1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Orixás: Do Orum ao Ayê

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Meia Palavra, 8 Jun 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Por muito tempo a sociedade brasileira renegou ou fugiu de seu passado cultural afro-descendentes. Faltava espaço para que a cultura do continente africano fosse exposta de diversas formas e meios. Os quadrinhos nacionais, já meio que marginalizados ou subdivididos, não mostravam ser o melhor ambiente para tentar essa divulgação, porém o escritor Alex Mir e o ilustrador Caio Majado, junto com a editora Marco Zero, acreditaram que as HQs também podem abrir suas páginas para esse legado tão antigo quanto a mitologia “caucasiana” ensinada nas escolas. O resultado da credulidade dos três é a surpreendente HQ Orixás.

    Lançado no início de 2011, a HQ é uma reunião dos principais contos mitológicos que formam a base para a cultural dos Orixás. As histórias são contadas de uma forma “crescente”, ajudando o leitor no entendimento do processo criacionista da religião que cultua entidades como Oxum, Ogum, Iemanjá e Oxossi. A HQ aborda desde o mito da criação dos mundos e dos deuses, passando pela criação do homem, até chegar na cisão do mundo espiritual com o mundo real, que fazem parte do título – Orum e Ayê.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar