• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

O Vampiro (Vampyr, 1932)

Sua nota para o filme

  • 10

    Votes: 0 0,0%
  • 8

    Votes: 0 0,0%
  • 7

    Votes: 0 0,0%
  • 6

    Votes: 0 0,0%
  • 5

    Votes: 0 0,0%
  • 4

    Votes: 0 0,0%
  • 3

    Votes: 0 0,0%
  • 2

    Votes: 0 0,0%
  • 1

    Votes: 0 0,0%

  • Total voters
    2

Clara

Perplecta
Usuário Premium
vampyr-poster.jpg

O jovem Allan Gray (Julian West) chega à uma pequena cidade onde entra em contato com um homem estranho que o faz crer que sua filha está sendo vítima de ataques de um vampiro.
Em um clima que mistura sonhos e realidade, Allan Gray tenta desvendar o mistério que envolve a aldeia.

Direção: Carl Theodor Dreyer

Elenco: Julian West, Maurice Schutz, Sybille Schmitz, Rena Mandel


IMDb


Curiosidades:

- O diretor, Carl Theodor Dreyer, preferiu trabalhar com maioria de atores não profissionais, os únicos atores profissionais da fita são Sybille Schmitz e Maurice Schutz;

- O castelo no qual grande parte do filme se passa também serviu de hospedaria para o elenco e equipe.

- A atriz Sybille Schmitz, cuja vida triste teve um final trágico, foi a inspiração para o diretor alemão Rainer Werner Fassbinder escrever o roteiro do filme, que também dirigiu, O Desespero de Veronika Voss.
 

Clara

Perplecta
Usuário Premium
Soube desse filme por indicação do @Bruce Torres neste tópico aqui.
Então resolvi fazer um tópico nos moldes dos 534 tópicos de cinema que o @Morfindel Werwulf Rúnarmo fez nas últimas semanas. :lol:

Sério, esse filme é muito bacana.
Tem um clima estranho, meio de sonho com suas sombras sem corpos; o olhar sempre estupefato do personagem principal, o vampiro de sexo indefinido e seu ajudante maligno (que é a cara do escritor Mark Twain).
Algumas cenas, se não metem medo são pelo menos bem perturbadoras, como a do homem que inexplicavelmente entra no quarto da pensão em que Allan Gray está hospedado; o assustador homem sem olhos que vive no quarto de cima da mesma pensão e principalmente, a cena em que o personagem principal dorme (desmaia?) e sonha (tem uma visão?) de si mesmo sendo enterrado vivo.
Poucas cenas de cinema conseguiram ser tão inquietantes pra mim. =/

O roteiro, segundo o IMDb foi baseado em um livro do escritor irlandês Sheridan Le Fanu e tem alguns aspectos diferentes (apesar do interessantes) do mito do vampiro.
Achei interessante principalmente o aspecto espiritual do "se tornar" vampiro: após os ataques, a vítima deve se matar para então ser definitivamente amaldiçoada e, aí sim, retornar como morta-viva.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.225,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo