1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O VERBO DE AMAR

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por imported_Maia, 30 Abr 2009.

  1. imported_Maia

    imported_Maia Usuário

    Me pergunto sozinho, se o amor por acaso
    Me achar no caminho se fazendo paixão.
    Se vou acreditar, se é verdade ou mentira
    Ou apenas enganos do meu coração.

    Se depois do prazer, me disser eu te amo,
    Quer somente dizer uma frase pensada
    Ou sei lá, decorada, sem querer dizer nada
    Pra fingir emoção.

    Pergunto-me então, se amor é assim
    Uma noite e mais nada
    Uma história contada, sem começo
    Nem meio, só fim.

    Amar de verdade é uma realidade
    Ou será só engano da nossa ilusão?
    Pois quem busca aventuras,sem amor sem ternura
    Não sabe o que sente, e no fim só encontra
    O vazio crescente de uma solidão
    Pois quem ama com o corpo, não tem coração.

    O amor quando existe, é maior que palavras
    Um olhar já diz tudo, reflete o que sente,mesmo quando calada.
    É bem mais do que corpo, muito mais que a mente
    É de alma mais nada.

    Amor verdadeiro, não se engana só ama
    Não machuca, não mente e nem fere quem ama
    Pois sabe o que sente.
    Não acaba é infinito,nem a morte supera um amor tão bonito.

    Até penso que a frase, eu te amo devia
    Ser dita por poucos
    Por que a maior parte de quem a declama,
    Não conhece a palavra, e a diz sem calor
    E no fundo nem sabe, o que é o amor.

    Pois amor que se sente, é maior que o ser
    Não se mede em prazer
    É sentir sem tocar.

    O amor quando chega, nos aquece por dentro,
    Nos traz felicidade.
    Não é só um momento, de prazer sem verdade
    E é tão puro que às vezes, no faz flutuar
    Eu até acredito, que a palavra infinito
    Foi tirada do sonho do verbo de amar.
     
  2. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Eu te amo ficou banalizado, como tudo no mundo, lembro de épocas em que falar eu te amo era uma coisa única, era pra ser guardado pro momento especial, hoje depois de uma transa banal se escuta eu te amo, depois um beijo eu te amo, depois de mais nada eu te amo, e no fundo, todos já esqueceram o que realmente é dito, quando alguém diz de verdade.
    EU TE AMO.

    Very good Maia.
     

Compartilhar