1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Balrogs nunca tiveram asas!!!

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Valinor, 15 Mar 2006.

  1. Valinor

    Valinor Equipe Valinor

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição por um moderador: 15 Mar 2006
  2. turin-turambar

    turin-turambar Senhor do Medo

    Ola
    eu acho e sempre q os balrogs nunca tiveram asas pois se eles tivessem o balrog de moria quando estava caindu no abismo teria saido voando logo apos puxar gandalf para o buraco
    essa é a minha ideia
    Flw
     
  3. Almië

    Almië cute as a button

    É e se eles tivessem, o mesmo aconteceria na luta com o Glorfindel:think:
     
  4. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Não tinha pensado nisso ainda, mas realmente é um bom argumento :mrgreen: .

    Isso isso. Balrogs não têm asas. Ponto.:D
     
  5. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Só pra lembrar, Balrogs são compostos por fogo e sombra. Asas de sombra não fazem voar, então esse lance dele voar ou não em nada tem a ver com o fato dele ter ou não asas.
     
  6. lord_cronos

    lord_cronos Usuário


    esse arguemento e bom. Eu particularmente acho que eles não tinham
     
  7. Gilgamor

    Gilgamor Usuário

    Todas as citações são interessantes. Eu prefiro imaginar que não tinha asas. A imagem da sombra projetada que posteriormente cresce ("suas asas se estenderam de parede a parede") me parece assustadora e, portanto, mais dramaticamente condizente.

    Sobre a questão de voar ou não, isso parece definitivo e indiscutível, já que, se voasse, não poderia "cair" em um abismo. Mas vale lembrar que galinhas e pinguins também possuem asas e não voam (saltar não vale) e que se soltos em um abismo também cairiam... Ou seja, o fato de não voar, infelizmente, não põe fim à discussão das asas.
     
  8. Michael Hasfel

    Michael Hasfel Usuário

    Acho que eles tinham asas, mas pra mim as asas deles eram pequenas não muito desenvolvidas porque deviado ao fator de terem que viver em cavernas e túneis e outros lugares fechados eles acabaram se acostumando a não usá-las e elas foram se atrofiando e ficando cada vez menores e cada vez mais inúteis, até que chegasse um ponto em que se eles caissem de um abismo bater asas não adiantaria nada.
     
  9. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Esse lance de "porque tal bicho não usa tal órgão o órgão vai atrofiar" é uma visão lamarckista (e errada) de evolução. De qualquer forma, evolução não é algo que se consegue aplicar muito bem em Tolkien, então eu meio que descarto qualquer tipo de teoria evolucionista na obra do professor, haja visto que ela é essencialmente criacionista.
    O fato é que os Balrogs eram Maiar que puderam escolher sua forma corpórea quando vieram à Arda (o planeta). Pra mim, não vejo sentido em um bicho criar um corpo com asas se ele não vai usá-las para voar.
    Isso, somado às informações que esse texto nos dá, além de outros textos e discussões que já li, me faz crer que eles não possuíam asas, portanto, e não que "possuíam mas eram asas pequenas", ou coisa do tipo.
     
  10. Erulasto

    Erulasto Equipe Valinor

    Só complementando o post de Pandatur, asas pequenas não se estendem de parede a parede... pela própria descrição da suposta asa no texto, essa hipótese já é refutada.
     
  11. Capitão Nemo

    Capitão Nemo Cientista Maluco

    tem uma coisa no caso dos absmos: gandalf diz que balrogs são dificeis de matar. Vejam: gandalf e o balrog cairam no absmo. por que ele não saio voando? por que a queda não o mataria, nem mesmo a gandalf! mesmo depois de chegarem ao fundo, eles continuaram lutando, subindo as escadas, etc. Mesmo se o gandalf pudesse morrer, o balrog queria destruí-lo pessoalmente, daí não saio voando.

    No caso do glorfindel, podemos usar a mesma logica: não foi a queda, e sim glorfindel quem matou o balrog. e vc acha e abrir e sariar batendo asas é facil com alguem caindo junto com vc e te furando com uma espada?

    Por fim, sendo maiar, eles podiam simplesmente mudar a forma corporea. analisem:

    "...e a sombra à sua volta se espalhou como duas grandes asas."
    neste trecho, parece correto que ele não possuia asas, mas que as suas sombras começaram a tomar a forma de umas.

    "...e suas asas se abriram de parede em parede..."
    já nesse trecho, se refere indiscutivelmente a asas, e não a sombras que se parecem com asas.

    As asas podiam também ter a função de intimidação: causar medo a sociedade, mostrar todo o seus poder, assim como Ulmo apareceu a tuor com uma cota de malaha: para mostrar o seu poder, pois ele não iria guerrear, e cota de malha serve para isso.

    O balrog não tinha asasno começo, depois as sombras se transformaram em asas!
     
  12. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Quem caiu foi só o balrog, porque a ponte que estava de baixo dele desabou. O Gandalf teria continuado com a comitiva se não tivesse sido puxado pelo chicote do balrog, que já estava alguns metros abaixo no abismo. O balrog poderia ter voado se tivesse meios para isso, e continuado a luta com uma imensa vantagem, por estar acima dos seus inimigos e por ter muito mais mobilidade.


    Nessa luta, o Glorfindel conseguiu empurrar o balrog pelo precipício, mas este puxou Glorfindel pelo cabelos, no estilo "se eu morro, você morre junto". Estando na beira de um precipício, no meio da altura das montanhas, ele poderia ter voado, ao invés de deixar-se jogar.


    Teoricamente, os maiar podiam mudar sua forma física, mas era algo que consumia muita energia. Além disso, os balrogs eram maiar não muito fortes, e em razão da corrupção deles, estavam muito ligados à matéria, de forma que, provavelmente, não tinham mais capacidade de mudar de corpo ou de criar um novo corpo para si.

    Além disso, o que se estendeu foram as sombras, e não o corpo em si do balrog. Ele não era feito de sombras, ele tinha um corpo material, que podia ser ferido e morto. As sombras eram uma manifestação do seu poder, que eles aparentemente conseguiam manipular de forma que crescessem e diminuíssem.
     
  13. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Ah, é igual galinha.

    Mas não, não tinha asas.

    Nem o que eu crio lá em casa tem. Até porque "cortei as asinhas" dele para que não fique saindo por aí. :mrgreen:
     
  14. Aucir Hawk´s

    Aucir Hawk´s Balrog

    Os Balrogs com asa ou sem asa eles são criaturas magnificas...
     

Compartilhar