1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

On the Road - Kerouac

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Farfael, 27 Jul 2009.

  1. Farfael

    Farfael Usuário

    E então, pessoas. Quem já leu esse livro e, ao terminar, quis sair desembestado pelas estradas da vida em busca de algumas aventuras, como a do personagem de Kerouac? Esse é um livro alucinante, ou alucinado; um relato sobre pessoas vivendo no limite das experiências. De um show de jazz a uma viagem de carro, tudo é feito ou sentido no máximod as sensações (não sei se a culpa foi o ácido ou mesmo a empolgação dmos participantes). Li faz um tempo, e acabei influenciado a escrever na mesma pegada, no mesmo fôlego sem noção do Kerouac (ainda bem que isso durou só um conto, hehehe).

    Recomendo demais o livro, apesar de ter certeza que vários de vocês já o leram! ;)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. alrob

    alrob Usuário

    Rapaz, e lançaram a edição integral agora (um escambalhaço <criei> de quase mil páginas <exagerei> sem parágrafo algum) [!!] Vale a pena!
     
  3. Farfael

    Farfael Usuário

    Pois é alrob, uma versão integral do texto maludo do Kerouac, será que vale a pena? A edição feita para publicarem ele cortou muita coisa, acrescentou muuuitas virgulas e pontuações... não sei se eu arriscaria.
     
  4. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    ei vi na livraria uma vez. se eu tivesse grana até compraria, é bem interessante, além da não divisão em paragrafos, parece que eles mantiveram tudo do jeito q ele escreveu, entao tem umas partes em que ele repete a mesma frase, ou repete palavras, corta pontuação.

    acho que vale mais como item de colecionador, sei lá. pra alguem que nunca leu, eu recomendaria mesmo a versao "normal".
     
  5. Brianstorm

    Brianstorm Usuário

    Esse livro dá vontade de largar os estudos, o trabalho, a família e fazer o que der na telha. Por isso, é um livro perigoso. :rofl:

    Mas, sério, é outro muito bom para ler no fim da adolescência. Embora O Apanhador no Campo de Centeio seja bastante superior.
     
  6. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    É uma vergonha, mas o único do Kerouac que li é Na Natureza Selvagem, e que, achei muito bom por sinal. O filme também é ótimo, falando nisso. Me tirem uma dúvida: existe alguma relação entre Aldous Huxley e Jack Kerouac, quero dizer, entre suas literaturas e suas vidas? Lembro que um colega meu comentou isso e tenho preguiça de pesquisar, então se alguém se habilita.
     
  7. Brianstorm

    Brianstorm Usuário

    Do que eu sei a única relação é que ambos influenciaram Jim Morrison =P
     
  8. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Também acho que meu amigo viajou um pouco, mas queria saber se alguém saberia me esclarecer mais essa dúvida de minha pessoa, hehe.
     
  9. Excelente obra, realmente merece ser cultuada como obra que antecipou a geração paz e amor da década de 60. Questiona sobremaneira a chamada american way vigente até então, influenciado os diversos movimentos culturais que se seguiram.
     
  10. chumaco

    chumaco Usuário

    Lucas, o Na Natureza Selvagem, embora tenho a vibe Kerouac, não é de Kerouac. É de Jon Krakauer, conta a história real de "Christopher McCandless, um jovem recém-formado que se aventura pelos Estados Unidos da América até chegar ao inóspito Alasca".

    A versão original é muito boa, tem bem mais da relação Neal Cassady/Dean Moriarty - Allen Gingsberg/Carlo Marx. Mas realmente acho que é mais para quem já viaja muito nele, porque você tem que ir no ritmo, ou fica sem ar no caminho das frases gigantes. A L&PM lançou em versão de bolso, recente acho, bem mais acessível no preço pelo menos e aí dá para arriscar.

    Abs

    :cha:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Putz, nem tinha me tocado disso. :vergonha: Mas a vibe lá é toda do Kerouac mesmo, né? Acho a adaptação cinematográfica tão f*** quanto o livro.
     
  12. chumaco

    chumaco Usuário

    Totalmente na vibe. Eu não posso mais nem ver esse filme que já me dá vontade de arrumar a mochila. Vamos ver agora como será a adaptação do próprio On The Road. Walter Salles na direção promete, mas Kirsten Stewart no filme é de doer! Ela, por acaso, tá em Na Natureza Selvagem também, se não tô enganado, fazendo a cara típica dela de menina avoada mordendo o lábio inferior achando que é bonito assim...

    Abs
     
  13. Também não vejo a hora de ver a versão cinematográfica da ombra On the road, acho que deve estrear no começo de 2012.
     
  14. Vinnie

    Vinnie Usuário



    Rapaz... acho que nem tinha ácido na época.... o lance era benzedrina.... remédios com coca-cola!



    Aldous Huxley..... e Kerouac....... não vejo nada além de ambos serem ligados numa "dorguinha". :)
     
  15. Lu Eire

    Lu Eire Usuário

    Mas qual atriz você acha que faria melhor?

    Eu acho a Kirsten Stewart uma boa atriz para esse tipo de papel mais, digamos, "blasé"... o problema é que Crepúsculo tirou um pouco da credibilidade dela por papéis assim frente à mídia. Aliás, até acho que ela representa bem a Bella, é que o filme acabou ficando por si só um pouco ridículo...

    Mas quem ela vai representar no On the Road? A Marylou, a Camille? (acho que ela representaria bem a Camille)
     
  16. SenhorK

    SenhorK Usuário

    Se for para ligar algum beatnik ao Huxley eu falaria do William Burroughs,do Almoço Nú.Ele sim buscava expansão de consciência com as drogas e coloca isso em seu livro.
    Já o Keruack era mais curtição mesmo,por isso benzedrina e cocaína rolavam solta,tudo em ritmo acelerado igual seu livro
     
  17. chumaco

    chumaco Usuário

    Realmente difícil dizer, mas mais por deficiência minha do que pela falta de atrizes. Talvez uma Evan Rachel Wood da vida?

    Kirsten, de fato, não é uma atriz ruiiiimmmm. Mas não consigo ver variações no modo que ela interpreta os papéis diferentes. Joan Jett mesmo (The Runaways), o mais diferente dela que eu me lembre (não vi o que ela é prostituta, aquele com James Gandolfini - se alguém souber o nome, me avise), ela precisava ter muito mais sangue, e não tem.

    Agora, alguém já ouviu falar da data de estreia? No Imdn não tem o pôster...:no:

    Abs

    :biblio:
     
  18. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

Compartilhar