1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Senhor dos Anéis, Doze Anos Depois

Tópico em 'O Senhor dos Anéis - os Filmes' iniciado por Deriel, 13 Out 2013.

  1. Deriel

    Deriel Administrador

    O que você acha hoje do filme dO Senhor dos Anéis (o primeiro), lançado há quase dozes anos?
     
  2. Liv

    Liv Visitante

    Acho que eu tô é velha. Como assim doze anos? o_O

    Respondendo a pergunta: Acho legal demais. Baita adaptação!
     
  3. Tilion

    Tilion Administrador

    Continua bom e ainda o padrão para filmes de fantasia.
     
  4. Sam Galdor

    Sam Galdor Usuário

    Nem sei mais dizer quantas vezes já assisti à Sociedade do Anel; Tenho adoração por esse filme. Quando assisti pela primeira vez pensei "uau! é a coisa mais incrível que já vi!".
    Mas doidera mesmo é pensar que já se passaram doze anos!!!!
     
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    A impressão que tenho é que SdA disparou um ambiente imaginativo que ainda não foi reproduzido em outros filmes de fantasia.

    Em estética, em estilo, em design... Na época tudo apontava para a formação de uma massa crítica de enorme repercussão que desbravou o campo da fantasia com um bocado de inovação lembrando o trabalho criativo para contornar os problemas de efeitos especiais de Star Wars.

    Do ponto de vista recente algumas séries se aproximam desse ambiente de ebulição criativa, tipo o que ocorre com as 2 primeiras temporadas de Game of Thrones, mas elas não chegam a alcançar SdA. Mesmo tendo os seus problemas, qualquer uma das partes de SdA estaria milhas adiante de um filme como o Bewolf (que na minha opinião também não é um filme chato).
     
  6. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Tenho lembranças tão boas da(s) primeira(s) vez(es) que assisti A Sociedade do Anel que não consigo fazer uma análise isenta de emoções.
    Quando assisto pelo enésima vez em determinadas partes (Frodo no conselho de Elrond, morte do Boromir, Sam entrando no lago pra acompanhar Frodo) me emociono como sempre e sei diálogos inteiros de cor. :dente:
    Engraçado é que é só com ASdA que isso acontece.
    Gosto dos outros, mas o primeiro sempre fará parte dos filmes da minha vida.
     
  7. Lobelia SB

    Lobelia SB His name was Robert Paulson

    Sempre que não tenho algo específico para ver na tv e to cansada demais para ler eu pego um dos filmes e começo a assistir... acho uma delícia e eles sempre me levam para aquele ambiente maravilhoso... adoro adoro e adoro.
     
  8. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Continuam bons, toda vez que eu pego um dos filmes para assistir eu me emociono.
     
  9. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Acho ele tão perfeito quanto vou achar daqui a 20, 30, 5o anos.
     
  10. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    Então, esse final de semana, peguei ele para assistir com minha namorada. Ela viu há muito tempo e diz que não lembra de nada.

    Eu ainda acho o filme muito bem feito. Mesmo os efeitos especiais continuam muito bons, muito atuais. Você olha o balrog e você acredita nele! Você não vê um boneco digital como se vê em muitos filmes por exemplo: os primeiros "homem-aranha" e os primeiros "hulk". Nós olhamos o balrog e vemos um demônio de fogo e fumaça. Incrível.

    E se o mais difícil (efeitos especiais) conseguiram não ficar datados depois de mais de 1 década, o que dirá os outros critérios, então? Estão todos magníficos. As locações, cenários dentro e fora de ambientes, figurino. Tudo é muito bonito, muito detalhado, feito com muito esmero. O trabalho dos atores é fantástico. Nós nos envolvemos com as preocupações do Frodo, a angústia de Boromir, o rixa de Gimli e Legolas, a inocência de Pippin e claro, a puta sabedoria do Gandalf.

    É simplesmente incrível. O filme continua excepcional. Abriu muitas portas para a fantasia no cinema e na televisão, mas asseguramente não foi superado.

    Como alguns disseram, esse foi um filme que também mudou minha vida. Eu assisto muitos filmes e penso "tenho que ler o livro desse filme", mas nunca leio. Muito difícil. Esse foi um que eu tive que ler. E consegui me apaixonar ainda mais. Achei incrível. Mergulhei nesse universo e nunca mais saí. Hoje sou mestre de rpg de O Senhor dos Anéis, estou sempre comprando livros ou itens relacionados a Tolkien. Já li os livros diversas vezes. Já li outras fantasias depois de SdA como Harry Potter, Forgotten Realms, As Crônicas de Gelo e Fogo (Game of Thrones), As Brumas de Avalon. Já escrevi fanfics sobre as obras de Tolkien. E sou daqueles que quero colocar nos meus filhos nomes dos personagens de SdA, rs (verdade, mas vou colocar como segundo nome para dar a pessoa o direito de ter um primeiro nome "normal", rs). Tenho um sonho de construir o Bolsão um dia, enfim. E tudo isso começou com esse filme. Então olha quantas portas esse filme abriu para mim?

    Hoje eu penso como minha vida teria sido completamente diferente se eu não tivesse assistido A Sociedade do Anel em 2001. Eu seria outra pessoa. Hoje, grande parte do que sou como pessoa (amigo, namorado, filho) está totalmente fundamentado na Terra-Média. Já não consigo me imaginar sem ter conhecido a Terra-Média. Tudo graças ao grande mestre Peter Jackson que abriu todas essas portas para mim em 2001, em a Sociedade do Anel, num lugar verde, em que as crianças correm por pequenas colinas e fumaças saem pelas chaminés, chamado Condado.
     
    Última edição: 23 Dez 2013
    • Ótimo Ótimo x 6
    • Gostei! Gostei! x 4
  11. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Eu lembro quando assisti o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    do Senhor dos Anéis pela primeira vez.
    Eu tinha 11 anos na época, e achei que aquele era um filme de terror. Aquela cena das folhas indo em direção ao Frodo com o vento, depois os Nazgûl aparecendo, todos vestidos de negro... sem falar na trilha sonora e na quantidade de bicho feio e fogo que aparecem ali! Pra mim era um filme de horror, e eu nunca gostei deles.

    Nem me animei com a ideia.

    Daí um pouco antes do filme sair, minha mãe me falou que aquele filme era a continuação dO Hobbit, aquele
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    que a gente tinha na sala. Então eu fiquei curioso! Eu não tinha lido o livro porque ele era em inglês, mas as ilustrações sempre haviam me chamado a atenção.

    E então eu fui com a minha mãe pro cinema, assistir o filme que mudaria minha vida.
    Eu já havia assistido alguns filmes que me agradaram muito (Space Jam, qualquer um dos Caninos Brancos), mas a Sociedade do Anel me apresentou a um mundo novo, e lembro que saí do cinema com o coração acelerado. Eu queria ter a velocidade e habilidade dos elfos! Usar um arco tão rápido quanto o Legolas, viver num lugar tão bonito e mágico como Valfenda.

    E a partir dali, a Terra-Média foi entrando cada vez mais na minha vida. Ou seria o contrário?

    Minha mãe me deu o Sociedade do Anel no meu aniversário em fevereiro (3 meses depois do filme), e ela tinha que brigar comigo pra eu ir dormir, porque eu não queria largar o livro. De nenhum jeito!

    Então quando saiu o próximo trailer, dessa vez eu não fiquei assustado, mas mega animado!!
    Na minha cidade do interior os filmes saíam com certo atraso, então eu e um amigo fomos assistir as Duas Torres em Campinas, num shopping! Um caipira desafiando a cidade grande, pra poder ver os elfos de novo (quase o Sam! haha).

    E lembro que fiquei impressionado com Rohan, com as batalhas, que não tinham chamado minha atenção quando li os livros. E quem era aquele maldito Haldir???? Ah, não importa, a Terra Média estava ali novamente.

    E bom, nem preciso falar do Retorno do Rei.
    Até hoje eu fico emocionado vendo (e lendo) a cena dos Portos Cinzentos. Que incrível.

    Como o Gerbur comentou, Tolkien mudou minha vida.
    Moldou minha personalidade, meus pensamentos, minhas atitudes. Me mudou.

    Quando o Hobbit saiu ano passado, eu estava longe de casa. Muito, muito longe de casa.
    Mas quando a música do Condado começou a tocar, eu dei um suspiro, estiquei as pernas, e sorri. Por algumas horas, eu estava em casa normalmente.
     
    Última edição: 15 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 7
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Tenho de fazer um esforço tremendo para não ficar nos canais da HBO que sempre passam SdA depois das 22:00 (Levanto cedo, aí fica difícil). Mas se passa a tarde, paro e olho de novo! Todos! Lembro que foi por falta de opção de salas disponíveis que fui na última sessão do cinema Arteplex para não voltar para casa, já que, havia prometido a minha prima de 8 anos na época que iria levar ela para conhecer um cinema. E não me arrependi!
     
  13. Grimnir

    Grimnir Usuário

    É atemporal.

    Já perdi a conta de quantas vezes eu vi e é sempre fantástico. As principais localidades são perfeitas: a paz no Condado, a tensão em Bree, o alívio em Valfenda e o sufocamento em Moria, o estranho acolhimento em Lórien.

    Gandalf é absolutamente perfeito e depois de ver as reações de Frodo e Bilbo, é impossível também não sentir saudades de Mithrandir mesmo sem nunca ter compartilhado uma aventura com ele.

    O Conselho de Elrond é outro momento fantástico, ainda mais para quem não leu os livros. Aquele ambiente pacífico,, sensação de resolução e de repente Frodo está assumindo o Fardo e saindo de Valfenda sem nem saber para que lado fica Mordor. O coração fica na mão e estranhamente ficamos com aquela sensação de se um conselho tão importante acatou uma decisão tão inusitada, é pq realmente existem forças na Terra-Média além dos nossos sentidos.

    Mesmo com todo o diferencial tecnológico (12 anos!), o Balrog de Moria ainda é sensacional, como disse Gerbur. É mais um momento sensacional de Gandalf, que realmente nos faz acreditar que a casa caiu (This foe is beyond any of you...RUN [bitches]). Mesmo quem não leu os livros (e não sabe das origens de Gandalf) instantaneamente acredita no poder do Mago Cinzento na cena da Ponte de Khazad Dum. É realmente um momento épico e que foi perfeitamente retratado por PJ.

    É muito difícil escolher entre ASdA e ORdR e acho que o terceiro filme só ganha na minha preferência pq a chegada do exército de Rohan nos Campos de Pelennor é de arrepiar e fazer chorar até hoje.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  14. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    Depois de tantos comentários maravilhosos por aqui, fico meio sem palavras...
    Quando eu fui assistir a primeira vez, no cinema, tinha acabado de ler o livro e claro, fiquei sentindo falta de algumas coisas que estavam no livro, mas não posso dizer de forma alguma que o filme tenha me decepcionado de alguma maneira, foi tudo lindo e muita coisa foi como eu imaginada...
    Depois de 12 anos e de ter assistido muitas e muitas vezes (a minha mãe brinca que toda vez que ela passa na sala e a tv está ligada estamos assistindo esse filme), continuo achando maravilhosos, tive a oportunidade de apresentar pra minha filha que está com 10 anos e ver o quanto ela se surpreendeu com a história, ver a emoção de tudo aquilo estampado no rostinho dela de novo, é coisa que não tem preço: pra uma criança, tão acostumada com efeitos especiais e com o cinema como é hoje em dia, ver um filme lançado há 12 anos atrás e não conseguir encontrar nenhum defeito, ao contrário, sair da sala dizendo que o filme é muito legal e acreditando que isso pode existir em algum lugar (sim, ela pediu pra eu levá-la pra Terra Média :dente:) é simplesmente maravilhoso!
    Elogios e mais elogios não são suficientes para filmes que mudaram a vida de tantas pessoas e ainda emocionam até hoje...
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  15. deus da guerra

    deus da guerra Usuário

    Como a maioria do pessoal aqui vi uma centena de vezes e continua sendo um dos melhores filmes que eu ja vi, os efeitos especiais podem estar um pouco ultrapassado mas os momentos fantasticos, a trilha sonora, os personagens e claro a terra media continuam surpreendentes.Isso ja valeria o filme mas é claro que tem a nostalgia de rever esse filme que influencia minha vida até hoje.
     
  16. Belle Vox

    Belle Vox Thranduil Oropherion: Badass !!

    Sempre fui muito ligada ao Tolkien, ganhei os livros do meu pai quando tinha 11 anos, e li todos algumas vezes, então quando vieram os filmes foi aquela coisa de "Uau! É muito mais que eu imaginava!" (Só achei o Elrond muito feio, perto do que eu imaginava...:lol:). Ainda assisto, sempre que posso, é lindíssimo. Não vai envelhecer tão cedo não, e mesmo os efeitos, nem considero ultrapassados.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  17. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    e saber que só fui assistir à Sociedade e ao Duas Torres, depois de O retorno do Rei ganhar aqueles 11 Oscars.
    (E então fui ler os livros....)
    Para mim continua tão bom quanto achava no começo... E, este mẽs mesmo forcei persuadi minha amiga a assistir e pronto: ganhamos mais um fã ao Universo Tolkien.
    Comprei a trilogia em Blu-Ray este mẽs!
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  18. Henrique Droog

    Henrique Droog Usuário

    Continua sendo meus filmes preferidos e acho que sempre serão. Sempre que tenho um tempinho assisto a trilogia, não consigo enjoar de assistir.
    Toda vez que assisto eu tenho vontade de ir viver na terra média, hahah.
     
  19. Ainurian

    Ainurian Visitante

    Lembro a primeira vez que assisti SdA.
    Era em vhs (2 vhs) e meu pai tava com minhas tias em casa.
    A cena que eu lembro nitidamente é a última, do Sam e Frodo no barco indo pra Mordor, sozinhos.
    Até hoje assisto e me emociono e repito as falas e fecho os olhos quando a Galadriel fala no começo do filme.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  20. Yulien

    Yulien Usuário

    Um dos meus filmes favoritos pra sempre. Lembro quando eu vi pela primeira vez ( começo desse ano ), tinha acabado de ler o primeiro livro, e fui toda animada ver ( depois de ganhar o Box de natal da minha mãe), lembro que chorei de gritar e soluçar quando o Boromir morreu porque eu gostava demais dele, e a morte dele só tava no livro As Duas Torres. Sempre terão um lugar especial no meu coração.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar