1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Queijo e os Vermes (Carlo Ginzburg)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 19 Abr 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Domenico Scandella, vulgo Menocchio foi um moleiro na região de Friuli, na Itália. Viveu em meados do século XVI, sabia ler e escrever, e deu um baita trabalho para a Santa Inquisição. Por quê? Porque ele sabia pensar. Carlo Ginzberg se deparou com o processo de Menocchio por acaso, enquanto pesquisava sobre os benadanti. O impressionou o tamanho do processo, que unem os argumentos e contra-argumentos entre Menocchio e padres e juízes, uma sensível curiosidade por parte destes pela origem de suas ideias.

    O autor usa os livros lidos pelo moleiro, citados pelo processo, e seus argumentos para refazer seus passos. Decodifica aos poucos a mente que chega a tais conclusões, e como ela lê seus livros. Nós leitores compulsivos já sabemos que a página escrita passa por um filtro de conhecimentos e experiências do leitor, antes de serem absorvidas. O que Carlo Ginzburg fez foi deixar claro qual era o filtro de Domenico Scandella para nós.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    eis 1 livro recomendadíssimo pra quem gosta de religião, história e filosofia.
     

Compartilhar