1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Mestre Elrond Peredhil

    Mestre Elrond Peredhil Blá blá blá

    Estava lendo O Silmarillion e a passagem abaixo me deixou intrigado:

    Eis a questão: por quê os Ainur ficaram inquietos com o bramido do oceano?
     
  2. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Você se recorda a primeira vez que ouviu o mar revolto?

    Pois é. Eles se sentiram da mesma forma.
     
  3. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    A terra é forte, firme, segura, estável...
    O mar por si só é revolto, instável, inseguro, inóspito.

    Daqui pra frente acho que é só criar alegorias para o que o Menegroth quis dizer de forma mais objetiva.
     
  4. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Então sendo mais claro...

    Os Ainur estavam cantando né?
    Pois é, em algum lugar do Silma (e eu tenho certeza disso) diz que nas águas ainda estão os ecos do canto dos Ainur.

    Pois bem, agora imaginem eles ouvindo, não da sua própria boca, os ecos de sua própria canção.

    Bacana né? Tolkien não dá ponto sem nó.
     
  5. Gostei de todos os posts até agora, acho que todos respondem um pouco a pergunta.
    O mar é um simbolo de inconsciente, de ir no mais profundo de si mesmo, sabendo que irá encontrar espaços profundos escuros desconhecidos... O que é você?
    Nas Letters Tolkien dizia gostar muito dos mares...
     
  6. Guilherme Thorikan

    Guilherme Thorikan Eu?? Eu não sou um

    Realmente é interessante pensar dessa maneira.

    Os Oceanos são realmente uma mina de tesouros, até então, quase todos desconhecidos. Ali, penso eu, é um dos maiores mistérios do mundo, nas grandes profundezas do oceano, dentro de cada caverna que existe em cada abismo é um mistério.

    Ali tudo é revolto, instável, inseguro, inóspito (by elsonluiz). Do mesmo jeito que nós temos medo de encarar o mar, os Ainur a primeira vista do que criaram também pensaram assim.

    Realmente a Terra é mais segura que o mar. Vendo, que, ultimamente, tudo está a mesma coisa.

    Abraços!:cerva:
     
  7. Mestre Elrond Peredhil

    Mestre Elrond Peredhil Blá blá blá

    Nunca vi/ouvi o mar... :mrgreen:
    Mas entendi a questão!


    É esse o trecho:

     
  8. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse


    Não só isso...Imagine o quão poderosa era a canção, e o quão perturbados ficavam os Ainur quando ouviam/sentiam o poder de tal canção sem que esse saisse deles mesmos. É algo que nenhum de nós podemos explicar, porque tecnicamente nao temos padroes de comparação, mas deve ser uma sensação monstruosa sentir seu proprio poder e notar que ele é imenso!!
     
  9. Alcarinollo

    Alcarinollo Usuário

    O mar é a fonte primordial da VIDA. os Ainur seres criados a partir da vontade direta de Eru, jamais haviam experenciado os efeitos materiais das músicas que cantavam, as quais Eru insuflava a Chama Imperecível, seu atributo absoluto de criação, transformando em matéria viva aquilo que era somente SENTIDO pelos Ainur. Por isso os ecos do mar, que são os ecos da VIDA criada e insuflada por Eru Ilúvatar assombravam e ao mesmo tempo maravilhavam os Poderosos Ainur, a ponto de seduzir um número significativo deles a "dimiuirem" suas magestades para habitar em matéria!
     

Compartilhar