1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O que teria mudado se o Denethor tivesse cooperado na guerra do Anel ??

Tópico em 'E Se...?' iniciado por Fazedor de Anéis, 16 Set 2014.

?

Como o Denethor poderia ter ajudar ???

  1. Através da Palantir ...

    3 voto(s)
    33,3%
  2. Utilizando sua influencia na cidade...

    3 voto(s)
    33,3%
  3. Marchando em direção à Mordor...

    4 voto(s)
    44,4%
São permitidos múltiplos votos.
  1. Fazedor de Anéis

    Fazedor de Anéis Visitante

    Eu fico curioso em saber ... quais mudanças teriam ocorrido se o Denethor ajudasse o Gandalf contra Sauron!!!
    o_O
    Alguém pode dar sua opinião e me ajudar a formular teorias ?? ;) :beer: :joy:
     
  2. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Penso que mudariam coisas importantes...

    A existência de um Denethor mais íntegro significa uma mudança no ritmo de decadência dos homens.

    Toda vez em que a escuridão se manifestou diretamente/abertamente foi durante o governo de homens cuja escuridão havia dividido. Em Númenor o processo levou mais de vinte gerações para que a maldade entrasse no seio do reino, em Gondor, a partir de Elendil também leva praticamente o mesmo número de gerações.

    Ou seja, a presença de um Denethor equilibrado e bondoso significa união da família em que tanto Boromir quanto Faramir se tornam mais temíveis, lutando sem dúvidas no coração, sem a luta contaminada pelo desespero de salvar a própria vida mas para se manterem vivos e unidos.

    Isso seria um terreno muito inóspito para Sauron, que precisaria reformular e até atrasar os planos. A atmosfera positiva da família do regente influenciaria um pouco para melhor em tudo, até a segurança das estradas no norte na direção do condado e os guardiões não estariam tão desesperados por ajuda.

    Haveria também diálogo e um bom clima de amizade com Rohan favorecendo o desbaratamento de espiões como língua de cobra.

    Os elfos de então estariam mais seguros e à vontade para reforçar as próprias defesas numa reação em cadeia em que até os anões seriam beneficiados.

    Calculo que Sauron mudaria vários detalhes de seus ataques.
     
    • Ótimo Ótimo x 3
  3. Fazedor de Anéis

    Fazedor de Anéis Visitante


    Concordo com sua opinião... :wink::clap: séria realmente uma grande mudança de papeis para o Denethor e o próprio Sauron... Pois o mesmo teria que desenvolver novas táticas para derrubar o reino de Gondor...
     
  4. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    A parte combativa especialmente seria digna de nota. Por Denethor ser militarmente disciplinado para proteger o trono dos reis, foi pai de dois guerreiros (Faramir e Boromir). O que significa que sua habilidade na espada devia ser no mínimo acima da média como a de um capitão da guarda por exemplo. Some-se a isso a qualidade inegável que ele tinha para estratégia e temos um guerreiro muito perigoso em confrontos diretos.

    Durante o livro o personagem desperdiça o potencial físico atrás das portas do palácio e permanece oculto ou desconhecido o que ele seria capaz de realizar em campo se não tivesse receios. Então podemos imaginar por exemplo um ataque de Sauron mais brando, distante da margem do rio, em que Faramir não fosse ferido. Também seria possível pensar nele como um diplomata costurador de relações com um grande grau de presciência e prudência estabelecendo novos postos de vigia igual ocorreu com um dos últimos governantes de Númenor (Acho que foi Tar Palantiri).

    A outra estratégia de Sauron (indireta) seria usada nesse último caso em que poderia haver inclusive um capitão traidor dentro das fronteiras do reino buscando derrubar o país por dentro como houve com a ilha de Ponente.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Fazedor de Anéis

    Fazedor de Anéis Visitante


    Sim, Tar Palantír foi o vigésimo-quarto grande rei de Númenor ... seus atos eram nobres e a sua intenção era acabar com a revolta dos numenorianos, que na época temiam a morte mais do que tudo e queriam a vida imortal dos Valar e Elfos...

    Com suas decisões o reino de Númenor cresceu e chegou em seu auge, não fosse a traição de Ar-Pharazôn ... Talvez o reino de númenor não tivesse caído....


    Minha humilde opinião!!!
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  6. Deriel

    Deriel Administrador

    A maior diferença é que teríamos toda uma série de eventos a menos. Toda a confusão em Rohan e o começo dos Campos de Pelennor seria diferente se Denethor estivesse apto.

    Gondor teria auxiliado Rohan contra Saruman, sem toda a crise da fuga para o Abismo de Helm, e em seguida Rohan teria auxiliado Gondor na Batalha dos Campos de Pelennor. Teria havido muito menos perdas de ambos os lados e ambos estariam muito mais aptos a enfrentar Sauron no Portões Negros.

    Nesse momento que você percebe que diferença fizeram Gandalf e Aragorn, impedindo que tanto Rohan quando Gondor caíssem
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar