1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O SOL DE UM NOVO OCASO

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por jessebarbosadeoliveira, 8 Out 2010.

  1. Hoje regressamos ao estado de penumbra;
    Ontem éramos a orfandade da luz translúcida,
    Malévola geleira sem agrimensura
    Que não deixa --- ainda que tremeluzente ou irresoluta ---
    Que a magistratura do sol e da lua
    Essencialmente se consuma:

    Ah, o catarro verde
    Quer que --- novamente ---
    Provemos o sabor-verdade
    Do total blecaute
    E da bruma profunda, profusa, renitente, alarve,
    O dantesco plenilúnio da edaz tempestade!

    Ah, sinto estarmos
    No limiar da boca da catástrofe:
    Creio que, a cada movimento expansivo
    De tirania da humanidade,
    Ficamos á mercê do reino da vacuidade:
    Sim, somos, afinal, escravos do todo-poderoso Hades!

    JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA
     
  2. Tayana

    Tayana Usuário

    "Ah, o catarro verde"
    me lembrou augusto dos anjos...^^
     

Compartilhar