1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Bom, primeiramente gostaria de contar com a paciência de vcs e principalmente com suas críticas, uma vez que esse é meu primeiro tópico e eu tbm não sei se esse assunto ja foi discutido em outro tópico, em ambos os casos me perdoem.
    Acompanhando diversos tópicos aqui no Fórum me deparei com uma dúvida instigada pelos inúmeros posts acerca de Tom Bombadil e sobre Beorn
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , Post muito bom de minha querida Saitorë. E a dúdvida é, por mais infantil que ela possa parecer, Huan era afinal, um simples cachorro que foi criado no Reino Abençoado?
    Passo a fundamentar a minha dúvida com alguns trechos do Silmarillion (único livro que me lembro de haver menção sobre Huan):
    "Sucedeu que Celegorm e Curufin foram caçar na Planície Protegida. E faziam isso porque Sauron, cheio de suspeitas, mandara muitos lobos para as terras dos elfos. Por isso, levaram seus cães e saíram cavalgando. Achavam que, antes de retornar, poderiam também ouvir alguma notícia do Rei Felagund. Ora, o líder dos cães de caça que acompanhavam Celegorm era Huan. Ele não havia nascido na Terra-média, mas vinha do Reino Abençoado. Oromë o dera a Celegorm muito tempo antes, em Valinor; e lá ele seguia a trompa de seu dono, antes que o mal chegasse. Huan acompanhou Celegorm no exílio e lhe era fiel. Assim, ele também ficou sujeito à condenação de desgraças imposta aos noldor; e sua sina era encontrar a morte, mas só quando estivesse diante do lobo mais forte que já tivesse pisado no mundo."
    Nessa parte eu acredito que vemos Huan apenas como um cão vindo de Valinor, o que deveria ter o mesmo efeito que tinha nos elfos, ou seja, seriam imensamente mais poderosos por terem morado no Reino Abençoado e contemplado as Luzes das Árvores bem como os rostos dos Valar.
    "Foi Huan quem encontrou Lúthien voando como uma sombra surpreendida pela luz do dia sob as árvores, quando Celegorm e Curufin descansavam um pouco, perto dos limites ocidentais de Doriath. Pois nada escapava à visão e ao faro de Huan, nem encantamento nenhum conseguia detê-lo; e ele não dormia, nem de dia nem à noite. Huan levou-a a Celegorm; e Lúthien, ao saber que ele era um príncipe dos noldor e inimigo de Morgoth, alegrou-se. "
    Já aqui começam as minhas inquietações...Como um cão, por mais que seja um cão de Valinor e tenha pertencido a Oromë ter um olfato e uma visão (aparentemente) infalível, não dormir, nem ser detido por encantamento nenhum...Bom, la se vai meu martírio começando +D e apesar disso eu admiro grandemente Huan o Cão de Valinor.
    Segue uma outra citação, me perdoem pelo tamanho disso...Mas realmente gostaria de ver sanada essa bendita questão.
    "No entanto, Huan, o cão, era fiel em seu coração, e o amor por Lúthien o atingira no momento de seu encontro; e ele se condoía por seu cativeiro. Por isso, vinha com freqüência a seus aposentos; e à noite deitava-se diante de sua porta, pois sentia que o mal havia chegado a Nargothrond. Lúthien costumava falar com Huan em sua solidão, contando-lhe histórias de Beren, que era o amigo de todos os pássaros e bichos que não serviam a Morgoth; e Huan entendia tudo o que era dito. É que Huan compreendia a fala de todos os que tinham voz; mas só lhe era permitido falar com palavras três vezes antes de morrer.
    Ora, Huan maquinou um plano para ajudar Lúthien; e, chegando a certa hora da noite, ele lhe trouxe seu manto e, pela primeira vez, falou, dando-lhe conselhos. Conduziu-a então por; trilhas secretas que saíam de Nargothrond, e os dois fugiram juntos. E Huan conteve seu orgulho e permitiu que ela montasse-se nele como num corcel, exatamente como os orcs faziam às vezes com lobos enormes. Desse modo, eles alcançaram grande velocidade, pois Huan era rápido e incansável."
    Tudo bem quanto à força física (nem tão bem assim), mas e quanto a esse nível de racíocinio...Seria normal para os animais de Valinor serem assim tão perceptivos e inventivos a ponto de maquinar um plano pra tirar alguém de cativeiro, merecido ou não? E sua habilidade de "falar com palavras", deriva-se apenas do "destino a ele imposto" ou advém de uma nobreza de espírito não explicitamente mencionada?
    E agora vou colocar uma última citação, que me fascinou desde o princípio pela grandeza do acontecido:
    "Ora, Sauron bem conhecia, como todos naquela terra, o destino que estava determinado para o cão de Valinor, e lhe ocorreu que ele mesmo seria o instrumento desse destino. Assumiu, portanto, a forma de um lobisomem e se fez o mais poderoso que já havia pisado no mundo. E se apresentou para conquistar a passagem da ponte.
    Foi tal o horror de sua chegada, que Huan saltou de lado. Sauron, então, atacou Lúthien; e ela desmaiou diante da ameaça do espírito cruel em seus olhos e do vapor imundo de seu hálito.
    Mas, enquanto ele vinha, ela, ao cair, lançou uma dobra de seu manto escuro diante dos olhos do agressor. E ele tropeçou, pois uma sonolência passageira o acometeu. Então Huan atirou-se.
    Ocorreu assim a luta entre Huan e o Lobo-Sauron. Os uivos e os latidos ecoaram nas colinas, e os vigias nas muralhas das Ered Wethrin do outro lado do vale ouviram tudo de longe e se admiraram.
    Contudo, nem feitiço nem encanto, nem garra nem veneno, nem arte demoníaca nem força animal, nada conseguiu derrubar: Huan de Valinor. E ele pegou o adversário pela garganta e o dominou. Sauron, então, mudou de forma, de lobo para serpente, e de monstro para sua forma costumeira, mas não conseguiu se livrar de Huan sem abandonar totalmente seu corpo. Antes que seu espírito imundo deixasse sua casa sinistra, Lúthien veio até ele e disse que ele perderia sua vestimenta de carne, e seu espectro seria mandado trêmulo de volta a Morgoth."
    E é isso...Essa citação fala por si, é a primeira e única vez na história que um Maia é derrotado por algo "menor" que um Alto-Elfo...Assim eu me pergunto, seria Huan um dos espíritos que vieram de fora do mundo para habitarem entre os Kelvar de Yavanna? Apesar de parecer claro que ele era apenas um Cão de Valinor, e por isso tão poderoso, apenas um animal em todo o legendarium fez um feito maior, que eu posso sem dúvida mencionar como o momento em que Thorondor ataca Morgoth para recuperar o corpo do Rei Fingolfin. E não é Thorondor pai das um desses Kelvar só que a serviço de Manwë e não exatamente de Yavanna?
    Me perdoem uma vez mais por este post, não se nem mesmo se ele deveria ser discutido aqui, (Minha Saitorë tenta me ensinar, mas ando tão sem tempo, espero não estar passando vergonha nela). E se puderem respondam ai, gostaria mto de saber a opnião de vcs ;)
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  2. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    Pois é, como você mesmo já mencionou, é provável que Huan seja da mesma "linhagem", por assim dizer, de Thorondor, o Senhor das Águias e de toda sua descendência. Mas, apesar de não terem feito nada assim tão nobre, podemos citar na lista de animais inteligentes todos aqueles que Beorn "emprega" e as aranhas da Floresta das Trevas (se bem que elas são descendentes de Ungoliant né?).
    Bem, embora não faça a mínima idéia do que Huan possa ser, ele não é um Ainu encarnado no corpo de um animal, uma vez que inicialmente Thorondor era um maia idéia foi posteriormente recusada por Tolkien (só não me lembro onde eu li isso, mas tenho certeza que foi aqui no fórum). Nenhum espírito encarnaria em um animal.
    Talvez essa seja mais uma pergunta sem respostas. Talvez alguém do alto clero do fórum saiba a resposta. Talvez esteja escrito nas Cartas. Quem sabe...
     
  3. Tilion

    Tilion Administrador

    Não é sem resposta, na verdade.

    Leiam este texto:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Lá muita coisa é respondida.

    Acabei de dar uma revisada considerável na tradução, que fiz há "só" sete anos atrás e que estava cheia de errinhos bestas - todos devidamente extirpados agora à luz desses anos de experiência. :g:
     
  4. Opa, vlw Tilion vo la olhar ;)
    Só 7 anos é?
    aushuas
     
  5. Café

    Café O importante é o que importa

    Sou realmente muito fã de Huan!!!Pra mim foi o maior animal que existiu em Arda!!!
    Creio eu que ele tenha sido criado por Eru ou por um Vala, no caso Oromë; se foi por um Vala, Eru deve ter concedido a Chama Inperecivel para ele viver, pois só Eru tem o poder de criar coisas com raciocinio e livre arbitrio, assim como aconteceu com Aulë e os anões!!Ou outra boa expeculação é e de que ele seja ums dos Kelvar de Yavanna, pois os Ents também são muito poderosos á sua maneira sem nem terem vivido em Aman!!! E a sua inteligência e sabedoria provalvelmente deve ter vindo de Oromë que era um dos maiores Valar e de sua convivência com Os Poderes do Oeste!!!!
     

Compartilhar