1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Único Final Feliz para uma História de Amor é um Acidente (J. P. Cuenca)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Luciano R. M., 1 Ago 2010.

  1. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    ‘O único final feliz para uma história de amor é um acidente’- J. P. Cuenca

    Eu nutro enorme respeito pelos clássicos, mas é só quando a coisa chega na contemporaneidade que eu consigo me encontrar literariamente. O que faz com que a literatura brasileira se torne um pouco limitada para mim: o Brasil, hoje, está atolado em um mar de auto-ajuda e entretenimento- duas facetas da literatura que me causam desgosto.
    Então foi com um pouco de reticência que eu li J. P. Cuenca pela primeira vez. Mas fazia tempo que eu procurava um autor nacional que pudesse ser considerado relevante- que escapasse do nível da ‘cultura’ e entrasse no nível da ‘arte’; e como as pessoas que me recomendaram eram pessoas cujo gosto eu confio… Eis que li ‘Corpo presente’, e me surpreendi: Cuenca estava à altura das minhas expectativas!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Liv

    Liv Visitante

    RE: ‘O único final feliz para uma história de amor é um acidente’- J. P. Cuenca

    Hmm.. também quero ler! :sim:
    Bela resenha!
     
  3. Marcileia

    Marcileia Usuário

    RE: ‘O único final feliz para uma história de amor é um acidente’- J. P. Cuenca

    Também fiquei com vontade de ler!!!
     
  4. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    RE: ‘O único final feliz para uma história de amor é um acidente’- J. P. Cuenca

    Curti... assim a gente fica bonito na foto com a cia...
     
  5. Jacques Austerlitz

    Jacques Austerlitz (Rodrigo)

    RE: ‘O único final feliz para uma história de amor é um acidente’- J. P. Cuenca

    Comprei ontem na Saraiva. A capa é meio adolescente, mas é bonitona. Li os dois primeiros capítulos e achei bacana, se eu conseguir emplacar, espero terminar até domingo (quando terminam as férias...).
     
  6. Izze.

    Izze. What? o.O

    Na rotina frenética de Tokyo, um submarino percorre os subterrâneos da cidade em busca de imagens de um jovem executivo. Ele está ao lado de uma loira alta de olhos azuis, facilmente reconhecível por ser ocidental. O submarino filma, grava e envia imagens para a Sala do Periscópio, onde um velho poeta vê as relações de seu filho, acompanhado sempre de sua boneca de última geração nomeada Yoshiko. O jovem, chamado Shunsuke, dispensa novas mulheres e toda a sua vida para estar perto de Iulana Romiszowska, a polonesa-romena que trabalha como garçonete em um “inferninho” da capital japonesa.

    Estão listadas as personagens de O Único Final Feliz para uma História de Amor é um Acidente, de J. P. Cuenca, que compõe a série Amores Expressos, publicado pela Companhia das Letras. O autor dá voz à Shunsuke Okuda, que fala da bizarra e obsessiva relação dele com seu pai, o poeta Otsuda Okuda, que acompanha seus casos amorosos, fadados sempre a um relacionamento insosso. A história começa com Shunsuke se apaixonando por Iulana ao vê-la no Abracadabar. Ser olhada por um cliente sem ser uma das meninas à venda do local chama a atenção de Iulana, interessada em uma das dançarinas da boate com quem divide um quarto.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  7. Jacques Austerlitz

    Jacques Austerlitz (Rodrigo)

    Nossa, estou lendo ainda, lá pela página 100. Gostei no início, mas depois a história começou a me entediar.
     
  8. thesunrises

    thesunrises Usuário

    ainda quero ler todos do Amores Expresso.
    Independente da "qualidade" (entre aspas) narrativa ou gráfica de cada um deles, acredito que a coleção seja um marco na literatura brasileira contemporânea!
     
  9. Pips

    Pips Old School.

    Depois de ler tantos comentários positivos e o prório Cuenca agradecer o Luciano pela resenha, acho que esse estará em uma das minhas listas de prioridades para o fim do ano.
     
  10. Tuca.

    Tuca. Usuário

    RE: ‘O único final feliz para uma história de amor é um acidente’- J. P. Cuenca

    Pow, esse livro tá bombando, hein?

    Li-o sexta passada e comentei hoje no post semanal do meu blog. Também li agora as resenhas da Izze e do Luciano R. M. e achei bem boas.

    Me identifiquei em especial com o preâmbulo da resenha do último, sobre pré-conceitos com a literatura brasileira e como alguns autores têm feito mudar essa opinião.
     
  11. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    [align=justify]MADE IN JAPAN

    Há toda uma geração que cresceu conhecendo mais sobre um país do outro lado do globo terrestre do que a respeito da cultura brasileira. Jovens que sabem mais sobre pokémons do que sobre o Curupira, mais sobre ninjas e samurais da Era Meiji do que sobre a história recente do Brasil. Cresceram adorando o Japão.

    Um livro nas mãos da juventude

    Eles provavelmente darão uma chance ao novo romance de João Paulo Cuenca, chamado O único final feliz para uma história de amor é um acidente (Companhia das Letras, 2010). O que não é pouco para tais leitores, literariamente acostumados a romances que venderam milhões exemplares antes de serem traduzidos, isso não é pouco.
    [/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  12. Pips

    Pips Old School.

    Do jeito que as pessoas comentam, vejo que devo ler esse livro o quanto antes.
     
  13. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Concordo plenamente. Tenho que dar um jeito de comprar esse livro.
     
  14. Anica

    Anica Usuário

    poisé, tanta gente lendo e eu aqui curiosíssima. nem acredito que tive o livro em mãos e não li =P

    :calado:
     

Compartilhar