1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Balrogs...

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Faramir, 3 Jan 2009.

  1. Faramir

    Faramir Usuário

    Nós sabemos que os Balrogs eram maiar persuadidos por Melkor na tentativa de ter um poder suficiente para ter controle sobre Arda.

    Minha dúvida é:
    Se os Balrogs eram maiar como que eles podiam ter uma aparência parecida se eles deviam ser maias de diferentes Valar???

    Uma suposição seria que eles não eram semelhantes, mas então porque que todos são chamados valaraukar, flagelos de fogo como um só grupo???
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Os Balrogs são maiar do fogo corrompidos por Melkor antes de Arda ser feita, por isso eles têm aparência semelhante e por isso são chamados de Valaraukar, flagelos de fogo!

    ;D
     
  3. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Eles quando vieram para Arda eram os Espíritos de Fogo, tinham aparência semelhante a de Arien, porém como foram corrompidos por Melkor se tornaram Balrogs, e de uma aparência demoníaca como Melkor os fizera.
     
  4. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    O fato de o grupo dos Balrogs ser composto de Maiar que foram corrompidos, e que serviam a esse ou a aquele Valar, nada quer dizer. Como Ainur que eram, podiam assumir a forma que queriam, pelo menos a priori. Pode ser que posteriormente tenham perdido essa capacidade de "mudar de roupa" ao bel prazer, como Morgoth perdeu, por exemplo.
     
  5. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Eu acho que a forma dos balrogs está mais relacionada à natureza de seu domínio sobre a criação (o fato de eles serem espíritos de fogo), e que a afinidade de um determinado Maia com esse ou aquele Vala é determinada pelos próprios 'interesses pessoais' de cada Maia. Logo, muitos espíritos do fogo serviriam a um mesmo Vala apenas por serem espíritos do fogo. Um exemplo prático disso são os Maiar de Oromë: muitos Maiar que eram cavaleiros serviam a esse Vala, e tentaram impedir Ungoliant de destruir as Duas Árvores (O Silmarillion, o Ocaso de Valinor).

    Da mesma maneira, os Maiar que geraram os balrogs provavelmente pertenceriam ao mesmo Vala a quem pertencia Airen, mas que, assim como Sauron, se desencaminharam na Canção dos Ainur.
     
  6. Parthadan

    Parthadan Pirata Autista Bebado e não um

    Acho que apesar de serem espiritos de fogo, eles eram diferentes, pelo menos de inicio.
    mas foram mudando sua forma conforme passavam para o mal, afim de terem a aparencia do mal, e ficaram todos muito similares.
    até que, como seu mestre, perderam a capacidade de mudar sua forma, e permaneceram como fogo e sombra para sempre.
     
  7. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Antes de serem corrompidos eram espíritos de fogo, mas que pertenciam a luz e não às trevas.
     
  8. Statues Argonath

    Statues Argonath Fractus Exitus Rapitus

    Eles foram corrompidos como qualquer outra criatura que foi corrompida pelo poder das trevas.. assim como os nazgûl ou os cavaleiros negros posteriormente. Foi o poder de morgoth que deu essa aparência a eles, mesmo que sendo maia sua imagem foi distorcida para o mal com o intuíto de persuadir seus inimigos ao medo..
     
  9. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Pelo que eu sei, os maiar de fogo não serviam a nenhum Vala específico.
    Acho que os balrogs escolheram aquela forma e depois de muito tempo não puderam mais se transformar, assim como aconteceu com Morgoth e ficaram com a forma de sombra e fogo, e deviam ter ficado numa forma padrão, com pouca diferença entre um e outro.

    Na verdade eles não tentaram impedir, mas foram atrás de Morgoth depois da destruição das Árvores e ficaram confusos em meio a escuridão de Ungoliant.

    Os Nazgûl eram os Cavaleiros Negros.
     
  10. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Aqui tem um artigo, se não completo, pelo menos é bastante elucidativo sobre os Balrogs que Tolkien criou para o poema A Queda de Gondolin e a versão publicada em O Silmarillion e em SdA sobre o Balrog de Moria (sim, ele tinha ou era capaz de tranformar a escuridão em asas...).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  11. Almáriel

    Almáriel Die Sonne

    Assim como orcs são elfos desfigurados e corrompidos por Melkor, os balrogs são Maiar corrompidos, que se tornaram servos de Melkor e foram transformados em demônios.
     
  12. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    :rofl: desculpem o off topic, mas eu adoro quando esses assuntos ressurgem
     
  13. EduardLopes

    EduardLopes Usuário

     
  14. Falcão Branco

    Falcão Branco Sacrifiquei um

    Bom, infelizmente a respeito eu acho que só tem isso, Tokien diz pouquíssimo a respêito da origem dos Balrogs. Sem contar as contradições que ocorrem devido aos dois tipos de Balrog, o primeiro seria um dêmonio menor, e existiam aos milhares. A versão finalizada é o Balrog de Moria, que era um Maia corrompido e só exitiam 7 no maxímo. Sobre sua aparência, creio que devido a corrupção de Morgoth seus corpos também tivessem sido derformados.
     
  15. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    No início eles não serviam a nenhum Vala especifíco, agiam fazendo "bicos", Melkor corrompeu a maioria, se não me engano, mas não todos, um exemplo de maiar de fogo não corrompido é a maia que carrega o sol, esqueci o nome dela e não tenho certeza se o termo "carrega" é o correto.
     
  16. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Serviam sim. O nome dela era Arien, e, n'O Silmarillion Tolkien diz:
    "A donzela que os Valar escolheram entre os Maiar para conduzir a nave do Sol chamava-se Arien; (...) No tempo das Árvores, Arien cuidava das flores douradas dos jardins de Vána e as regava com os orvalhos cintilantes de Laurelin." (O SIlmarillion, Do Sol, da Lua e da ocultação de Valinor)

    Além do mais, Maiar que sentiam afinidade por fogo poderiam muito bem ter outras afinidades, que os poriam em serviço aos mais diferenciados Valar.
     
  17. Istui Gil-Eredh

    Istui Gil-Eredh Elder Elda

    Tolkien aparentemente nunca decidiu isso e provavelmente não ficou satisfeito com essa origem para orcs.

    Diz o Silma: "E outros ele corrompeu mais tarde, atraindo-os para si com mentiras e presentes traiçoeiros. Horrendos entre esses espíritos eram os valaraukar, os flagelos de fogo que na Terra-Média eram chamado de Balrogs, demônios do terror."

    É possível que os Barolgs fossem bons? "Mais tarde" aqui é após a canção, ou seja, eles não eram corrompidos durante a canção. Por "presentes traiçoeiros e mentiras", devemos entender que eles podem ter sido enganados?

    É estranho pensar que um Balrog possa ter sido bom e que ele possa ter sido enganado mesmo após conhecer a verdade, mas assim também foram os Nazgûl e é dito que alguns dentre eles tinham boas intenções no coração.

    Assustador, como sempre trato os balrogs e nazgûl como vítimas de seus mestres mais que como vilões.
     
  18. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Balrogs bons? Aí vem aquela questão, Ainur tinham os mesmos conceitos de bondade e maldade tal como a nossa? Fica dificil analisar criaturas que foram criadas fora do tempo e do espaço. Aos olhos de Eru, o fato de que os Ainur se digladiavam em poder durante a Música, era normal. Se os Blarogs escolheram o lado de Melkor, era porque também neles já havia este desejo de "contrariarem as normas da Casa".
     
  19. Istui Gil-Eredh

    Istui Gil-Eredh Elder Elda

    Talvez não bons, mas inevitável comprovar que eles só se corromperam após a Canção. Durante a Canção, não temos fontes, talvez eles tenham realmente se voltado para Melkor desde lá, apenas não corrompidos.

    Uma coisa a observar é que o Valaquenta (a fonte que conhecemos) conta a história deles de acordo com a visão élfica. Então, qualquer um que o tenha escrito, não considerava os balrogs como corrompidos desde o início. Os elfos achavam isso com seu pensamento élfico ou teriam os Valar dito isso para eles. Já que os elfos tinham a fonte primária de conhecimento (os Valar), eles podem ter ouvido a história e interpretado com seus pensamentos, como eu penso que ocorreu.

    Sobre não pensarmos com o bem e mal dos Ainur; claro que não, não sou um deles.. Tal como não pensamos como Deus, sua definição é bem mais complexa que o dualismo de bem x mal. O Valaquenta, considera os balrogs como somente corrompidos após a Canção. E eu acredito neles (nos Elfos, não Balrogs).

    Devemos notar também que os Balrogs foram atraídos para Melkor, demonstrando que, não corrompidos ainda, mas já não eram tão bonzinhos assim. Traçando um paralelo com Pedro, que com "o mal conquistando sua alma", estava forte, mas já pronto para negar Jesus três vezes.
     
    Última edição: 20 Jan 2009
  20. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Discordo que os balrogs tenham sido 'iludidos' por Melkor. Afinal, eles estavam presentes na canção. O mal em Arda não é um mal relativo, um mal duvidoso como o que nós presenciamos no dia-a-dia. Os orcs são maus porque escolheram fazer maldades, não são incompreendidos ou vítimas de uma sociedade irresponsável. Da mesma maneira, os balrogs optaram se unir à rebelião de Melkor, não porque ele lhes enganou com promessas de terras, poder ou sei lá mais o que. Tomemos um exemplo prático: os númenoreanos. Seus Reis se rebelaram contra os Valar muito antes da chegada de Sauron em Númenor, por escolha própria se desencaminharam, e se tornaram, em sua maioria, perversos e maus. Vide a escravização dos povos da Terra-média, e a exigência de tributo que Tar-Atanamir passou a cobrar deles, o que possibilitou, mais tarde, que Sauron viesse a Númenor, e causasse uma degradação ainda maior daquele povo. Mas isso só foi possível porque os Reis de Númenor haviam optado por se tornar corruptos. Não porque foram tapeados por mentiras, eles eram demasiado sábios para tanto (ao menos no início). O mesmo seria verdade com os Maiar que se tornariam balrogs. Eles seriam muito mais sábios e poderosos que os Reis de Númenor, e no entanto, ainda optaram por se tornar corruptos, tornando-se um instrumento da maldade de Melkor, mas por vontade própria.
     

Compartilhar