1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"O Rei de Edagon"

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Derik Águia, 2 Jul 2009.

  1. Derik Águia

    Derik Águia Usuário

    Ai, querodivulgar um trexo de um livro que estou escrevendo, mas lembrem sou amador para descrever textos, mas muito bom na imaginaçao.

    * as descrições a seguir são de total autoria minha, por isso personagens e locais sao ficticios. Boa leitura.

    "Capítulo I – As três tribos de Nancy"


    Ederion queria sua própria bandeira. Seu próprio exército. Para isso presisava de comandantes, homens de confiança. Como estava na casa de seu avô, aproveitou e falou com uns de seus tios, o primeiro foi Marcílios. Marcílios estava intediado na casa de seu pai o rei do Clã. O convite de seu sobrinho era bem vindo, e junto com ele outros viriam também Jeovenio Ribeirox, irmão de Marcílio, Jocênio, Filho de Tonério de Kensis com Tânia Ribeirox irmâ mais velha de Marcílio. Todos com suas próprias tropas, todos jovens e dispostos a se aventurar com Ederion, mas para onde iriam? Todos sabiam da promessa de Andersen e sabiam que Ederion não esperaria que Andersen fosse até Pradax para perder tudo pra Tancox. Algo deveria ser feito.
    — Todos conhecem a região do leste?– perguntou Ederion– Ao sul de Pradax fica a região de Nancy.
    — Eu conheço essa região.– respondeu Marcílio– É dividida em três clãs, Clã Vargonhos, Clã Birgaod e o Clã Setcots. Os Vargonhos ficam mais ao sul, isolados e hostis. Os Birgaod são inofensivos, mas os Setcots tem bravos guerreiros que lutaram na guerra e sobreviveram aos germanyos, podem ser mais perigosos que os Vargonhos.
    — O que pretende fazer Ederion?– Pergunta curiosamente seu tio Jeovenio.– Quer invadir os três clãs? Lutarmos contra os Birgaod e conquista-los estaríamos praticamente invadindo Nancy, e os outros clãs se uniriam contra nós, e o que conseguiriamos seria uma guerra. É isso que você quer?
    — Uma guerra não, mas conquista-los sim.– responde Ederion com um sorriso no rosto.
    — Hehehe, você enlouqueceu de vez primo,– disse Jocênio aos risos– mas eu gostei, conte comigo.– Jocênio é mais jovem que Ederion, e decendente de bábaros e guerreiros, e sua descendência o precede, já é um homem e muito valente, não é o tipo de pessoa que foge fácil de uma batalha.
    — Explique direito Ederion.– pede Marcílio ao sobrinho.
    — Calma Negão, eu vou explicar mas não agora, arrume seus homens mais bravos se prepare para partir, vamos para minha casa em Pradax.
    E assim o pequeno exército deixa Monte Cael e se dirigem para Pradax, e de Pradax para Nancy uma jornada que muda-rá a vida de Ederion. O que Ederion procura-rá em Nancy? É o que os seus comandantes perguntão a eles mesmos. Não seria uma batalha, Ederion deve se defender de seu Primo e para isso deve poupar seus homens e de seus aliados até então. O que Ederion busca, em Nancy?
    Ao chegar em Pradax todos se reuniram no salão principal na casa de Ederion. Claudinio Ristots, marido de Gisélia filha de Nelcíria Ribeirox com John de Proeux. John que é conselheiro de seu pai. Claudinio é mais ligado a Ederion e por ser um lorde não pode ficar de fora de seus planos. Ele esta presente a reunião, como conselheiro de Ederion. Tinham que planejar quantos homens tinham e quantos iriam ir. Quais armas iam levar espadas, lanças, arcos e flechas, escudos, e se tudo isso era necessário. Que chances teriam, como é o inimigo, a região, como seria as condições se fosse necessário uma batalha. Mas Ederion não queria uma batalha.
    — Será necessário lutar?– pergunta Claudinio.
    — Talvez sim– responde Ederion confiante– mas não vou para arrumar uma guerra e sim uma aliança.
    Aquela resposta surpreende a todos. Eles se olhavam, mas ainda se perguntavam como? E Ederion explica:
    — Sim meus amigos. Uma aliança. Mas não uma aliança comum, quero que eles se unam a minhas Forças, a minha causa. Quero que lutem erguendo a minha bandeira. E como farei isso? Eu não sei. Descobrirei quando chegar em Nancy. Quem está comigo? Quem confia em mim? Quem ainda acha que sou criança imatura, quem? Quem acredita que sou um homem e que serei um bom rei para Monte Cael e Pradax, venha comigo.– Todos concordaram com urros de aprovação. Todos confiavam em Ederion e apesar de saberem que Ederion era jovem sabiam também que era inteligente e bravo. E todos estavam preparados para partir em três dias.
    Uma parte dos homens esperariam entre Pradax e Nancy, Se alguma coisa acontecer e suspeitar perigo um mensageiro iriam até eles e agiriam. Emquanto o restante partiriam para o interior de Nancy, e o plano seria esse. Ederion apresenta sua bandeira, um tigre vermelho no centro, e no fundo um campo branco, inconfundivel para qualquer reino. Após os três dias eles partem.
    Ederion passa o tempo cavalgando enquanto pensa em uma estratégia e fazendo perguntas ao seu conselheiro Claudinio e seu principal comandante Marcílio. Qual era a história dos três clãs? Como vivem entre si? A explicação era simples, todos os três desde a saída dos invasores caitoneses e germanyos, querem a posse de Nancy. Houve batalhas entre eles, mas chegaram em um empasse, se continua-sem lutando, eles se destruiriam, e o clã que sobrevivesse seria facilmente derrotado por invasores e saqueadores. Os Setcots permanessem firmes só a espera de uma oportunidade. Vargonhos é um poucos menos preparado que os Setcots, Birgaod foram os mais sofridos das batalhas entre os três clãs. E seu clã estão a ponto de desaparecerem, só resta um filho do velho rei dos Birgaod. Claudinio com sua inteligente análise, acha que se houvesse ameaça de confrontos, a melhor coisa a se fazer é os Birgaod se unirem a Vargonhos contra os Setcots. E Ederion gostou da observação de Claudinio e usaria isso para conseguir o que queria. E revelou enfim o destino da viagem. O primeiro clã que vizitaria seria os Setcots. O que mais uma vez surpreenderia seus conselheiros e comandantes. Iriam para o Clã mais perigoso e hostil, isso na opinião deles. Nunca houve uma visita diplomática entre Nancy e o resto dos clãs e regiões. O que esperar de um lugar desconhecido.
    Enquanto viajavam todos percebiam a diferença entre a invazão de caitoneses e germanyos. Florestas em abundancia, campos verdes e floridos, sem sinais de guerra. Enquanto os caitoneses destruiam, matavam e queimavam tudo onde passaram, os germanyos conservaram e tentaram colonizar. Mas mesmo com tanta beleza por que Nancy não prosperava? Pela qualidade da terra era para ser umas das regiões mais bem sucedidas e poderosas do norte de Edelisten. Mas a rivalidade de cada clã impede isso. Ederion sabia que,quem quer que seja, tivesse o dominio daquelas terras e soubesse administra-las, seria de um grande valor em época de guerra."


    Esse é só um trexinho pessoal, se quizerem dar as suas opinioes fiquem a vontade.
    abraços...

     
  2. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Derik, antes de mais nada, quero lembrar que não sou especialista em literatura nem nada, escrevo do ponto de vista de uma leitora que gosta de histórias (de terror e fantasia principalmente).
    Mas a sua história apesar de parecer interessante, não tem um personagem, nem motivo.
    Assim, você nos apresenta Ederion e uma série de parentes e clãs e tal mas o que eles querem? Quem é Ederion? Quantos anos tem, o que faz, qual a aparência dele? E principalmente, porque eu deveria me interessar por ele a ponto de ler uma história sobre ele?
    Entende?

    E essa frase: "...Jocênio é mais jovem que Ederion, e decendente de bábaros e guerreiros, e sua descendência o precede,..." não faz o menor sentido. :think:

    Mas continue postando seus textos aqui, pois é preciso que outros leiam nosso textos pra podermos melhorar. ;)
     

Compartilhar