruman tivesse seus poderes como antes da Guerra do Anel.
     
  5. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    O ponto não seria o fato de Gandalf conseguir derrotar Saruman ou não. Você está certo, ele renasceu com mais poderes na Terra-média depois de morrer, e tudo o mais. Mas o ponto é: quanto do poder de Saruman se encontraria em seu cajado? A voz não era um deles, visto que esse poder diminuiu antes da perda do cajado. E, além de tudo, o Saruman tinha um anel menor. Parte de seu poder também estaria ali.
     
  6. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Creio que Saruman tenha depositado certa quantidade de poder em seu Anel, então penso que a quebra de seu cajado por Gandalf tenha sido mais fácil.
    Mas continuo pensando que Saruman já tinha perdido seus poderes quando Gandalf foi enviado de volta como o Branco.

    Como dito antes, penso que o Cajado dos Istari sejam meras formas de representação de seus poderes, uma forma de canalizar seus poderes de Maia, mas estes sozinhos, não possuiam poderes. Tolkien faz relações entre a biblia e seus livros, e penso eu que os cajados, apoiados por velhos represente os antigos Profetas, que como Moisés teve um cajado e através dele deus pode mostrar seu poder. Isso também poderia aconter, que através dos cajados, os Istari poderiam mostrar seus poderes.
     
  7. Concordo. Os cajados eram o centro do poder dos Ístari, ao serem quebrados o mago era apenas um "humano",naum possuia todo aquele poder de outrora.

    Acho q ao depositar o seu poder no cajado os Ístari gastavam energia deles para fazer a transferência e enquanto tinham o cajado ao seu lado a energia naum fazia tanta falta, mas quando o cajado era quebrado a perda dos poderes e da energia fazia com q o mago ficasse tão "aleijado".
     
  8. Lord Treville

    Lord Treville Ciências Sociais do Boteco

    Eu fico pensando se esses cajados não foram entregues pelos proprios Valar para que seus emissários tivessem algo que ao mesmo tempo que simbolizava sua alta missão, também servisse de instrumento, afinal estavam com seus poderes velados pela proibição dos valar, e estes podem ter confecionado esses cajados que seriam a unica forma de utilizarem parte de seu poder.

    Todavia, Gandalf quebra o seu cajado antes de cair em Khazad-dum, e ainda assim vence o balrog antes de seu proprio fim. Ele não menciona ter trazido da morte nenhum cajado branco, e sim, diz que estava nu, e que suas vestes foram dadas pelos elfos de Lórien. Mas nenhum cajado é mencionado.

    Sabe-se que os Istari não vieram juntos para a TM, e é possivel que alguns talvez nem tenham se encontrado com os outros após sua chegada. A ordem foi criada em Valinor, e não na TM.
     
  9. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Eu falar isso agora, penso que o Istari, não poderiam fazer isso, sem a intromissão/ orientação dos Valar. Tenho meus receio se eles(os cajados) possuissem poder próprio, como falei antes, não acredito nessa teoria, pois penso que poder está confinado no próprio Maia.
    Agora fica dúvida....se de fato Gandalf teve parte de seu poder confinado no Cajado, ele terá que carrega-lo para sempre..? Ou teria outra forma de trazer o poder do Istari de volta ao seu espirito Maia?:think:
     
  10. JPHanke

    JPHanke Usuário

    Acho que sua suposição está certa, com relação ao anel de Saruman. Se pensarmos que ele já teria depositado parte de seus poderes no cajado, e depois ainda se aventurou em fazer um anel de poder demandando mais quantidade de seu poder, tavez esta seja a razão para que ele perdesse uma certa 'potência' em outras habilidades, como sua voz, assim como todos os Valar (como você citou no primeiro post).
     
  11. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    É aí que nós discordamos. O poder dos Istari, como Ainur, era deles, e ninguém podia negar o acesso de um Ainu a seu poder. Talvez Eru pudesse, mas ele não faria isso sob quaisquer circunstâncias. O cajado de um mago, portanto, não atuava através do poder de terceiros, sejam eles os Valar ou Ilúvatar ou qualquer coisa que o valha, mas sim do poder do próprio mago que criou o cajado em questão.

    Concordo mais com a teoria do Treville, de que os cajados pudessem ser uma forma de conectar os Istari, mais fracos e vulneráveis, a seus poderes maiores como Maiar. Mas o poder desses Maiar ainda estava incrustrado no seu ser, e se reduziria somente se eles dispersassem seu poder através da feitura de objetos de poder (os cajados) ou da realização de grandes feitos (como, por exemplo, a corrupção de Théoden).
     

Compartilhar